terça-feira, 31 de dezembro de 2013

A BEIRA DE CANAÃ

Passamos o ano alertando o povo na travessia do deserto da vida. A luta foi tenaz, ferrenha e muitas vezes quase inglória.

No entanto, agradecemos ao Todo Poderoso Criador dos céus e da terra ás muitas vitórias alcançadas durante este ano tórrido literal e espiritual.

Só de estarmos vivos agradecemos ao Senhor Jesus Cristo esta inestimável dádiva.

Temos por certos que estamos a beira da Canaã celestial, na Nova Jerusalém, faltando apenas a travessia do Jordão da existência terrena para adentrarmos definitivamente na terra prometida; seja no arrebatamento da igreja pelo Senhor Jesus Cristo ou no prévio recolhimento com os santos no além pátria para aguardar este dia.

O que nos resta no apagar das luzes deste velho ano é deixarmos uma mensagem de ânimo, fortaleza e coragem, porque o Senhor é convosco NO NOVO ANO que se anuncia.

Não deixem que os gigantes da terra possam roubar-lhes a oportunidade da vitória depois de haverem atravessado as barreiras naturais que os impedia de continuar a jornada da travessia ingrime, exaustiva, mas gratificante rumo ao Senhor Jesus Cristo.

Aquilo que deixamos de fazer em prol do Reino de Deus neste ano já passado, que possamos reunir novas forças e com coragem empunharmos o escudo da fé e a espada do Espírito para vencermos nesta peleja contra as hostes infernais da maldade nos lugares celestiais.

Que possamos perdoar e pedirmos perdão nesta avenida estreita do caminho que nos leva a porta dos céus.

Assim como Moisés deixou a Josué A BEIRA DA TERRA PROMETIDA uma mensagem Escriturada de "NÃO TEMAS", porque: "O SENHOR É CONTIGO VARÃO (OA) VALOROSO (SA)"; também deixamos nós". 

DEUTERONÔMIO 31:1  DEPOIS foi Moisés, e falou estas palavras a todo o Israel,

2  E disse-lhes: Da idade de cento e vinte anos sou eu hoje; já não poderei mais sair e entrar; além disto o SENHOR me disse: Não passarás o Jordão.

3  O SENHOR teu Deus passará adiante de ti; ele destruirá estas nações de diante de ti, para que as possuas; Josué passará adiante de ti, como o SENHOR tem falado.

4  E o SENHOR lhes fará como fez a Siom e a Ogue, reis dos amorreus, e à sua terra, os quais destruiu.

5  Quando, pois, o SENHOR vo-los der diante de vós, então com eles fareis conforme a todo o mandamento que vos tenho ordenado.

6  Esforçai-vos, e animai-vos; não temais, nem vos espanteis diante deles; porque o SENHOR teu Deus é o que vai contigo; não te deixará nem te desamparará.

7  E chamou Moisés a Josué, e lhe disse aos olhos de todo o Israel: Esforça-te e anima-te; porque com este povo entrarás na terra que o SENHOR jurou a teus pais lhes dar; e tu os farás herdá-la.

Que às celebrações do ano que finda com os preságios de BOAS VINDAS ao ano que principia, sejam em tudo celebradas em agradecimentos, reverência e louvores a AQUELE QUE VIVE E REINA PARA TODO SEMPRE. 


"CELEBRAI com júbilo ao SENHOR, todas as terras." (Salmos 100:1)

QUE TENHAM TODOS UM FELIZ ANO NOVO, CHEIO DA ALEGRIA, SAÚDE, PROSPERIDADE ESPIRITUAL E PAZ.

Perdoe-nos por alguma falta involuntária.


terça-feira, 24 de dezembro de 2013

HORÁCIO BITTENCOURT E OUTRO TEEM LIVRAMENTO DE MORTE NA MESMA REGIÃO



Foto antiga na tenda no Irma
Não poderíamos descrever a nossa história se a mão do Todo Poderoso criador dos céus e da terra não estivesse presente nos guardando nas estradas da vida.

A Ele, no Filho amado, na intercessão da Sua Excelência o Espírito Santo, é que somos eternamento gratos por estarmos vivos nos dias de hoje.

Foto tirada na Congregação da Boa Vista em 7/5/2011
Outrossim, também agradecemos a nossas queridas mães, muito embora a minha já descanse com o Senhor, in memoriam a ela e a mãe do irmão que viva está, não poderia deixar de agradecer, pois somos frutos dos joelhos delas. 

Relutamos muito para escrever o presente post, pois, havia a possibilidade de pensarem que estaríamos tentando ganhar notoriedade embarcando no trem da história do infortúnio alheio.

No entanto, o testemunho de que Deus é fiel foi mais forte, por esta nobre causa deixamos o presente registro.

A mesma estrada, a mesma região e o mesmo livramento de morte nos levam aos fatos de então.

A HISTÓRIA  DOS MISTÉRIOS DE DEUS
Do nosso querido irmão em Cristo Horácio Bitencourt todos já sabem e agradecem a Deus o milagre da vida em uma situação tão inóspita.


A nossa história difere em tempo e sofrimento, pois, os fatos muito embora correlatos, não tem como comparar na angústia vivida no seio da família e ao meio da cristandade.

Em fevereiro de 2000, concluímos um trabalho em Santa Maria para a AES SUL, e de lá saíramos  para Alegrete às vinte e duas horas e vinte e cinco minutos, via São Pedro, São Vicente, São Francisco e Manuel Viana.

O tempo era de chuva, mas a saudade de casa era mais forte, porquanto, viajavam apressadamente o que vos fala, Marcos X. de Oliveira meu filho e Cledir da Silva Oleques meu amigo, compadre e colega.

A viagem transcorria sem alterações, muito embora a pista molhada pela chuva fina no momento, quando, a doze kilometros e poucos metros do Rio Toropi (medidos em outra ocasião) me deparei com um grande mistério de Deus.


Em uma baixada da estrada, quando os faróis da camioneta iluminaram o aclive da estrada, no meio da faixa amarela de proibido ultrapassar vinha uma pessoa com as seguintes descrições:

Um homem cambaleante de tês morena transitava nela, onde pude ver que tinha na mão direita algo de vidro, pelo reflexo da luz; que estava de boné; que usava uma camisa que um dia tinha sido branca e uma calça arremangada até os joelhos.

A reação fora instantânea de frear em vista do provável atropelamento em evidência. O impacto da freada repentina e o alto ruído dos pneus no asfalto, acordou de sobressalto meu compadre Cledir e assustou a Marcos.

O porque daquele súbito fato logo veio a tona, pois não tinha nada na estrada, o que foi constatado logo depois ao colocarmos os faróis do veículo nas presumíveis direções as quais poderiam ter tomado o malfadado transeunte.

Com o dedo em riste em vista do acontecido, meu filho dizia: "Está ficando louco pai; está vendo coisas onde não tem".

Retomei a estrada cabisbaixo, pensativo naquilo que com toda a certeza vira com detalhes impressionantes, quando, veio uma voz audível ao meu ouvido dizendo: "Foi um aviso de Deus".

Repeti as mesmas palavras ouvidas aos companheiros de viagem, e a partir de então quando o velocímetro do veículo pendia para setenta e cinco kilometros por hora, logo tirava o pé do acelerador.

O impasse perdurou até que após passarmos a ponte do Rio Toropi, metros adiante, na primeira curva da estrada, em cima da faixa amarela vinha cambaleante o mesmo homem o qual vira em visões de Deus a doze kilometros atrás.

Se viesse naquela velocidade de antes da visão, muito embora os tempos tenham sido prorrogados, o acidente seria fatídico para quem sabe todos os viajantes e para o transeunte, pois de ambos os lados da estrada são barrancos elevados.

Porquanto, se não tivesse contado os detalhes da visão aos companheiros de viagem, tudo passaria a ser como uma obra oportunista de ficção.

Muito embora, estivesse fora da casa do Senhor desde os meus quatorze anos de idade, tinha alguém a interceder por mim.

Isto, vem a mostrar que nem uma lágrima cai no chão daqueles que intercedem pelos seus, sem que o Senhor os dê uma oportunidade de resgate.

Deus nos deu uma nova oportunidade de vida, sendo que eu ainda levei mais quatro anos para vir pela dor para a casa do Senhor, a qual contarei em novos posts, sendo que o seguinte será "LIVRAMENTO DIVINO NA ESTRADA 2".

Muitos dos dados da história do servo do Senhor Horácio Bittencourt se encontra no site social deste dedicado pregador da palavra de Deus.


Local do acidente
Fotos extraídas do site abaixo:






CONCLUSÃO
Testemunhar do grande amor de Deus por nossas vidas é o mais importante de tudo isto. Lhe delegar as devidas honras e glórias é a nossa eterna gratidão.

Em honra ao grande Pai, querido, amado e santo, deixamos através do seu amado Filho o nosso registro da história nos anais da WEB.



Também deixamos registrado o nosso grande carinho e considerações pelo sofrimento empreendido a família do afortunado irmão em Cristo Horácio.

DEUS É FIEL.

sábado, 21 de dezembro de 2013

QUANDO A LETRA MATA

Figura ilustrativa
A letra da lei aponta o pecado; no entanto, o fim da lei é o Senhor Jesus Cristo. Não conheceríamos o pecado se não fosse a lei.

A graça do Pai pelo Filho livrou-nos do rigor da lei na qual não havia salvação, para vivermos pela fé no amado cujo sacrifício remiu os nossos pecados, pois o salário do pecado é a morte.

O apóstolo Paulo, doutor da lei, vivia por ela sem conhecer ao nosso Senhor Jesus Cristo. Uma vez o conhecendo na estrada para Damasco, teve como desnecessário o seu doutorado para viver segundo a Cristo.

O conhecimento do Messias a partir de então tornara-se o eixo de sua vida ao longo de quatorze anos de intenso e dedicado aprendizado. Após este tempo, ele ressurge no cenário apostólico para ser o apóstolo dos gentios delegado pelo Senhor Jesus Cristo.

Em síntese, a sua vida, a sua história, estão nos anais do Livro Sagrado.

No entanto, anos depois, próximo do final de sua carreira em Atos 26:24, Lucas descreve a defesa do Apóstolo perante Festo, o qual ao ouvir o discurso deste exclamou: "Estás louco, Paulo; as muitas letras te fazem delirar."

O abnegado e eloquente discurso coloquial de Paulo diante da ouvidoria governamental romana, repercutiu como se este estivesse envolto em demasia na letra do conhecimento, o qual estaria lhe fazendo delirar (vendo miragens, estar fora de si).

Pregar a Cristo e este crucificado é loucura para aqueles que perecem.

A LETRA QUE MATA
Certamente que há um desequilíbrio quando crescemos mais na graça e deixamos o conhecimento de lado, e ou crescemos no conhecimento e deixamos a graça de lado. No entanto, esta anomalia com o tempo vai sendo corrigida.

A letra que verdadeiramente mata é aquela que desvirtua a palavra divina, levando muitos a seguir-nos em nossos desvairos.

É quando aplicamos filosofias de vida, gnoses e ideologias às quais adulteram a essência da palavra a dissolvendo e a esvaziando.

É quando achamos que temos um alto conhecimento da palavra e ficamos além dela.

Se assim o fizermos, seremos tachados de falsos mestres. Homens réprobos no conhecimento da real singeleza e simplicidade do Escriturado Bíblico.

A palavra divina em seus últimos livros neotestamentários, abrange um rico enunciado de situações as quais identificam esta anomalia, para que não venhamos a cometer tal sandice (ver principalmente II Timóteo 3).

O alvo destes sempre será dar liberdade as concupiscências da carne, onde quando libertas espraiam os seus predicados para alimentar a concupiscências dos olhos.

"Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências;"  (II Timóteo 3 : 6)

Hoje, sem dúvida nenhuma o introduzir-se pelas casas não se dá somente da forma literal física, mas em grande parte pela via virtual.

Houve um determinado caso em certo lugar, que embasados nos mestres virtuais, aconteceu um desmonte de um trabalho arduamente realizado, provocando um celeuma divisório ao meio destes.

Foi como "SE" de um ponto alto se despejasse ao vento um saco de plumas, às quais nunca mais serão ajuntadas.

CONCLUSÃO:
Temos que pesar na balança da justiça divina tudo o que escrevemos, para que estes escritos não sejam ferramentas que irão desvirtuar a essência da palavra divina que nos induz a humildade, para ideologias de vaidades.

Porque, assim nos diz o Senhor Jesus Cristo: "Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas."  (Mateus 11 : 29)

Pela boca do nosso excelentíssimo Pai, nos vem de forma figurada (das filhas de Jerusalém) a triste experiencia de que quando Ele a ornou  de vaidades, estas vieram a prostituir-se.

Isaías 3:16  Diz ainda mais o SENHOR: Porquanto as filhas de Sião se exaltam, e andam com o pescoço erguido, lançando olhares impudentes; e quando andam, caminham afetadamente, fazendo um tilintar com os seus pés;

17  Portanto o Senhor fará tinhoso o alto da cabeça das filhas de Sião, e o SENHOR porá a descoberto a sua nudez,

18  Naquele dia tirará o Senhor os ornamentos dos pés, e as toucas, e adornos em forma de lua,

19  Os pendentes, e os braceletes, as estolas,

20  Os gorros, e os ornamentos das pernas, e os cintos e as caixinhas de perfumes, e os brincos,

21  Os anéis, e as jóias do nariz,

22  Os vestidos de festa, e os mantos, e os xales, e as bolsas.

23  Os espelhos, e o linho finíssimo, e os turbantes, e os véus.

24  E será que em lugar de perfume haverá mau cheiro; e por cinto uma corda; e em lugar de encrespadura de cabelos, calvície; e em lugar de veste luxuosa, pano de saco; e queimadura em lugar de formosura.

25  Teus homens cairão à espada e teus poderosos na peleja.
26  E as suas portas gemerão e prantearão; e ela, desolada, se assentará no chão.

O ANTÍDOTO NEOTESTAMENTÁRIO
Um erro não justifica o outro; o Senhor JAMAIS DEIXARIA que algo nefasto acontecido no passado ficasse sem uma admoestação no presente, para servir de exemplo a ser seguido proficuamente:

I Pedro: 3:3  O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos;

OBS: VEDE  EM ISAÍAS 3 A CONFIRMAÇÃO DO QUE O SENHOR DIZ SOBRE O VERSÍCULO ACIMA.

4  Mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus.

5  Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos;

POR UMA QUESTÃO DE LÓGICA
Porque ouso eu desvirtuar o que diz às Sagradas Letras que dão a vida eterna no Senhor Jesus Cristo, PARA OS MEUS ESCRITOS, os quais "se" diferirem destas palavras, serão AS LETRAS QUE MATAM?

E ou será que sou eu um balamita para levar o povo divino a derrocada como no link abaixo?


Porque procuro eu através de sofismas expor ao ridículo ao que o Senhor inspirou os seus santos arautos a escreverem?

Não adianta queremos inquirir com artigos os que defendem a palavra como ela é; pois não são estes que a escreveram; devemos inquirir o próprio Senhor dela.

Assim nos veio, assim o escrevemos.



segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

A FÉ VEM PELO OUVIR E O OUVIR PELA PALAVRA DE DEUS

Por mais que possamos buscar um canal viável para desviar-nos de uma só verdade, jamais alcançaremos o êxito nesta jornada. Porquanto, esta está consolidada em uma só verdade, expressa e professada pelo Senhor Jesus Cristo:

"A minha palavra é a verdade". 

Ele disse que esta palavra não é Dele, mas sim Daquele que o enviou.

Assim sendo, vivemos nós pela palavra do Pai consolidada no Filho. Vide link abaixo:


Se conheço esta verdade da palavra da fé, liberto estou pelo Filho, pois não vivo mais eu, mais ELE vive em mim.

Se ainda estou ligado às coisas do mundo, não vivo ainda pelo Espírito, mas sim pela carne. Porquanto, aquilo que a carne reflete, o coração está cheio dela.

O corpo reflete a imagem que está arraigada na alma.

Se sou Templo do Espírito Santo ( I Cor. 3 16, 17; 6:19, 20; II Cor. 6:14, ...,  reconhecido por dentro, qual seria a imagem refletida nele? Já que este corpo não pertence mais a mim, mas, sim a Ele?

Podemos até refletirmos santidade por fora e não sermos por dentro; no entanto, todo aquele que é Templo do Espírito Santo, por dentro, reflete a santidade por fora.

Se a liberdade que tenho em Cristo é para expor o corpo que deveria ser o Templo do Espirito Santo, sou eu espiritual ou ainda carnal?

Quando, nesta ferrenha batalha do Espírito X Carne, a alma está de fora assistindo este derradeiro duelo de vida ou morte. O que vencer, a leva para a salvação ou para condenação. Ela, a alma, nesta expectativa é a passageira da agonia.

Por mais que possamos interpor outras nuances bíblicas para tentar justificar o injustificável, nada mais temos para dizer aquilo que é indizível. Perdemos o rumo da palavra e sem ela nada somos além do que meros coadjuvantes do espirito reinante na igreja de Laodiceia.

Somos cegos, desgraçados, pobres e nus, segundo a palavra de Deus.

Quem pode crer nesta pregação? 

Ela não advém de cunho pessoal, mas sim da loggia divina, expressa e justificada pela Sua palavra..

Procura-se uma morada para sua excelência O Espírito Santo:

http://luisdornelesdeoliveira.blogspot.com.br/2012/12/procura-se-um-templo-para-sua.html




A BOCA DE DEUS E O PODER DA SUA PALAVRA

Imagine-se, pois, que alguém por sua boca tenha descrito uma epopeia da vida humana na terra; e que a seu tempo registrou os acontecimentos de então.

Aqueles fatos antepostos por seu autor servirem para informar e registrar nos anais do tempo, mas, todavia, muito pouco o será para edificar às gerações no decorrer dos séculos. Outrossim, o seu autor  viveu a seu tempo, porquanto, milhares destes já descansam de suas lides.

No entanto, A boca Daquele que vive e reina para todo o sempre, a sua palavra é sempre viva e eficaz de geração em geração e vivo está para honrar a sua palavra eternamente:

"A tua palavra é a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos dura para sempre."  (Salmos 119 : 160)

Diz a palavra de Deus que no início de tudo a terra era sem forma e vazia; e que o Espírito do Senhor pairava sobre às águas.

Pelo poder da palavra ás coisas foram feitas uma a uma na voz do faça-se isto ou aquilo e assim tomou a forma todas às coisas. Porquanto, já era o verbo (a palavra de ação no faça-se) e o verbo (logos da vida) estava com Deus, e nada do que foi feito, e sem Ele nada se fez. O Senhor Jesus Cristo estava presente e pela ação do verbo da vida deu a existência em tudo o que na terra há.

O valor da palavra excede todo conhecimento humano e adentra os mistérios de Deus.

As condições desta poderosa palavra nos diz e João 15:7 que "Se vós estiverdes em mim e às minhas palavas estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito.

O estar, o permanecer a palavra  do Senhor na sua inteireza é o que justifica o êxito em nossas vidas. Portanto, a eficácia dela está ligada diretamente  a não poder-se alterá-la diminuindo ou acrescentando algo a ela nos seus preceitos juízos e mandamentos (Deuteronômio 28).

Conquanto, as blindagens que a tornam estanque a todo processo de ataques por dissolução ou adulteração da palavra estão plenamente distribuídas ao longo de todo o Livro como admoestação e testemunho da sua excelência como vemos a seguir:

DEUTERONÔMIO 4:2 Não acrescentareis à palavra que vos mando, nem diminuireis dela, para que guardeis os mandamentos do Senhor vosso Deus, que eu vos mando.

ECLESIASTES 3:14 Eu sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe pode acrescentar, e nada se lhe pode tirar; e isso Deus faz para que os homens temam diante dele:

PROVÉRBIOS  30:6 Nada acrescentes às suas palavras, para que ele não te repreenda e tu sejas achado mentiroso.

Segundo a palavra do Senhor seremos tachados de mentirosos se dissermos aquilo que a palavra não diz.

MATEUS 5:17 - Disse o Senhor Jesus Cristo: Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim destruir, mas cumprir.

18 Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, de modo nenhum passará da lei um só i ou um só til, até que tudo seja cumprido.

19 Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.

20 Pois eu vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.

APOCALIPSE 22:18 Eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus lhe acrescentará as pragas que estão escritas neste livro;

19 e se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus lhe tirará a sua parte da árvore da vida, e da cidade santa, que estão descritas neste livro.

20 Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém; vem, Senhor Jesus.

21 A graça do Senhor Jesus seja com todos.

Assim como se abriu às Sagradas Escrituras, assim se fechou sem que nada se possa acrescentar e nada se possa tirar dela.

A AUTO SUFICIÊNCIA DA PALAVRA DO SENHOR
Se eu não creio ou não quero crer da auto suficiência da palavra do Senhor não sou digno de ser participe das coisas do seu reino. Porquanto, por ela e através dela são conhecidas as vontades de Deus.

Porque, assim Está Escrito:
II Timóteo 3:16  Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;



17  Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.


SOMOS LIMPOS E SANTIFICADOS PELA LAVAGEM DA ÁGUA PELA PALAVRA
É a palavra que nos limpa e nos purifica de todo o mal:

"Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,"  (Efésios 5 : 26)

"Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade."  (João 17 : 17)

QUEM AMA AO SENHOR JESUS CRISTO É O QUE GUARDA A SUA PALAVRA

"Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele."  (João 14 : 21)

"Quem não me ama não guarda as minhas palavras; ora, a palavra que ouvistes não é minha, mas do Pai que me enviou."  (João 14 : 24)


SÓ OS QUE PERMANECEM NA SUA PALAVRA SÃO SEUS DISCÍPULOS


"Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos;"  (João 8 : 31)

A PROCEDÊNCIA MALIGNA, LEVIANDADE E CONDENAÇÃO

"Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém."  (I Pedro 4 : 11)

Tanto a nossa palavra quanto a palavra de Deus deverá ser sim, sim; não, não

"Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna."  (Mateus 5 : 37)

"E, deliberando isto, usei porventura de leviandade? Ou o que delibero, o delibero segundo a carne, para que haja em mim sim, sim, e não, não?"  (II Coríntios 1 : 17)

"Mas, sobretudo, meus irmãos, não jureis, nem pelo céu, nem pela terra, nem façais qualquer outro juramento; mas que a vossa palavra seja sim, sim, e não, não; para que não caiais em condenação."  (Tiago 5 : 12)


Em referência a boca Dele fecho a minha
CONCLUSÃO
"Se" a poderosa boca do Senhor que justifica e dá vida a PALAVRA DELE, isto nos diz que: A Sua palavra é viva e eficaz; que é mais cortante que espada alguma de dois gumes, será que posso colocar às minhas palavras no lugar das Dele para justificar a minha vontade e não a Dele?

Só pela Sua palavra é que viveremos?

Se sim, justifica-se e termina-se pela palavra 

"Agora, pois, filhos, dai-me ouvidos, e não vos desvieis das palavras da minha boca."


(Provérbios 5:7)

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

LADOS OPOSTOS

Se quiséssemos saber quem quereria estar em oposição a outrem, a resposta seria quase que unanime no não.

Porque o conflito gera o atrito, e no atrito vem o desgaste e com ele a dor.

O estar na mesma fé e no mesmo Espírito é uma condição almejada, mas, muito pouco alcançada.

o Senhor Jesus Cristo pode unir os lados opostos.

A palavra do Senhor diz que o inimigo de nossas almas vem para matar, roubar e destruir, mas ELE veio para dar vida e vida com abundância.

A casa dividida não prospera, e a divisão provoca a dispersão e a condenação. Não existe o certo ou o errado, mas sim ambos estão no erro.

A palavra divina vem para unir e não para dividir. Quando ela dividi é porque foi alterada e dissolvida. A dissolução tira a essência e sem ela não há a mínima hipótese de convivência.

O avivamento de um órgão que está a morte, provém do remédio chamado obediência. Conquanto, sem a dádiva do perdão a história não é reescrita, mas continua proscrita no caminho da perdição.

DOIS BICUDOS NÃO SE BEIJAM
Assim diz o ditado; quando um está afim o outro está desconfiado. No entanto, o ano está no fim, e no fim também está o tempo da oposição.

Se é a palavra que nos une, busquemo-na de todo o coração. 

Bem sabemos que é a vaidade que separa; separa ela de nós, para que Deus permaneça na minha e na sua vida.

Para que se possa dizer: Feliz Ano Novo meu querido (a) irmão (ã).

Nos perdoe alguma falha, nos versos que escrevi, o que aqui foi-nos dito, de coração eu senti.

Boas Festas a todos vós, no nome Santo do Senhor Jesus Cristo.


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

INVASÃO DE PROPRIEDADE OU DE PRIVACIDADE.

UM FATO REAL
Conta-se exemplarmente que há tempos atrás fora dado por alguém, um terreno com uma velha casa para ser a igreja do Senhor Jesus Cristo. 
O tempo passou e o templo foi construído; no entanto, depois de pronto os que haviam dado para a igreja aquele terreno com a velha casa, requereram de volta.

Assim como a história verídica acima descrita, da mesma forma e modelo somos nós; doamos o nosso terreno do coração com a velha casa para ser igreja de Cristo; o templo vai sendo edificado, mas um dia o requeremos de volta.

O que já era propriedade exclusiva do Senhor Jesus Cristo é agora invadido na sua privacidade, tirando a legalidade da doação.

Aquilo que doei conscientemente, volto a ser o que era dantes, e o que depois de lavado volta ao esponjadora da lama.

UMA  REALIDADE EXPLICITA

No momento que doamos a nossa propriedade (VIDA), mas ficamos mordomos dela, a cuidando e zelando pelas coisas do nosso Senhor, onde é o não vivo mais eu porque Cristo vive em mim.

Porquanto, no momento que aceitei a seguir ao Senhor Jesus Cristo, neguei a mim mesmo e tomei a minha cruz para segui-lo. A minha vida não é mais minha, mas sim daquele que a entreguei no dia desta decisão.

O que estou fazendo com aquilo que não é mais meu?

ASSIM ESTÁ ESCRITO

I CORÍNTIOS 6:19  Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?

PORQUE NÃO PERTENÇO MAIS A MIM MESMO

I CORÍNTIOS 6:20  Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.

"SE" dantes o que era a minha propriedade corporal com o seu núcleo de espírito e alma, eu fazia o que bem queria dela, agora que a doei para o Senhor Jesus, não posso mais governar conforme a minha vontade, mas, sim, conforme a vontade Dele.

O TEMPLO SANTO DO SENHOR
"SE" o templo "É" do Senhor? - ele deverá ser santificado mais ainda, pois não pertence mais a mim mesmo, mas SIM a ELE.

Porquanto, o que se aproxima DELE deve ser Santo, porque, ELE SANTO É!

I CORÍNTIOS 3:16  Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?
17  Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.

A SEPARAÇÃO DAQUILO QUE É DO SENHOR DAQUILO QUE NÃO O É

II CORÍNTIOS 6:14  Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?

15  E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel?

16  E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.

17  Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; E não toqueis nada imundo, E eu vos receberei;

18  E eu serei para vós Pai, E vós sereis para mim filhos e filhas, Diz o Senhor Todo-Poderoso.

A ESCRITURA DE DOAÇÃO
Parece-nos que depois que aceitamos ao Senhor Jesus Cristo e passamos a ESCRITURA DE POSSE A ELE, estamos querendo de volta tudo aquilo que A ELE DOAMOS.

Estamos na verdade PASSANDO DAS ESCRITURAS, para tristemente escrevermos a nossa história de um povo que um dia foi separado para o Senhor Jesus Cristo para ser conforme os desejos deste mundo.

Estamos nos misturando com o mundo; sendo mestiços e não estamos nos dando conta disto.

CONCLUSÃO:
O que era propriedade privativa Espiritual Divina fora invadida na sua intimidade, perdendo a validade.

NUNCA DEVEMOS ESQUECER QUE:
Para a vinda do Senhor Jesus Cristo deveremos devolver a propriedade que um dia passamos a escritura, na maneira requerida por ELE na sua volta para tomar posse daquilo que é seu:

I Tessalonicenses 5:23 E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.


24 Fiel é o que vos chama, e ele também o fará.

O senhor NÃO QUER SOMENTE O NOSSO CORAÇÃO, que é por onde começa a mudança, mas ele quer também A NOSSA ALMA E CORPO (que é o Templo do Espírito Santo) de forma irrepreensível.

A esperança que fica é que a palavra do Senhor nos diz que a fé vem pelo ouvir e também ler. Quem sabe um dia de tanto ler a palavra excelsa e expressamente bíblica, alguém, por minimo que seja, não dará crédito a pregação daqueles abnegados expositores do Santo Evangelho do nosso Senhor Jesus Cristo?

Com isso, seremos edificados junto a Deus pelo trabalho com a grande obra da salvação alcançada; e a glória da segunda casa será maior do que a primeira.