terça-feira, 5 de março de 2013

LEMBRA-TE DO TEU CRIADOR NOS DIAS DE TUA MOCIDADE

Não há povo sem história e nem história sem povo. Antes de sermos velhos um dia fomos jovens; e é na juventude que começamos a escrevermos a nossa história.

É na juventude que estudamos ou não, para obtermos uma vida melhor; é na juventude que nos apaixonamos consequentemente ou não, pois do resultado destas paixões podem estar definindo o nosso futuro de vitória ou de derrota.

Quem pode negar que ter um filho prematuramente poderá levar a pessoa a abrrogar O SEU FUTURO, nos seus estudos, na sua formação profissional, e no desfrute de uma vida jovem muito necessária para o desenvolvimento da cidadania e do seu caráter?

Quem pode negar que a maior parte é na juventude  que se experimenta as drogas licitas e ilicitas? - Que os vicios em grande parte são adquiridos na juventude?

O homem e a mulher sem Deus passa a metade da vida deles estragando-a, e a outra metade, senão no final, tentando consertar.

Geralmente o que começa errado tende a terminar errado. O que começa certo tende a ter um futuro promissor; e em todas as coisas que coloca as suas mãos, estas vem a prosperar.

Porquanto, jovens, se lhes apraz, comecem a meditar nestes escritos, para quem sabe reescreverem às suas histórias.

A HISTÓRIA DE SALOMÃO
Quando do grande encontro do Senhor Jeová com Salomão ainda jovem, perguntou-lhe ao se tornar rei de Israel:

II CRÔNICAS 1:7  Naquela mesma noite Deus apareceu a Salomão, e disse-lhe: Pede o que queres que eu te dê.

Após tecer com o Senhor às devidas considerações  relativas a seu pai, o rei Davi, Salomão faz às suas petições:

II CRÔNICAS 1:10  Dá-me, pois, agora, sabedoria e conhecimento, para que possa sair e entrar perante este povo; pois quem poderia julgar a este tão grande povo?

11  Então Deus disse a Salomão: Porquanto houve isto no teu coração, e não pediste riquezas, bens, ou honra, nem a morte dos que te odeiam, nem tampouco pediste muitos dias de vida, mas pediste para ti sabedoria e conhecimento, para poderes julgar a meu povo, sobre o qual te constituí rei,
12  Sabedoria e conhecimento te são dados; e te darei riquezas, bens e honra, quais não teve nenhum rei antes de ti, e nem depois de ti haverá.

Salomão passara  uma parte de sua vida nos deleites da carne, onde apaixonado escrevera o livro de "Cantares de Salomão" em versos de amores a Sulamita. Já maduro, escrevera a maior parte do livro de Provérbios. No entanto, foi na sua velhice, ao escrever o Livro de Eclesiástes (O Pregador), agora mais sóbrio, que ele vai reconhecer o quão importante era ter-se lembrado do seu Criador nos dias de sua mocidade:

"LEMBRA-TE também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento;"  (Eclesiastes 12 : 1)

Salomão, não lembrara-se do seu Criador em partes dos dias de sua mocidade, pois preocupar-se com a sua vida afetiva e esquera-se do seu Criador.  Com isso as consequências advindas do seu erro contaminara gerações.

JOVEM, lembre-te do teu criador nos dias da tua mocidade. Reescreva o teu futuro, entregando-te no presente ao teu Criador.

As baladas passam, como tudo na vida passa, mas aquele que permanece no Senhor, tem garantido a vida presente e a eterna com o Senhor Jesus Cristo.

A Ele sejam dadas todas as honras e glórias, para todo o sempre amém.