quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

AS BEM AVENTURANÇAS DAS FAMÍLIAS DO SALMO 128

José da Silva (nome fictício) comprara um eletrodoméstico em uma grande loja; ávido de vê-lo funcionando e atendendo as suas necessidades, nem consultou o manual, e já pelo seu entender colocou-o logo em serviço. 

A partida fora na força errada e para o seu desaponte, fumaceou e queimou.

Recorreu a garantia, e o que ouviu lhe deixou profundamente desanimado, porque, a pergunta do atendente abalo-lhe as estruturas: "Você seguiu perfeitamente como o manual diz em sua instalação?"

A resposta a contragosto fora veraz: "Não!"

O diagnóstico da garantia fora seca e direta: " Você perdeu a garantia e o seu bem também, porque não há garantia para nenhum bem de consumo para aqueles que não seguem exatamente como "Está Escrito" no seu manual de funcionamento".

Conforme pensara José da Silva até então era da mesma maneira que muitos pensavam: " Mas manual, pra quê manual, se eu posso fazer do meu jeito".

MORAL DA HISTÓRIA
Queimamos o filme toda a vez que queremos fazer as coisas do nosso jeito e não conforme determina o seu manual.

Muitas vezes às coisas estão fumaceando e não nos damos conta que estamos fazendo as coisas do nosso jeito, pela nossa vontade e utilizando a força errada.

Porquanto, em tudo há um sinal, pois quando há fumaça é porque há fogo, e não estamos fazendo a leitura certa da fumaça desprendida.

Tudo aquilo que não for conforme (com a forma, com o formato, de acordo) com a palavra do Senhor, às coisas estão fadadas ao fracasso.

O Senhor não tem compromisso com o nosso jeito, com a nossa vontade com a nossa força e com a nossa palavra; mas, tem com o jeito, vontade e força da palavra D'ele.

ASSIM ESTÁ ESCRITO NO SEU MANUAL
"Entendes tu o que lês?" - Perguntou Filipe ao mordomo mor da rainha Candace. Ele lia o rolo do profeta Isaías, na parte hoje identificada de capitulo 53.

Quando Filipe o explicou, ele entendeu, perguntando: "Que impede que eu seja batizado?". Ali havia água, o entendimento e a disposição para que êxito do projeto salvífico fosse alcançado. Resposta: "Nada". Todos os ingredientes requeridos foram disponibilizados e o êxito foi alcançado.

Quando lemos, entendemos e praticamos as ordenanças do manual, estamos de acordo com os dados do fabricante do bem de consumo.

Portanto, com tudo isso é certo que alcançaremos o êxito esperado.

BEM-AVENTURADO
Fala de alguém que está em grande felicidade; daquele que encontrou a graça divina e por ela foi extremamente abençoado.

Esta graça da bem aventurança já começa no Salmo 1 com as suas nuances:

1  BEM-AVENTURADO o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.

2  Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.

3  Pois *será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.

4  Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.


5  Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.


*O verso 3 do Salmo 1 se assemelha com o mesmo verso 3 do Salmo 128.

Os frutos oriundos de uma árvore plantada junto ao ribeiro da fonte eterna viverá e frutificará para todo o sempre.

No entanto, o primordial de tudo isso começa por aquele que teme ao Senhor.

Porquanto, o temor ao Senhor é o princípio da sabedoria  (Pv. 1.7) e também o fim dela (Ec. 12:13)

Mas o que é temer ao Senhor? ou o temor do Senhor? - Pois nele reside um dos maiores segredos para a vida eterna.

Pergunta: "O que significa ter temor a Deus?"

Uma das boas respostas foi encontrada no site abaixo:

http://www.gotquestions.org/Portugues/temor-de-Deus.html

Para o descrente, temer a Deus é temer o julgamento de Deus e a morte eterna, que é separação eterna de Deus (Lucas 12:5; Hebreus 10:31). Para o crente, temer a Deus é algo muito diferente. O temor do crente é reverência a Deus. Hebreus 12:28-29 descreve muito bem: "Por isso, recebendo nós um reino inabalável, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus de modo agradável, com reverência e santo temor; porque o nosso Deus é fogo consumidor." Essa reverência e santo temor explicam exatamente o que temer a Deus significa para os crentes. Esse é o fator que deve nos estimular a nos entregar totalmente ao Criador do Universo.



Se não temos reverência com a sua palavra como teremos temor por Ele?

Aquele que anda nos seu caminho é aquele que guarda a sua palavra, e isto vem corroborar com o dito pelo Senhor Jesus Cristo em João 15:7:

"Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito".

Portanto, todo aquele que teme, guarda e segue ao Senhor é aquele o faz por reconhecimento, adoração e reverência a ELE.

Como não seria bem aventurada uma família que ao demonstrar tudo isso, dando todas as provas que N'ele confia?

SALMO  128
1  BEM-AVENTURADO aquele que teme ao SENHOR e anda nos seus caminhos.

2  Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem.

3  *A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa.

4  Eis que assim será abençoado o homem que teme ao SENHOR.

5  O SENHOR te abençoará desde Sião, e tu verás o bem de Jerusalém em todos os dias da tua vida.

6  E verás os filhos de teus filhos, e a paz sobre Israel.

CONCLUSÃO:
É simples, verdadeira e pura:


Eclesiastes 12:13  "De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem".

SÓ POR AMOR FAREMOS TUDO ISSO:

"E, respondendo ele (Jesus), disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo."  (Lucas 10 : 27)

Só quem ama cumpre às leis do Senhor, o qual é bem aventurado para todo o sempre.



quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

É HORA DE DESPERTARMOS DO SONO DA INDIFERENÇA

EFÉSIOS 5:14 - "Pelo que diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te iluminará".

Hei, acorde, levante, saia do sono da indiferença, volte a vida, o Senhor Jesus Cristo está voltando.

Estas frases incisivas em sinais de alerta ecoam na WEB como um clarim anunciando o alvorecer.

Quem ficar insensível, no sono da indiferença, perderá a hora de levantar-se, tomar tenência e caminhar na fé; da mesma forma não poderá estar com o noivo nas Bodas com do Cordeiro de Deus.

Como as virgens loucas, sem azeite em suas lâmpadas, perderão o tempo da vinda do noivo que será entre um abrir e fechar de olhos, COMO A DESCRIÇÃO NO LINK ABAIXO:


DESPERTAI A HORA ESTÁ CHEGANDO



Nas últimas vigílias houve um manifestar do Senhor dizendo: "Não temam, façam a minha obra enquanto ainda é dia, Jesus está voltando".

É tempo de despertarmos para os sinais que antecederiam a volta de Jesus Cristo; eles.estão ai para todos os que leem o Santo Livro verem e se certificarem que a plenitude dos tempos está chegando.

Fora os sinais como os de Sodoma e Gomorra, a Bíblia nos fala em segunda Pedro 3 que A TERRA SE RESERVA COMO UM TESOURO PARA O FOGO.

No primeiro ato a terra foi destruída por água; no segundo ato ela JÁ ESTÁ RESERVADA para ser destruída por fogo, e isto é cabal.

A ciência havia predito anos atrás que se a temperatura da terra continuasse a crescer como estava crescendo, em 50 anos no máximo seria impossível de haver vida na terra.

Há pouco tempo atrás, um novo cálculo fora feito devido a grande caloria em determinados lugares e o oposto em outros, como frios intensos, com temperaturas extremas de mais de 45 graus negativos, que se nada mudasse, em 19 anos o ocaso se daria.

NO TEMPO DO FIM
O Senhor Jesus Cristo nos diz em Mateus 24:14 que:  "E este evangelho do reino será pregado no mundo inteiro, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim".

Em Daniel 12:4,  nos fala sobre o tempo do fim dizendo que: "Tu, porém, Daniel, cerra as palavras e sela o livro, até o fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará".

Um dos grandes sinais para que ocorra o tempo fim deixado pelo Senhor Jesus Cristo nos diz que que seria necessário que ESTE Evangelho do Reino fosse pregado no mundo inteiro PARA CONHECIMENTO EM TESTEMUNHO PELAS NAÇÕES, então viria o fim.

 Em Daniel, prevendo o tempo do fim, a palavra divina nos diz que neste tempo a ciência (conhecimento) se multiplicaria, e a ciência que mais se multiplicou foi a ciência da comunicação, nas antenas parabólicas, nos celulares e na internet; Porquanto, o Evangelho já está sendo pregado em quase todo o mundo pela ciência multiplicada das comunicações.  

A meta prevista como um sinal para que se conhecesse o tempo do fim já está em avançado andamento.

CONCLUSÃO:
Quem pode crer na nossa pregação (Isaías 53), é questão de ocasião, porque, poucos foram os que creram naqueles dias, assim como agora muito poucos serão os que irão crer.

Os sinais de alerta estão nos montes da WEB, das TV's, dos celulares e das igrejas. Quem der crédito tomará uma posição e guardar-se-á para que ninguém tome a sua coroa.

É preciso acordar para levantar; levante-mo-nos nós que estamos dormindo e o Senhor Jesus Cristo nos iluminará (Efésios 5:14).

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

KISS - SOLIDARIEDADE

Hoje completa um ano de um fato que enlutou Santa Maria, o Rio Grande do Sul, o Brasil e consternou o mundo.

Nada que possamos dizer pode substituir a dor da perda de um ente querido tombado naquela tragédia. 

Nesta data, os refletores da mídia nos dão uma pequena mostra da solidariedade das pessoas imbuídas em um só sentimento, o de confortar os familiares doridos neste triste fato.

Corações contristados se irmanam em laços fraternais envolvendo os familiares das vítimas; dizendo que eles não estão sós, mas, que ainda há em meio a tanta intransigência, violência e descaso, pessoas que são sensíveis a dor do próximo.

Nos congratulamos com as associações, grupos e assemelhados, que se uniram para conversar, meditar e confortar uns aos outros neste momento de grande reflexão.

Da mesma maneira, lá não estando de corpo presente, queremos deixar o nosso registro de condolências, dizendo que de coração nos unimos neste ato.

Ensejando, que Deus em seu grande amor, possa derramar o bálsamo do refrigério, para amenizar, confortar e amainar a saudade sentida.

Que o Senhor Jesus Cristo, o salvador do mundo perdido, possa consolar a todos vós.

São os votos de Luis, Marta, familiares e amigos.

Beijos fraternais em vossos corações.

sábado, 25 de janeiro de 2014

AS TELENOVELAS MOLDARAM O BRASIL

Lendo os bons e os excelentes blogs da WEB, deparei-me com um artigo ao qual temos debatido muito ao longo da existência do blog "É HORA DE DESPERTAR", sobre o EFEITO SUBLIMINAR e as suas consequências:

Alerta este que fala em diversos artigos sobre a manipulação subliminar do mensageiro oculto como no link abaixo:

http://luisdornelesdeoliveira.blogspot.com.br/2012/11/o-outro-lado-da-meia-noite.html


Como veremos, tudo é uma OBRA DE ENGENHARIA, uma coisa engenhada, preparada para acertar o seu alvo: VOCÊ QUE ASSISTE ESTAS PROGRAMAÇÕES.

Refazendo o caminho do blog amigo com o link abaixo, ao qual li e também nos congratulamos nesta divulgação descrevendo o excelente artigo:


Conquanto, o que iremos reprisar sejam dados todos os créditos aos seus digníssimos autores.


27/02/2009 - 22:16 - ATUALIZADO EM 04/03/2009 - 17:50
Alberto Chong - "As telenovelas moldaram o Brasil"
   
Economista do BID afirma que a novela ajudou o país a aceitar o divórcio e a criar famílias menores

MARTHA MENDONÇA
Qual é o verdadeiro impacto das telenovelas nos lares brasileiros? Segundo dois estudos recentes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), as tramas exibidas na TV nos últimos 40 anos vêm moldando as famílias em pelo menos dois aspectos: menos filhos e mais divórcios.

As pesquisas, coordenadas pelo economista Alberto Chong, analisaram o conteúdo de 115 novelas transmitidas pela TV Globo entre 1965 e 1999 nos horários das 19 horas e das 20 horas. Nessa amostragem, 62% das principais personagens femininas não tinham filhos e 26% delas eram infiéis a seus parceiroso que suavizou o tabu do adultério.

Para Chong, a telenovela é um excelente canal de difusão de programas sociais, como prevenção à aids e direitos das minorias. Ele deu a seguinte entrevista a ÉPOCA.

ENTREVISTA – ALBERTO CHONG  

Divulgação QUEM É 

Economista nascido em Lima, no Peru. Tem 45 anos e mora em Washington, nos Estados Unidos

O QUE FEZ
Desde 2000, trabalha como pesquisador do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)

O QUE PUBLICOU
As pesquisas Novelas e fertilidade: evidências do Brasil, com Suzanne Duryea, do BID; e Televisão e divórcio: evidências de novelas brasileiras, em parceria com Eliana Ferrara, economista da Bocconi University

ÉPOCA De que forma as telenovelas influenciaram a sociedade brasileira? 

Alberto Chong – Durante o período da ditadura, os autores já viam nas novelas a oportunidade de lutar contra o sistema, apresentando novas ideias e valores.

Há, de forma recorrente, a crítica à religião, ao machismo e ao consumo de luxo e a ideia de que a riqueza e o poder não trazem felicidade. A família está no centro dessas transformações.

As novelas são um instrumento muito poderoso na formação de um modelo bastante específico de família: branca, saudável, urbana, bonita, consumistae pequena.

ÉPOCA – Vem daí a explicação para a influência das novelas na queda da taxa de fertilidade? 

Chong – Sim. A família pequena é uma imposição da produção, que tem limitações de elenco. Para que a história aconteça, são necessários pelo menos cinco ou seis núcleos. Então nenhum pode ser grande demais. Por um tempo essa família tão reduzida era irreal.

Com o tempo, porém, a repetida exposição desse perfil influenciou fortemente na preferência por menos filhos e pelo custo financeiro mais baixo dessa escolha. Ao longo dos anos, essa queda na taxa de fertilidade foi caindo mais em áreas alcançadas pela televisão do que em áreas que não recebiam o sinal.

ÉPOCA – As mulheres são o público principal das novelas. Elas são mais influenciáveis por esse tipo de conteúdo? 

Chong – Uma das ideias mais disseminadas pelas novelas, em todos os tempos, é, certamente, a emancipação feminina, junto com a entrada da mulher no mercado de trabalho. 

A busca do amor e do prazer pelas personagens femininas também é uma constante em qualquer trama – mesmo que ela tenha de cometer adultério, o que também é comum nas histórias.

ÉPOCA – No Brasil, de acordo com o IBGE, vem das mulheres a maior parte dos pedidos de divórcio. Quanto as novelas contribuem para isso? 

Chong – Estudar o Brasil sob esse ponto de vista é interessante, porque os casos de divórcio aumentaram dramaticamente nas últimas três décadas.

Estima-se que as taxas aumentaram de 3,3 em cada cem casamentos em 1984 para 17,7 em 2002, mais do que em qualquer outro país latino-americano.

Nosso estudo avança na hipótese de que os valores da televisão, mais precisamente das novelas, contribuíram de fato para esse aumento, principalmente a partir do momento em que no Brasil há um alcance desse tipo de programa como em nenhum outro país.

A novela é, de longe, a maior atração da TV e é veiculada pela Rede Globo, que tem mantido um domínio quase absoluto do setor por cerca de três décadas. Percebemos que, quando a protagonista de uma novela era divorciada ou não era casada, a taxa de divórcio aumentava, em média, 0,1 ponto porcentual. A mudança é positiva.

A simples possibilidade do divórcio dá às mulheres a chance de igualdade de gênero no casamento e na distribuição do trabalho, dentro e fora de casa. Também diminui a violência doméstica, os homicídios e suicídios.

COMENTÁRIO NOSSO
A balança da justiça divina é contrária aos resultados obtidos por esta sublimada programação.

A palavra divina nos diz uma coisa e as novelas ensinam outra.

Quem pode dar crédito a palavra de Deus não assiste estas formadoras de índoles destruidoras de famílias, influenciando já a criança na sua tenra idade os seus princípios contrários a Deus.

Quem tem ao Senhor Jesus Cristo, pacifica, recupera e não separa a quem Deus uniu.

VEJAM "EM PARTES" O COMENTÁRIO DO PADRE NO VÍDEO ABAIXO:




Tire você mesmo as devidas conclusões destas confirmadas manipulações subliminares imorais e o Senhor lhes esclarecerá.



sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

UM GRITO PELA VIDA DA IGREJA

Todo livro tem sua história, toda história dá um livro. Conceder-se o privilégio de ler bons livros edifica a alma e nos torna mais acessíveis ao âmago das questões espirituais contemporâneas.

Nestes dias ao conversar com um amigo de muitos anos, ouvi dele a grata revelação de que estava se interessando a ler bons livros, coisa que não lhe chamava a atenção.

Indo ao mercado da alma (livrarias evangélicas) sequioso por um bom livro, deparei-me com um título chamativo, envolvente e bem atual.

"UM GRITO PELA VIDA DA IGREJA" trás ao lume um tema de alta relevância no seio da cristandade.

"SOCORRO"

Por que, a igreja de nosso Senhor Jesus Cristo está cambaleante e sem pespectiva de vida espiritual?

Por que, não há um avivamento espiritual se a massa evangélica está a crescer vertiginosamente? - É o quanto mais cresce fisicamente, mais ela decai espiritualmente?

Parece-nos uma contradição desproporcional nas medidas de grandeza do quanto mais é igual a menos e não o do quanto mais é igual a mais.

No sub título já começamos a compreender os por que's desta tão intrigante questão:

A PRINCIPAL CARATERÍSTICA DE UMA IGREJA VIVA É A PREOCUPAÇÃO COM A GLÓRIA DE CRISTO

O perfeitíssimo diagnóstico vem a acertar bem no alvo do por que um organismo que está sendo abastecido e em grande crescimento está definhando na UTI  da história da existência espiritual.

A igreja que tem como principal característica a preocupação com a glória de Cristo é a que está avivada espiritualmente,  muito embora seja um pequeno rebanho.

O contraste é com aquela que está preocupada com a glória do homem, muito embora seja a que mais cresce fisicamente é a que está moribunda e desprovida da glória divina.

Onde colocamos os nossos "eus" não negados acima da fórmula bíblica da humildade e da coletividade, damos lugar para vaidades nas suas individualidades. O Pai não opera avivadamente em um organismo que não está preocupado com a sua glória e não a com a glória Dele; onde o brilho não é o Seu, mas o com o brilho do mundo.

SINOPSE DO LIVRO
O número de crentes está aumentando, mas não podemos chamar este crescimento de avivamento.

A história dos avivamentos mostra que em alguns casos , a igreja até diminuiu de tamanho pela chegada poderosa do Espírito Santo. Pois a presença de Deus faz com que muitos se descubram equivocados no seio da igreja.

O DIAGNÓSTICO DO LIVRO
Antes que chegue a abundância de frutos, é necessário  considerar o tempo de cortar os ramos das plantas.

Que Deus nos traga o tempo da podadura espiritual a fim de que se defina "QUEM É QUEM" no Reino de Deus.

A partir dai os frutos serão maduros. Quando isto acontecer, teremos uma igreja realmente viva.

CONCLUSÃO DEIXADA:
É pelos seus frutos que se conhece a árvore. Não pode uma árvore boa produzir frutos maus.

A vara que não dá mais frutos tem de ser cortada e lançada ao fogo e aquela que produz tem ser podada para que dê mais fruto ainda (João 15).

Para que a árvore que não produz mais, sem frutos e só com folhas, tem que ser limpa a suas raízes e adubadas para voltar a produzir:

LUCAS 13: 5-9 "Não, vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis".

E dizia esta parábola: Um certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha, e foi procurar nela fruto, não o achando;

E disse ao vinhateiro: Eis que há três anos venho procurar fruto nesta figueira, e não o acho. Corta-a; por que ocupa ainda a terra inutilmente?

E, respondendo ele, disse-lhe: Senhor, deixa-a este ano, até que eu a escave e a esterque;

E, se der fruto, ficará e, se não, depois a mandarás cortar".


A palavra divina nos enceja que casa dividida não prospera; que árvore que não é limpa não pode produzir frutos apreciáveis ao seu Senhor.

Sem concertar o altar o fogo não desce. Porquanto, um pouquinho só de fermento levedou toda a massa. O fermento divide, distoa e entristece o nosso querido Espírito Santo.

Precisamos produzir frutos dignos de arrependimento, senão o machado estará posto a raíz (Mateus 3), só esperando a ordem do Senhor da seara.

Precisamos nos arrepender, confessar e deixar para que possamos encontrar misericórdia divina.

O Senhor não quer que ninguém se perca, mas se formos nós aqueles que estão dividindo a lavoura, criando dissenções, dando mal testemunho ao meio de sua igreja, se não voltarmos ao primeiro amor, estaremos em um caminho de morte eterna.

O que nos deixa alegres é que o Senhor sempre está a nos dizer que A GLÓRIA DA SEGUNDA CASA SERÁ MAIOR DO QUE A PRIMEIRA.



terça-feira, 21 de janeiro de 2014

VENHA DO JEITO QUE ESTÁ E FIQUE DO JEITO QUE QUER

A difícil missão da transformação
em tempos de tentação.
A propagando é alma do negócio, assim versa na boca da sabedoria popular. Se não mostrar o produto, como  o cliente sentirá o desejo de adquiri-lo? - Porque, aquilo que os olhos não veem o coração não deseja.

Estar na vitrine do consumismo é a tônica da mercância secular. Estar na rua dos olhos é estar na passarela dos desejos.

Tudo tem que ser conforme a vontade do povo, senão nada feito. Tem-se que agradar o povo para que aja a transação mercantil, trazendo dividendos para o seu autor.

Da mesmíssima forma da condição literal ora exposta, está sendo na condição espiritual indevida. As cópias estão sendo fidedignas.

Se não fizermos a vontade do povo, não teremos partícipes em nosso empreendimento espiritual.

Quem não sabe que da mesma forma literal se fazem pesquisa para agir no meio espiritual?

Cada vez mais surgem novos seguimentos espirituais conforme a vontade do povo e não segundo a vontade de Deus.

O nada se cria, tudo se copia assim o é no segmento secular. Estamos copiando o que está dando certo pela vontade do povo para aplicarmos ao nosso meio para não sangrarmos na perda de fiéis.

Será que é isto é o ideal segundo a palavra do Senhor?

O que iremos fazer com a palavra que nos diz do que muitos são os chamados e poucos são os escolhidos?

O EVANGELHO DA TRANSFORMAÇÃO
Converter-se, implica em mudança completa (ela é gradativa pelo conhecimento da verdade na lavagem da água pela palavra) de direção: Se íamos em um determinado caminho, damos meia volta e vamos no caminho contrário ao dantes caminhado.

Não existem palavras de sabedoria humana que possa negar esta verdade bíblica.

Quem ama o mundo o amor do Pai não está nele (PONTO FINAL).

Se saímos de Sodoma e Gomorra não podemos olhar para trás (PONTO FINAL). Como poderíamos  vir para Cristo olhando para trás sem virar estátua de sal?

Como posso vir do mundo (Egito) ficando com o coração preso no tempero (cebolas) do Egito (mundo)?

Em vez de sermos o sal da terra e luz do mundo, estamos nos tornando iguais ao povo da terra. Sem sal e sem luz.

Sem transformação não há conversão (PONTO FINAL).


Se não houver mudança de mente, como poderemos saber qual é a perfeita e agradável vontade de Deus?


Se a nossa mente é prisioneira do mundo, no mundo está também o nosso coração, indo refletir em nosso corpo as consequências deste fato; porque, no corpo está o reflexo da nossa alma.

O Apóstolo Paulo era um prisioneiro de Cristo andando conforme Ele andou; nós não queremos negar a nós mesmos para poder seguir ao Senhor Jesus Cristo, preferindo sermos prisioneiros do mundo NO SEU ANDAR e não de Cristo.

A liberdade no Senhor Jesus Cristo também significa libertos do mundo por Ele. Porquanto, a pior prisão é a prisão da alma a aquilo ou a aquele que lhe levará para a morte eterna sem Deus.

Ser peregrino na terra é estar longe do seu lar. A sua alma está ligada no além das estrelas, no terceiro céu, onde está o trono divino.

Nada nos prende ao Egito (mundo), mas se saímos dele e voltamos a fazer as coisas do Egito, no Egito ainda estamos presos, porque:

ROMANOS  12:2 "E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus".

O estar conforme implica estar de acordo com a forma ou a forma, o modelo do mundo. Porquanto, o estar conforme a palavra divina é uniforme (a forma que une, uma só forma) ou a unica forma o é o único modelo para uma só fé.

UM TEMPO DETERMINADO POR DEUS
Para todas as coisas existe um tempo determinado POR DEUS; quando queremos determinar este tempo, usurpamos a Deus em seu tempo, nos distanciando D'ele.

Do Senhor é o tempo, a terra e tudo o que nela há. A Sua vontade é soberana sobre todo aquele que teme, referencia e espera estar com Cristo algum dia.

No entanto, se não cumprirmos os tempos de Deus mesmo em estando na graça (misericórdia) em Seu tempo o Senhor nos dará a paga a tudo aquilo que fizermos com o nosso corpo que É O TEMPLO DO ESPIRITO SANTO.

CONCLUSÃO:
O vir para o Senhor Jesus Cristo é do jeito que estamos, e no demais Ele irá nos aperfeiçoar se nos colocarmos como vasos de barro nas mãos do Grande Oleiro.

O barro nunca dirá ao oleiro como quer ser feito, mas aceitará a vontade dele na sua formação, moldagem e queima no forno a fogo para endurecimento da forma e do modelo, onde nunca mais perderá o seu prospecto.

O vaso moldado pelo Senhor na fornalha da aflição (que paga o preço do caminho estreito), será o vaso para honra e para glória do seu Senhor. Porquanto, estará pronto para receber e reter a água e o azeite provindo do reino de Deus.

No entanto, se ficarmos do jeito que viemos, estaremos não só desobedecendo ao Senhor, mas sendo modelo de rebeldia e de entristecimento D'aquele que vive e que reina para todo o sempre.

Que o Senhor nos ajude a caminhar como Ele caminhou; a ser um vaso de honra em suas preciosas mãos, ainda que vasos de barro, para que em tudo e em todos ELE seja o Senhor de nossas vidas.

HEBREUS  12:14 "Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor,"


Print Friendly and PDF

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

ENTRE UM ABRIR E FECHAR DE OLHOS ELE VIRÁ


O estudo nos diz que o piscar involuntário dura de 290 a 750 milissegundos (ou seja, de 1/3 a 3/4 de 1 segundo). Ele é influenciado por várias condições, entre elas a iluminação do ambiente, temperatura, velocidade do ar projetado, patologias oculares e níveis de atenção."

O mesmo estudo mostra que piscamos, em média, de 6 a 12 vezes por minuto ( 1 vez em cada 5 a 10 segundos)

Fonte(s):

Estudo comparativo do tempo entre as piscadas adultos jovens e adultos terminal de vídeo usuários em ambientes fechados: http://www.centro.otico.com.br/profissionais-saude.html

OS RECORDS 
A velocidade supersônica alcançou patamares nunca dantes imaginados. O homem viaja pelo espaço sideral a uma velocidade impressionante; grandes distâncias são cobertas por segundos, no entanto, nada superará a velocidade em que o Senhor Jesus Cristo virá buscar a sua igreja.

A palavra divina nos diz que "será num abrir e fechar de olhos".

O arrebatamento da igreja ou o rapto será tão veloz que o olho humano não verá este grandioso evento.

Não haverá tempo de dizer um ai; um me espere que vou preparar-me ou até mesmo eu perdi o trem da história.

As coisas trocarão de sentido em milissegundos; quem foi para glória, na glória já estará. Quem fica, às dores e os revezes da grande tribulação será o seu destino.

Em nada adiantará dizermos: "Se o arrependimento matasse, eu já estaria morto?". Porque não me preparei para o grande dia de Cristo?

Quem não lembra da fábula da formiga e da cigarra? - Enquanto, uma trabalhava para o seu sustento nos dias vindouros, a outra cantava até rachar.

Cantamos e nos damos em casamento até nos lascar; usufruímos aquilo que a vida tem de melhor para nos proporcionar. Procurar nos preparar para o dia vindouro da plenitude dos tempos, nem pensar.

Achamos que temos que investir em novos celeiros; deitar e folgar nos deleites de então, mas, como loucos estamos portando-nos, pois, se amanhã pedirem a nossa alma, com quem ela estará?

Como as virgens loucas não temos azeite na botija que sustente as nossas lamparinas acessas para esperar o noivo; intentaremos até pedir azeite emprestado para nos manter aptos a entrada no Reino Divino, mas, esta preparação para esta entrada ela o é individual.

Do que adiantou termos ganhado o mundo inteiro e termos perdido a nossa alma? Porque, o Filho do Homem virá para dar a cada um segundo às suas obras.

O galardão o será para aquele que combateu o bom combate; que acabou a carreira, mas, guardou a fé. Porque, ele sabe que a sua coroa está guardada, a qual o justo Senhor o dará naquele dia, mas não somente a ele, mas, todos aqueles que amarem a sua vinda.

Quem quiser ir naquele dia, tem que negar a si mesmo e carregar a sua cruz para ir após Ele.

Porque, do que adianta batermos os Records da existência terrena, e perdermos o passaporte para existência eterna?  

O BRILHO DO MUNDO
Nossos olhos estão ofuscados com o brilho deste mundo; estamos prevaricando na fé; achando que jeito está, está muito bom, mas, estamos nos esquecendo de que muito embora sejam muitos os chamados, serão poucos os escolhidos.

Quem ama o mundo, o amor do Pai não está nele; porque:

I JOÃO  2:16 "Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vem do Pai, mas sim do mundo".

CONCLUSÃO:
Em um abrir e fechar de olhos, o Senhor Jesus Cristo virá para buscar os seus escolhidos; em um dia qualquer destes, um abrir e fechar de olhos será "o último" antes deste grande evento; o que temos até então preparados para quem será?

Ainda é tempo de voltar a pegar a mão no arado e não olharmos para trás. É tempo de semearmos a preciosa semente para colhermos os louros da coroa da vida.

I Coríntios 15:51 Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados,

52 num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados.

53 Porque é necessário que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade.


Pare e pense: "É num abrir e fechar de olhos".


Print Friendly and PDF