terça-feira, 6 de novembro de 2012

A GLÓRIA DO SEGUNDO TEMPLO

Jerusalém fora destruída, o templo jazia em ruínas e o povo fora cativo para Babilônia por setenta longos anos como predicara o Profeta Jeremias. O quadro apresentado era desesperador e a desolação estava estabelecida.

Naqueles dias que antecederam a catástrofe, a  SHEKNAH DO SENHOR (presença no hebraico) tinha se ido e com ela a sua KAVOD (glória no hebraico) nas asas de um Querubim, abandonando o templo.

A Arca da Aliança, segundo a tradição fora habilmente e sem vestígios escondida pelo profeta Jeremias; não restando nada a que O POVO DEIXADO PARA TRÁS pudesse lembrar da gentil presença Divina.

Porquanto, naqueles dias a mão do Todo Poderoso fora cruel, no entanto justa. De nada adiantara tantos avisos proferidos pelos santos profetas do Altíssimo; no entanto, ainda HAVIA UMA ESPERANÇA, pois o Senhor muito embora tivesse executado o seu juízo, PROMETERA UM DIA RESTAURAR O POVO DA SUA ALIANÇA.

Nos dias de hoje, não o é diferente, pois quando a Sua SHEKNAH, junto com a Sua KAVOD são só saudosas lembranças; no entanto, AINDA NOS RESTA UMA ESPERANÇA de uma nova oportunidade na GLÓRIA DO SEGUNDO TEMPLO.

Nestes dias os fundamentos do segundo templo serão reeditados na  HUMILDADE de um CORAÇÃO PURO e SEM VAIDADE; NÁS GRAÇAS DO SENHOR JESUS CRISTO DE NAZARÉ, O SENHOR DA NOVA ALIANÇA.

PORQUE, NÓS É QUE SOMOS O TEMPLO DO DEUS VIVO E VERDADEIRO; porquanto, busquemos agora nestes dias que antecedem a volta do Filho do Homem, e sem perda de tempo, reconstruir o templo de nossas vidas de acordo com a soberana vontade do Altíssimo. 

"Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?"  (I Coríntios 3 : 16).

"Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo."  (I Coríntios 3 : 17).

Não devemos destruir o Templo do Espírito que somos nós mesmos com vaidades que não agradam a Deus para que Ele não destrua a nós mesmos.

Que a glória (KAVOD) do Senhor, no segundo templo (nossos corpos, alma e espirito) possa ser retida com a presença (SHEKNAH) do Altíssimo, em uma nova aliança com o Senhor Jesus Cristo.

Que uma nova aurora de um novo dia, nos ajude a entender que o brilho deste mundo é fugaz e passageiro. Que possamos verdadeiramente dizer: "NÃO VIVO MAIS EU, MAS CRISTO VIVE EM MIM", na beleza de Sua Santidade; no esplendor do seu reino e na honra de Sua glória.


Que verdadeiramente em nossos rostos o que possa resplandecer é o brilho do Espírito Santo atestando que ELE está presente em nossas vidas.

QUE A GLÓRIA DO SEGUNDO TEMPLO SEJA EM TUDO MAIOR QUE A DO PRIMEIRO.

Que Deus no Senhor Jesus Cristo abençoe a todos vós.