segunda-feira, 30 de abril de 2012

AS FÉRIAS ESTÃO TERMINANDO

"Ás férias", estão terminando. Muito em breve estarão neste blog posts novinhos saídos do forno. Sendo o primeiro deles, um ao qual estamos trabalhando para trazer ao lume ainda nesta semana que tem por título: O "TESOURO PERDIDO, NO TEMPLO ESQUECIDO". Em relatos transliterados, onde a impercebível fronteira do literal com o espiritual é uma tênue linha que é invadida ora para um lado, ora para o outro. Onde só o leitor que conhece um pouco do Santo Livro poderá entender com sua alma, e perceber com o seu espírito aquilo com o qual o Senhor  quer nos alertar.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

AS CHAMADAS PERDIDAS



Sobejam chamadas para as bodas com o Cordeiro, as quais ecoam pelos montes, planícies e vales. Porquanto, os arautos com o seu Shofar à propagam aos quatro ventos, que no tempo determinado haverá uma grande festa em que só os convidados escritos no Livro da Vida poderão adentrar neste auspicioso evento. 

Há que ser digno para que se possa obter às necessárias vestes nupciais e, com elas o seu passaporte já registrado no Livro Eterno, envidando que muitos serão os chamados, mas, que poucos serão os seus escolhidos.

Muitos estarão envolvidos nos seus afazeres e não darão a devida importância a este convite real. Muitos não se prepararão de acordo com os preceitos requeridos no registro real. Porquanto, milhares de chamadas serão perdidas COMO DISSE O SENHOR JESUS CRISTO:


"Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos."  (Mateus 22 : 14)


Há uma chamada, há um convite, no entanto poucos são aqueles que o ouvirão; poucos serão aqueles que darão o devido valor AO CHAMADO REAL E COM ISSO MUITAS CHAMADAS NÃO SERÃO ATENDIDAS; A MAIORIA DAS CHAMADAS ESTARÃO PERDIDAS. Uma boa leitura e um bom entendimento ao que a seguir será exposto por analogia em uma parábola.



                                                                                 A CHAMADA NÃO ATENDIDA
É alta madrugada, o dia aproxima-se velozmente; o sonido estridente do fone anuncia que do outro lado da linha alguém está atônito na espera que esta chamada seja atendida. O tempo passa e o fone vai exaurindo-se nas suas ultimas das nove chamadas; mas, o destinatário não acordara ou não quisera sair do estado de dormência ao qual estava envolto. Não obstante, também por conhecer o interlocutor, deixou que a mesma fosse ignorada até a desistência daquele que em vão queria a sua atenção. O importante colóquio era de vida ou morte e o destinatário absteve-se  de ouvi-la, sem mesmo nem querer saber que aquele que estava  ligando, por amor a sua vida queria lhe trazer ás Novas de SalvaçãoA CHAMADA E A MENSAGEM FORAM PERDIDAS.

Pregadores do Santo Evangelho estão a chamar as almas para o Senhor Jesus Cristo, e elas muitas vezes não querem atender a este precioso chamado. Muitas vezes o estado de dormência espiritual às colocou na berlinda do comodismo; do materialismo, e do jeito que está, vai estar bem.
Porquanto, também por conhecer dantes a vida do interlocutor, o julga como impróprio para dizer-lhe algo que se possa aproveitar e, a CHAMADA E A MENSAGEM FICARÃO PERDIDAS.

ESTÁ FORA DE ÁREA OU DESLIGADO
Outrossim, o fone, a pessoa estava fora de área; o fone, a pessoa estava desligada. Muitas vezes nem percebemos que estamos fora da área dos sinais os quais não os vemos há muito tempo, e com isso estamos inaptos a receber a genuína mensagem de salvação pelos arautos do Santo Evangelho.
Corrobora de igual forma a do fone, a da pessoa estar desligada no tanto faz ou tanto fez. Porquanto, neste entremeio a mensagem nunca irá chegar ao seu destino. Ela nunca irá chegar ao coração; ela nunca irá chegar a alma. E também nesta condição, a CHAMADA E A MENSAGEM FICARÃO PERDIDAS.

O fone, a pessoa que está fora da área, é aquela (e) que está fora da vontade de Deus, onde muito embora até mesmo possa estar praticando os sinais (Marcos 16:17-18) , mas, não está na inteireza deles (Isaías 29:13-16) e por isso a será destituída do porvir, como nos alertou o Senhor Jesus Cristo em (Mateus 7:20-24):


"Portanto, pelos seus frutos os conhecereis. Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade. Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; (...)".

O fone, a pessoa que estiver desligada (o) ou até mesmo aquelas que endurecem os seus corações para não ouvirem a mensagem de Salvação, perderão a oportunidade impar de encontrar o descanso devido para as suas almas. E com isso por estar desligada ou por endurecerem os seus corações, as CHAMADAS E AS MENSAGENS FICARÃO PERDIDAS.

BATERIA DESCARREGADA
Há fones que estão descarregados, pessoas que não tem mais ânimo para caminhar; que estão paradas a beira do caminho; que não têm mais força  para porem-se de pé, saibam que ainda vos resta UMA OPORTUNIDADE DE SALVAÇÃO, e que o SENHOR JESUS VOS AMA  e nós NELE vos amamos também. Porquanto, atenham-se na Sua Salvação, lendo a sua Caixa Postal.


CAIXA POSTAL
No limiar da noite, o tempo urge evidenciando os dias do fim. CHAMADAS QUE SERÃO PERDIDAS; ALMAS QUE SERÃO PERDIDAS perfilarão no rol  DO LIVRO DA MORTE em grande número. No entanto, ainda é tempo de você meu amigo (a), meu irmão (ã), ao ler este post, possa estar atento a sua caixa postal; nos seus emails e possa dar a crédito a pregação daqueles que no Senhor Jesus Cristo vos chama, vos ama, e vos quer deixar uma palavra de carinho, de afeto, vos encaminhando para Aquele que vive e reina para todo o sempre.

Luis Oliveira

sexta-feira, 13 de abril de 2012

EQUILIBRIO

Equilíbrio é um post do comentário da irmã Andréa, em que o aproveitando estaremos delineando o nosso perfil nas coisas que são de Deus. Manter-nos equilibrados é a nossa meta; não ultrapassar os limites do bom senso e nem querendo ser sábios aos nossos próprios olhos e nem justo além daquilo que não somos:

"Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio; por que te destruirias a ti mesmo?"  (Eclesiastes 7 : 16).

 Porquanto, não queremos mudar e nem impor nada, porque quem muda, quem modifica e quem transforma  é o Espírito Santo do Senhor

Apenas  postamos aquilo que somos dirigidos a postar. Não pretendemos preterir, ferir ou até mesmo infamar ninguém, porque, certamente não estaríamos seguindo o justo mandado do Senhor no "Segui a paz com todos..; e no Ama a teu próximo como a ti mesmo".

Quando recebemos o comentário a seguir relacionado, nos alegramos muito e até ficamos lisonjeados com as  palavras de carinho e de afeto ao que havíamos escrito.  Porém, o que mais nos chamou a atenção foi o equilíbrio demonstrado nas sábias palavras de sua autora nos demais itens, os quais pedimos a sua autorização para postá-lo, no que foi de pronto aceito pela mesma.  Tenham todos uma boa leitura: 

                                                   O EQUILIBRADO COMENTÁRIO
                                           Andréa Apr 4, 2012 05:12 AM
A Gloriosa Paz do Senhor nosso irmao querido, realmente Deus tem lhe dado sabedoria do alto para escrever e transmitir a mensagem do nosso Maravilhoso Senhor. Eu nao tenho palavras dificeis me perdoe.Tudo concordo, não o meu 'eu', mas sim é a palavra do Senhor! A palavra é a verdade que liberta!É incontestável! É sublime e esplendida! É uma espada de dois gumes! A palavra escova a nossa alma da sujeira! Assim como um pai exorta seu filho, assim o Senhor nos corrige atraves de sua palavra! É a receita para uma vida correta e abençoada aos olhos do Pai. Para assim, naquele grande dia, que é a certeza que nos faz caminhar e seguir em diante ate mesmo em batalhas, para na volta do nosso amado Jesus Cristo, estarmos prontos, preparados não só na aparência, para não corrermos o risco de ouvir do Senhor '''APARTAIVOS DE MIM, NÃO VOS CONHEÇO', mas de corpo, alma e espirito, com boas obras, sermos santos e zelosos. Sim com mãos limpas, coração puro e sem vaidade! Ah se nós como igreja do Senhor, a noiva do Senhor que espera sua volta, ah se vivessemos realmente esse Amor verdadeiro, forte e sincero! Teríamos tudo: MÃOS LIMPAS, CORAÇÃO PURO E SEM VAIDADE (não só no sentido de vestuário), Com boas obras, sem apontar o dedo para nossos irmãos, amando nao só de palavras mas com atitudes, pois o reino de Deus nao é feito só de palavras, mas sim com a virtude de Deus nas nossas vidas. Sim, nos negando a sí mesmos, perdoando, amando com sinceridade no coração, sem avareza, não andando inchados, não nos colocando como melhores e mais santos, mas sim sendo humildes nao só na aparência, mas na essência! A palavra nos fala,''examine-se o homem a sí mesmo', a palavra nao diz: 'examine seu irmao!!! Ajude, corrija, mas nao por afronta e vergonha, muito menos criticando, mas com correção de amor! Assim como vcs estao fazendo. NÃO É POR FORÇA, NÃO É POR VIOLÊNCIA, MAS PELO PODER DO ESPIRITO SANTO! Nosso amado de nossas almas, é JUSTIÇA, É A VERDADE, É AMOR, É GRANDE EM MISERICÓRDIA, ELE SIM É NOSSO JUIZ! E a palavra é clara,'um dia perstaremos conta de tudo para Ele. Bom, fica aqui essas palavras, siga assim, um varão valoroso crescendo na graça de nosso Salvador Jesus Cristo. Temos muito que mudar e essa luta é diária! Um desafio nos mantermos puros em meio a 'tanta coisa', a tantos ataques do inimigo, e a principal luta é contra o nosso 'eu'. Somente devemos orar pela vida de nossos irmaos.Deus tratara de cada um conforme suas obras. Vai ser provado nossas obras, Deus conhece a intenção do coração. Grande e sincero abraço! Deus os abençoe cada dia mais e mais. Sejam sempre esses guerreiros de Cristo.

terça-feira, 10 de abril de 2012

É TEMPO DE COLHEITA



A palavra nos reporta que haveria um tempo em que os campos estariam brancos para a colheita. O trigo penderia os seus cachos dourados ao luzir do sol, sinalizando a sua maturação. Assim como o trigo crescera e produzira os seus frutos, também o joio entrelaçado as  raízes do trigo, também já dava sinais que o seu tempo era chegado. A separação do trigo e do joio é profética e estava determinada. O trigo já tinha sido destinado para o celeiro do grande Senhor, porém, para o joio lhe estava reservado arder no fogo.
No dia da colheita, os ceifeiros seriam resolutos, e o trigo não poderia ir junto com o joio e, nem o joio com o trigo, pois, havia uma diferença abissal; as suas essências eram incompatíveis, onde muito embora no tempo de lavoura o joio tivesse a oportunidade de ser trigo, ele tinha preferido ser o joio. Ele não pudera ser arrancado naqueles dias, porque estava entrelaçado as raízes do trigo, e se o arrancasse, arrancaria também o trigo

A REVELAÇÃO DE QUEM É O TRIGO E DE QUEM É O JOIO
Findo os tempos e o que era uma figura passará a ser a mais pura das realidades. O que o Senhor apregoava pelos seus oráculos em parábolas, ao externar as mais diversas condições do enunciado bíblico, e não dávamos a elas a devida atenção, naquele dia, cairá dos olhos as escamas dos que vendo, não queriam ver; dos que ouvindo, não queriam ouvir.

Os condutores de cegos jazerão insones, açoitados pelas suas demências as quais por elas conduziram multidões ao erro.

Arautos do Santo Evangelho utilizaram-se dos mais diversos meios para anunciar que o caminho era estreito e que a porta era também, mas, o cantar da sereia do engano os fez desviarem-se da verdade e trilharam o caminho da mentira.

Quantas vezes não foram eles os chamados loucos; os chamados radicais e até mesmos santarrões a apregoar que o caminho da cruz não passava pela porta larga? - Quantas vezes não foram eles açoitados por palavras, sublevados ao escárnio e ao descrédito? - Quantas vezes não lhes fora dito que a humildade e a presteza de um Espírito reto é o que os levaria as mansões celestiais?

No entanto, cerraram os olhos e fecharam os ouvidos para não ouvir a voz do que clamava no deserto implorando, suplicando, que abrissem os olhos e os ouvidos para o Escriturado Bíblico que os alertava para  o arrependimento, no evitar um pérfido fim.
Entretanto, tudo tem um tempo determinado em que o Grande Senhor nos dá a oportunidade de sermos trigo (justos), mas, não queremos pagar o preço, e nos contentamos em ser o joio (ímpios)

Ora, bem sabemos que o que semeou o trigo que é a boa semente foi o Senhor Jesus Cristo, e que ela a  semente é a sua palavra que é pura. O que semeou o joio foi o inimigo, sendo eles os filhos do diabo que estão semeando, as contendas nas igrejas; que estão semeando as heresias; que estão pregando a dissolução da palavra; que não obedecem a palavra de Deus, onde muito embora vivam a recitá-las em suas bocas.
A parábola do trigo e joio está bem registrada em Mateus 13:23 ao 30 e a sua explicação ainda em Mateus 13:36 ao 41.

HÁ UMA DIFERENÇA NAS IGREJAS ENTRE ÍMPIO E O JUSTO
As raízes da impiedade serão desraigadas da seiva que nutre espiritualmente o justo, e a erva daninha que dantes destilava os seus odores para atrair os seus cativos, perderá o seu encanto e a sua verdadeira face será tardiamente desnudada. A Bíblia Sagrada nos diz em Malaquias 3:18 que há uma diferença entre o justo (trigo) que segue a palavra de Deus como ela foi concebida,  e a do ímpio (joio); que não segue a palavra de Deus como ela é, mas, a quer conforme o desejo de seu coração;  que atrapalha o justo e que ainda o dá maus conselhos, por  ser participe no convívio e o de estar ainda entrelaçado nas suas raízes (irmãos, familiares, amigos). 

"Então voltareis e vereis a diferença entre o justo (o trigo) e o ímpio (o joio); entre o que serve a Deus (é o justo - trigo), e o que não o serve (é o ímpio - joio)".

Com estes, os conselheiros ímpios, assim diz a palavra no Salmo 1:1 que não devemos ouvir e nem nos aventurar no caminho dos pecadores; passando ao largo do caminho dos escarnecedores. No entanto quantas vezes não ouvimos os conselhos dos ímpios; não andamos pelos caminhos dos pecadores e não nos assentamos comodamente em nossas salas a prestar audiência aos midianitas escarnecedores?

"BEM-AVENTURADO o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores".

PORÉM, O JUSTO QUE TEME AO SENHOR SERÁ GALARDOADO
"Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas; e saireis e saltareis como bezerros da estrebaria (Malaquias 4:2)".




O DIA DO JUÍZO; O DIA DE FOGO
Na sequência de Malaquias 3, o qual terminou no versículo dezoito supracitado, o assunto irá ter  o seu desfecho no capitulo 4:1  

"PORQUE eis que aquele dia vem ardendo como fornalha; todos os soberbos, e todos os que cometem impiedade (os ímpios), serão como a palha; e o dia que está para vir os abrasará (os queimará), diz o SENHOR dos Exércitos, de sorte que lhes não deixará nem raiz nem ramo".

A IDENTIFICAÇÃO  DO ÍMPIO E O SEU CASTIGO
Nunca demos a devida atenção que na verdade o ímpio está dentro da igreja; que ele é o joio no meio do trigo, mas, um dia ter-se-á com Deus. 

"Mas ao ímpio (ao joio) diz Deus: Que fazes tu em recitar os meus estatutos (conhece e cita a bíblia mas não pratica), e em tomar a minha aliança na tua boca (está na igreja e se diz cristão, mas não é)? Visto que odeias a correção, e lanças as minhas palavras para detrás de ti. Quando vês o ladrão, consentes com ele, e tens a tua parte com adúlteros. Soltas a tua boca para o mal, e a tua língua compõe o engano. Assentas-te a falar contra teu irmão; falas mal contra o filho de tua mãe (a igreja). Estas coisas tens feito, e eu me calei; pensavas que era tal como tu, mas eu te argüirei, e as porei por ordem diante dos teus olhos: Ouvi pois isto, vós que vos esqueceis de Deus; para que eu vos não faça em pedaços, sem haver quem vos livre. (Salmos 50:16-22)".

O SENHOR JESUS EXPLICA A PARÁBOLA DO TRIGO, A BOA SEMENTE, E O JOIO A MÁ

"E ele, respondendo, disse-lhes: O que semeia a boa semente, é o Filho do homem;   O campo é o mundo; e a boa semente são os filhos do reino; e o joio são os filhos do maligno;  O inimigo, que o semeou, é o diabo; e a ceifa é o fim do mundo; e os ceifeiros são os anjos.  Assim como o joio (os ímpios) é colhido e queimado no fogo, assim será na consumação deste mundo. Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles  colherão do seu reino tudo o que causa escândalo, e os que cometem iniqüidade. (Mateus 13:37-41)".
Que o Senhor nos ajude a não sermos joio (o ímpio) na casa D'ele. Que sejamos obedientes Deus e aos quem Ele deixou para cuidar do seu rebanho; não servindo de escândalo, não aconselhando conforme a nossa vontade, mas, sendo fiéis em tudo.
Muitas almas estão perdidas ainda; que nós possamos ir ao encontro delas, pois é tempo de colheita.

terça-feira, 3 de abril de 2012

UM BISPO SEM CENSURA


Neste blog noticiamos todas as coisas que estão em evidência, no sentido de edificar os leitores, bem como  as sua famílias. Não fizemos acepção de pessoas, religiões ou até outros segmentos da sociedade brasileira, desde que sejam artigos elucidativos e interessantes.

Portanto, ao recebermos este interessante artigo via Email, em o que nobre Bispo Dom Henrique Soares discorre sobre A INVERSÃO DE VALORES DA TV BRASILEIRA, o qual resolvemos republicá-lo, porque, estamos plenamente de acordo com as suas prestimosas colocações. 

Por Dom Henrique Soares, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Aracajú-SE

A situação é extremamente preocupante: no Brasil, há uma televisão de altíssimo nível técnico e baixíssimo nível de programação.
Sem nenhum controle ético por parte da sociedade, os chamados canais abertos (aqueles que se podem assistir gratuitamente) fazem a cabeça dos brasileiros e, com precisão satânica, vão destruindo tudo que encontram pela frente: a sacralidade da família, a fidelidade conjugal, o respeito e veneração dos filhos para com os pais, o sentido de tradição (isto é, saber valorizar e acolher os valores e as experiências das gerações passadas), as virtudes, a castidade, a indissolubilidade do matrimônio, o respeito pela religião, o temor amoroso para com Deus.

Na telinha, tudo é permitido, tudo é bonitinho, tudo é novidade, tudo é relativo!
Na telinha, a vida é pra gente bonita, sarada, corpo legal…
A vida é sucesso, é romance com final feliz, é amor livre, aberto desimpedido, é vida que cada um faz e constrói como bem quer e entende!
Na telinha tem a Xuxa, a Xuxinha, inocente, com rostinho de anjo, que ensina às jovens o amor liberado e o sexo sem amor, somente pra fabricar um filho…
Na telinha tem o Gugu, que aprendeu com a Xuxa e também fabricou um bebê…
Na telinha tem os debates frívolos do Fantástico, show da vida ilusória…
Na telinha tem ainda as novelas que ensinam a trair, a mentir, a explorar e a desvalorizar a família…
Na telinha tem o show de baixaria do Ratinho e do programa vespertino da Bandeirantes, o cinismo cafona da Hebe, a ilusão da Fama…

Enquanto na realidade que ela, a satânica telinha ajuda a criar, temos adolescentes grávidas deixando os pais loucos e a o futuro comprometido, jovens com uma visão fútil e superficial da vida, a violência urbana, em grande parte fruto da demolição das famílias e da ausência de Deus na vida das pessoas, os entorpecentes, um culto ridículo do corpo, a pobreza e a injustiça social…
E a telinha destruindo valores e criando ilusão…
E quando se questiona a qualidade da programação e se pede alguma forma de controle sobre os meios de comunicação, as respostas são prontinhas:

(1) assiste quem quer e quem gosta,
(2) a programação é espelho da vida real,
(3) controlar e informação é antidemocrático e ditatorial…

Assim, com tais desculpas esfarrapadas, a bênção covarde e omissa de nossos dirigentes dos três poderes e a omissão medrosa das várias organizações da sociedade civil – incluindo a Igreja, infelizmente – vai a televisão envenenando, destruindo, invertendo valores, fazendo da futilidade e do paganismo a marca registrada da comunicação brasileira…

Um triste e último exemplo de tudo isso é o atual programa da Globo, o Big Brother (e também aquela outra porcaria, do SBT, chamada Casa dos Artistas…).
Observe-se como o Pedro Bial, apresentador global, chama os personagens do programa: “Meus heróis! Meus guerreiros!” – Pobre Brasil!
Que tipo de heróis, que guerreiros!
E, no entanto, são essas pessoas absolutamente medíocres e vulgares que são indicadas como modelos para os nossos jovens!

Como o programa é feito por pessoas reais, como são na vida, é ainda mais triste e preocupante, porque se pode ver o nível humano tão baixo a que chegamos!
Uma semana de convivência e a orgia corria solta…
Os palavrões são abundantes, o prato nosso de cada dia…

A grande preocupação de todos – assunto de debates, colóquios e até crises – é a forma física e, pra completar a chanchada, esse pessoal, tranqüilamente dá-se as mãos para invocar Jesus…
Um jesusinho bem tolinho, invertebrado e inofensivo, que não exige nada, não tem nenhuma influência no comportamento público e privado das pessoas…
Um jesusinho de encomenda, a gosto do freguês… que não tem nada a ver com o Jesus vivo e verdadeiro do Evangelho, que é todo carinho, misericórdia e compaixão, mas odeia o fingimento, a hipocrisia, a vulgaridade e a falta de compromisso com ele na vida e exige de nós conversão contínua!
Um jesusinho tão bonzinho quanto falsificado…

Quanta gente deve ter ficado emocionada com os “heróis” do Pedro Bial cantando “Jesus Cristo, eu estou aqui!”
Até quando a televisão vai assim?
Até quando os brasileiros ficaremos calados?
Pior ainda: até quando os pais deixarão correr solta a programação televisiva em suas casas sem conversarem sobre o problema com seus filhos e sem exercerem uma sábia e equilibrada censura?
Isso mesmo: censura!

Os pais devem ter a responsabilidade de saber a que programas de TV seus filhos assistem, que sites da internet seus filhos visitam e, assim, orientar, conversar, analisar com eles o conteúdo de toda essa parafernália de comunicação e, se preciso, censurar este ou aquele programa.
Censura com amor, censura com explicação dos motivos, não é mal; é bem!
Ninguém é feliz na vida fazendo tudo que quer, ninguém amadurece se não conhece limites; ninguém é verdadeiramente humano se não edifica a vida sobre valores sólidos…
E ninguém terá valores sólidos se não aprende desde cedo a escolher, selecionar, buscar o que é belo e bom, evitando o que polui o coração, mancha a consciência e deturpa a razão!
Aqui não se trata de ser moralista, mas de chamar atenção para uma realidade muito grave que tem provocado danos seríssimos na sociedade.
Quem dera que de um modo ou de outro, estas linha de editorial servissem para fazer pensar e discutir e modificar o comportamento e as atitudes de algumas pessoas diante dos meios de comunicação.

Os pais devem ter a responsabilidade de saber a que programas de TV seus filhos assistem, que sites da internet seus filhos visitam e, assim, orientar, conversar, analisar com eles o conteúdo de toda essa parafernália de comunicação e, se preciso, censurar este ou aquele programa.

Censura com amor, censura com explicação dos motivos, não é mal; é bem!
Ninguém é feliz na vida fazendo tudo que quer, ninguém amadurece se não conhece limites; ninguém é verdadeiramente humano se não edifica a vida sobre valores sólidos…
E ninguém terá valores sólidos se não aprende desde cedo a escolher, selecionar, buscar o que é belo e bom, evitando o que polui o coração, mancha a consciência e deturpa a razão!
Aqui não se trata de ser moralista, mas de chamar atenção para uma realidade muito grave que tem provocado danos seríssimos na sociedade.
Quem dera que de um modo ou de outro, estas linha de editorial servissem para fazer pensar e discutir e modificar o comportamento e as atitudes de algumas pessoas diante dos meios de comunicação.

Ao autor desta reportagem seja dado todo o mérito.

O JUSTO VIVERÁ DA FÉ!



E, SE ELE RECUAR, A MINHA ALMA NÃO TEM PRAZER NELE (Hb 10:38). Esta palavra parece-nos em uma primeira instância um texto bíblico como tantos outros quaisquer. Não que estes outros não tenham o seu devido valor dentro do compêndio do Livro dos livros.

Se atentarmos condignamente ao seu conteúdo, a sua essência, veremos que a sua profundidade é muito além das coisas óbvias; que ela transpassa  a inteligência humana e mergulha no intimo das coisas da alma.

Quando lemos este auspicioso texto bíblico, uma pergunta é nos licita fazer-nos no mundo real,  mas, a sua incidência será no mundo espiritual: “A MINHA ALMA COMO JUSTA, ESTÁ VIVENDO REALMENTE DA FÉ?”

Como posso ter uma certificada consciência de uma resposta correta, livre da autodefesa humana, para responder-me, sem examinar-me pela luz da palavra? – Certamente de pronto, o texto profícuo para iniciarmos a elucidar esta importante questão, está na constatação primaz de Romanos 8:1

"PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus,”

Se estou segundo ao Senhor Jesus Cristo? É porque estou na justiça divina pela fé e prática nos ensinamentos da sua palavra: “Se vós estiverdes em mim e as minhas palavras estiverem em vós,.(...) João 15:7. Porquanto, não estou condenado, porque estou no rol dos:

“Que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito."  (Romanos 8 : 1)

Pelo que bem vemos, as coisas da carne, é que são às vilãs para nos tirar o passaporte da justiça mediante a fé. Portanto, se ando segundo a carne, estou na injustiça E NÃO VIVO EU DA FÉ.

O "EU" TEM QUE SER NEGADO, E A CARNE CRUCIFICADA, PARA QUE VIVA DA FÉ:
O que poucos hão de convir, e isto é bíblico que: Muitos são os chamados e poucos os escolhidos. (Mateus 20:16 e 22:14)”. Porque, é preciso que eu negue a mim mesmo para seguir ao Senhor Jesus Cristo ("E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e TOME A SUA CRUZ, E SIGA-ME.  Marcos 8 : 34)”,  e isto é sem dúvida nenhuma o maior empecilho neste GRANDE DILEMA DA OPÇÃO DO TER QUE NEGAR A MIM MESMO, DE CARREGAR A MINHA CRUZ E O  DE TER QUE CRUCIFICAR A MINHA CARNE.

"Já estou CRUCIFICADO COM CRISTO; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim."  (Gálatas 2 : 20)

A MÃE DE TODAS AS BATALHAS É A LUTA DA CARNE CONTRA O ESPÍRITO.
Uma luta descomunal é travada no mundo espiritual. Se o Espírito ganhar, crucifica a carne, e se a carne ganhar mortifica o Espírito.

"Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis."  (Gálatas 5 : 17)

No fragor desta cruenta e decisiva batalha, A ALMA É O TROFÉU EM DISPUTA. Quem vencer a levará para o céu ou para o inverno (vide Gálatas 5:22).

O CORPO É EM SACRIFÍCIO VIVO
PORTANTO, tenho que crucificar a minha carne (a vaidade carnal); porque, no momento que eu passo a CULTUAR o meu CORPO o expondo na vitrine do mundo, estou dando vazão às coisas da carne, e com isto as coisas do Espírito estão sendo ab-rogadas. Agora, se por outro lado eu venha a sacrificar a carne, dou vazão às coisas do Espírito, e com isso por razão, racionalmente posso ESPIRITUALMENTE CULTUAR A DEUS.

“ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. (Romanos 12:1)”.

UMA MUDANÇA MENTAL
Sem uma completa mudança de atitude, eu não posso dar ganho às coisas do Espírito. Então é necessário que haja UMA REVOLUÇÃO EM MEU ENTENDIMENTO, UMA TRANSFORMAÇÃO DE PENSAMENTO para que haja uma mudança de mente, para ter vitória nesta difícil batalha do NEGAR A MIM MESMO, não mais me conformando com as coisas do mundo:

E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Romanos 12:2)”.

O OLHAR AS COISAS QUE SÃO DO MUNDO É O PORQUÊ DE TUDO ISSO:
A sedução da carne e a sua conclusiva condenação provêm do olhar as coisas que são do mundo:

“Porque TUDO O QUE HÁ NO MUNDO, a CONCUPISCÊNCIA DA CARNE, a CONCUPISCÊNCIA DOS OLHOS e a SOBERBA DA VIDA, NÃO É DO PAI, MAS DO MUNDO. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre. (I João 2 17 e 18)”.

NÓS GENTIOS SOMOS DUROS DE CORAÇÃO, PORQUE A MENTE É VAIDOSA
A bíblia diz que nós os gentios (não judeus), somos seriamente prejudicados pela vaidade que domina a nossa mente e nos torna duros de coração.  A vaidade nos entenebrece o entendimento e nos separa de vida de Deus, porque queremos viver a vida da nossa maneira e não segundo a Cristo.


"E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente.  Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração;  Os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza.  Mas vós não aprendestes assim a Cristo.  Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus; (Efésios 4:17-21)".


SÓ O SENHOR JESUS CRISTO PODE NOS DAR A VITÓRIA
Falar é fácil, o difícil é fazer a vontade de Deus ao obedecer a sua palavra. Só olhando para o Senhor Jesus PARA QUE POSSA EU VERDADEIRAMENTE VIVER DA FÉ:

"Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus."  (Hebreus 12 : 2)

CONCLUSÃO:
O viver verdadeiramente da fé incide no obedecer à palavra divina sem restrições, e a fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus; porque, SEM FÉ É IMPOSSÍVEL AGRADAR A DEUS:

"Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam."  (Hebreus 11 : 6)

A grande e conclusiva questão está no saber se ela a fé realmente irá nos levar a Deus? - O Salmista preocupado em saber esta condição supracitada, profere a instigante questão: quem é que está apto ao êxito de estar no monte Santo do Senhor?



"Quem subirá ao monte do SENHOR, ou quem estará no seu lugar santo?


RESPOSTA: "Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente".


Quando a alma está embebida da vaidade é, porque a carne é a vencedora e está determinando as ações na exposição do corpo, do ego em sua soberba no falar, andar e vestir. Entretanto, os limpos de mãos; os puros de coração; que tem a alma que não é vaidosa e os não mentirosos são:


OS EXITOSOS: "Este receberá a bênção do SENHOR e a justiça do Deus da sua salvação. Salmo 24:3-5)".


A vida cristã é uma vida de separação das coisas que são do mundo. Pois o Senhor Jesus vem para buscar para si um povo zeloso e de boas obras; Porquanto:

"BEM-AVENTURADO o homem QUE NÃO ANDA segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores." (Salmos 1:1)

"PORTANTO, VEDE PRUDENTEMENTE COMO ANDAIS, não como néscios, mas como sábios, (Efésios 5:15)”.

Que o Senhor nos ajude realmente viver da fé.