sábado, 31 de maio de 2014

OS INIMIGOS DE DEUS E OS AMIGOS DELE

A arte do engano é contar uma coisa inverídica inúmeras vezes para que por suas repetições tome ares de verdade.

O inimigo de nossas almas planta paulatinamente na lavoura do nosso coração, que determinadas coisas não tiram do crente no Senhor Jesus Cristo a salvação para a vida eterna.

É uma coisinha aqui, outra ali, e outra acolá são as raposinhas que já comprometeram toda a vinha.

Está tática sutil é a que mais surte efeito no mundo espiritual; porquanto, aquilo que suamos obrando em orações, jejuns e consagrações, o inimigo com os seu ardis furta os seus frutos sorrateiramente sem que percebamos os seus nefastos estragos.

A palavra do Senhor nos mostra que o nosso espírito está pronto, mais a carne é fraca. Aproveitando-se das nossas fraquezas ele irá ofertar uma mesa irrecusável, a qual depois de consumada dá a luz ao pecado e com isso o seu pagamento pela lei da semeadura.

Aquilo que é agradável aos olhos pode ser letal para o espírito.

UMA HISTÓRIA VERÍDICA
Um determinado ministrante em uma aula teológica trouxe para um teste ao vivo com seus alunos, um experimento mudo, o qual compunha-se de duas maçãs bem distintas, colocadas na vitrine dos olhos, encima de uma classe escolar:

A primeira, era uma maçã simples, pequena, colocada em cima de um vasinho de barro.

A segunda, era uma maçã volumosa, lustrosa, colocada em cima de uma taça acrílica.

O ministrador nada dizia, apenas observava o comportamento de todos quantos se aproximavam para apreciar as frutas expostas.

A atração visual da volumosa e lustrosa maçã captava-lhes a atenção, despertando-lhes o desejo de saborear aquela suculenta fruta.

A maçã pequena e simples, encima do vaso de barro não sofrera sequer nenhuma atenção desejosa. Ela fora esquecida, como esquecidos são os humildes de coração.

A ficha custou a cair, pois era parcialmente aceito que o belo não atraia a atenção dos olhos daqueles que estavam no caminho do Senhor Jesus Cristo.

Aquele experimento os trouxe a realidade que falar é fácil, cumprir aquilo que queremos cumprir, e que o coração não nos deixa, é outra coisa bem diferente. É o mesmo que o que quero não faço e o que faço não quero, dito pelo apóstolo Paulo

As maçãs fora sorteadas e o exemplo ficou bem claro que enganoso é coração mais do que todas as coisas.

AS MAÇÃS DE AMOSTRA
Quando será que eu, (nós) até sem sabermos estamos sendo as maçãs de amostra?

Quando será que através da exposição corporal não estamos sendo a volumosa e lustrosa maçã do experimento da aula teológica?

Será que não estamos querendo ser o objeto para despertar desejo ao próximo quando mostramos a túnica manchada pela carne, com o brilho deste mundo?

O CULTO AO SENHOR PODERÁ ESTAR PERDENDO OS SEUS EFEITOS?
Quando adentramos a casa do Senhor para prestar-lhe o devido culto, estamos imbuídos especialmente para que ELE cresça e que eu diminua. Que é na humildade e na coletividade que se alcança o êxito de ser um cidadão (ã) do reino de Deus.

No momento que quero ser o que não devo, atraindo para mim os olhares indevidos, estou tirando o objetivo do culto que é olhar para o autor e consumador de minha fé, mas sendo a pedra de tropeço, atraindo a atenção de muitos, desviando-os do Senhor Jesus Cristo.

O TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO
Certamente que não fomos chamados para sermos escolhidos pelo Senhor, para sermos a figura da vez, mas sim para sermos o Templo do Espírito Santo ( I Corintios 3: 16-17; 6:19-20; II Coríntios 6: 14-20; I Pedro 2: 5; ...).

Conquanto, cabe-nos lembrar-nos que não foi com prata ou com ouro que nos comprou Jesus, mas com o seu sangue vertido lá na cruz. Nós que somos salvos vamos sem temer, sempre por seu sangue e o mal vencer.

Do que adianta não querer ser o Templo do Espírito Santo para ganhar o mundo inteiro, se com isso perder a minha alma?

O BRILHO DO MUNDO
O mundo sempre está com a sua moda certa para atrair as pessoas erradas. O mundo sempre trará daquilo que lhe é próprio para desvirtuar através da vitrine dos olhos o crente no Senhor Jesus Cristo: 

1 João 2:16 Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. 


2:17 E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre. 

OS INIMIGOS DE DEUS E OS AMIGOS DELE
A amizade com o mundo através de suas concupiscências trará inapelavelmente a inimizade contra Deus:


Tiago 4:4 Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.

O MUNDO TRÁS A CONTAMINAÇÃO E A SANTIDADE A PURIFICAÇÃO

O ser santo, porque Santo ELE é, afunila a salvação, separando o santo do profano, o precioso do vil e aquele que é do que não é.

Infelizmente muitos serão os chamados, mas poucos os escolhidos, pois não há como servir a dois senhores.

Só a procura da santificação e da paz com todos é que nos encaminhará para a salvação; e com isso, a separação do mundo para sermos amigos do Senhor


sexta-feira, 23 de maio de 2014

PR MARCOS FELICIANO - ELE VOLTOU!


ELE VOLTOU
Foi com grande alegria que encontramos o vídeo de uma pregação do Pr. Marcos Feliciano na igreja Assembléia de Deus em Comburiu (2014) predicando do jeito que predicava antes.



O tempo passou e as experiências humanistas no adequar a palavra ao nosso modo de vida e não adequar a nossa vida a palavra foi-nos uma escola, onde se voltarmos novamente a este triste experimento estaremos irremediavelmente condenados diante do Senhor da glória.

Reconhece o pastor que um dos seus maiores erros foi quando lutou pela liberação da TV para membresia da igreja e conseguiu, dando no que deu.

Em muitos outros artigos este blog discorreu sobre o efeito subliminar nocivo a existência da família na terra, orquestrado pelos propósitos do seu manipulador midianita. Onde até discorremos que pleitos foram vencidos através da tática subliminar (um dos tantos outros artigos do blog "O outro lado da meia noite"); que a moda era movida por ela; que tudo tinha um fim determinado pelo manipulador oculto.

Diz o Pastor Marcos Feliciano que: "A igreja do Senhor Jesus Cristo precisa tomar vergonha na cara (perdemos o senso do biblicamente correto);  que perdemos a unção (há inúmeros artigos neste blog sobre o tema);  falando dos nossos filhos e da sua virgindade; e que deveríamos recomeçar a vida cristã mexendo no nosso guarda roupa; que o nosso altar está cheio de... (é melhor ver o vídeo da pregação)".



Já se ouve o rumor de um novo avivamento.

segunda-feira, 19 de maio de 2014

DEUS NÃO HABITA EM TEMPLOS FEITOS PELAS MÃOS DE HOMENS


QUE CASA ME EDIFICAREIS VÓS?

Nos preocupamos com a suntuosidade dos templos físicos, com todos os seus comodismos e com a sua lotação; no entanto, estamos nos esquecendo que tudo isto são coisas para os olhos verem, se dentro deles não estiverem pessoas imbuídas de adorá-lo na beleza de Sua Santidade.

ATOS 7:49 O céu é o meu trono, E a terra estrado dos meus pés. Que casa me edificareis? diz o Senhor, Ou qual é o lugar do meu repouso? 

ISAÍAS 66 : 1ASSIM diz o SENHOR: O céu é o meu trono, e a terra o escabelo dos meus pés; que casa me edificaríeis vós? E qual seria o lugar do meu descanso?


Por mais comoda que seja a casa, ela não passará de uma mera casa vazia, pois quem a enche somos nós com a presença Dele. Porquanto somos nós o templo do Espírito Santo.




OS QUATRO TIPOS DE TEMPLOS


- O PRIMEIRO TEMPLO é o Templo dos templos é o Senhor Jesus Cristo o qual é o templo modelo para ser copiado, aprendendo Dele que é humilde a manso de coração:




JOÃO 2:19 Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei. 


JOÃO 2:21 Mas ele falava do templo do seu corpo.



- O SEGUNDO TEMPLO somos NÓS os quais NÃO PERTENCEMOS MAIS A NÓS MESMOS:


I CORÍNTIOS 3:16 Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? 

3:17 Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo. 


I CORÍNTIOS 6:19 Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? 


6:20 Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus


UM TEMPLO DE PEDRAS VIVAS E SACERDÓCIO SANTO

Todo o templo erigido ao Senhor tem medidas, formas e figuras. Nada pode ser feito se não há um projeto, uma determinação para um só objetivo.

As medidas espirituais para que sejamos templos do Senhor são as DOUTRINAS DE SALVAÇÃO na  justificação, regeneração, adoção e santificação para glorificação.

1 Pedro 2:5 Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo.


Só um adorador temente ao Senhor aplica-se em conhecê-lo na beleza Sua Santidade buscando para si uma comunhão estreita com o criador através da sua palavra, jejum e oração.



Há uma banalização ideológica generalizada naquilo que tange as coisas fundamentais exigidas pelo Senhor para que se alcance o êxito da salvação.



Aquilo que me satisfaz a boa vida na ótica terrena, é aquilo que é nos colocado ou é que colocamos em evidência no mundo de então.



Não nos é dito ou não dizemos nós em alto e bom som que: "PARA ESTARMOS COM O SENHOR JESUS CRISTO É PRECISO SER SANTO, PORQUE SANTO ELE É".



I Pedro 1:15 Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; 

1:16 Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo


Se não nos envergonharmos para buscarmos o Senhor, e pela sua palavra fazer a Sua vontade, nunca saberemos a forma e a figura da casa (espiritual); das suas saídas (boca) e das suas entradas (olhos e ouvidos). Porque, nós como casa espiritual do Senhor, temos que ser achados irrepreensíveis para a vinda do Senhor Jesus Cristo em ESPÍRITO, ALMA E CORPO (I Tes. 5:23).



EZEQUIEL 43:11 E, envergonhando-se eles de tudo quanto fizeram, faze-lhes saber a forma desta casa, e a sua figura, e as suas saídas, e as suas entradas, e todas as suas formas, e todos os seus estatutos, todas as suas formas, e todas as suas leis; e escreve isto aos seus olhos, para que guardem toda a sua forma, e todos os seus estatutos, e os cumpram.


- O TERCEIRO TEMPLO
É a nossa casa, pois templo\igreja do Senhor Jesus Cristo antes de irmos para casa física, o local de adoração daquele que vive e reina para todo o sempre, é o nosso lar.

Nós, pela palavra do Senhor, temos que ser santos de toda a nossa vã maneira de viver, e não somente quando estamos na casa do Senhor, mas em todos os lugares por onde andamos, temos que sermos testemunhas de Cristo.


I Pedro 1:16  Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.

17  E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor, durante o tempo da vossa peregrinação,

18  Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais,

19  Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,

Porquanto, Josué disse: "EU E A MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR". (Josué 24:15)

É mediante a fé no Senhor Jesus que eu e a minha casa serviremos ao Senhor Atos (16:31)


- O QUARTO TEMPLO

Este é o edifício físico\material construído para adoração ao nosso Deus.

Porquanto, ele é chamado casa de oração. (Mateus 21:13)

Portanto, devo guardar o meu pé quando for entrar na casa do Senhor. (Eclesiastes 5:1)

Porque, deverá ser um motivo de alegria quando formos na casa do Senhor. (Salmo 122:1).

CONCLUSÃO:
Em todos os templos nós deveremos ser casa do Senhor Jesus Cristo; uma casa de oração; uma casa que guarda o seu pé pela sua palavra por onde anda, por isso é um motivo de alegria ser a casa do Senhor, pois nós quando estivermos reunidos formamos a casa Dele para o adorá-lo na beleza da sua santidade.

"Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles."  (Mateus 18 : 20)

Portanto, não é no templo de Jerusalém ou o de Samaria o primeiro templo a ser escolhido por Ele para que o adoremos; porque, os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em Espírito e em verdade.


JOÃO 4:19  Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta.


20  Nossos pais adoraram neste monte (Samaria), e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar.

21  Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai.

22  Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus.

23  Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

24  Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

FOI DEUS QUE NOS FEZ
E Ele nos escolheu para sermos a casa Dele, o templo do Espírito Santo. A morada do Eterno segundo a sua palavra é o nosso coração.

Que casa estamos edificando para Ele?

Será pensamos em sermos casa Dele só quando vamos ao templo reverenciá-lo ou será que temos fazê-lo sómente quando vamos ao templo físico\material?

Estamos nos enganando a nós mesmos quando vivemos de uma maneira fora do edifício construído para adorá-lo, quando os adoradores somos nós mesmos.

1 Pedro 2:5 Vós também, como pedras vivassois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo.

I CORÍNTIOS 3:16 Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? 

3:17 Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo. 


I CORÍNTIOS 6:19 Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? 


6:20 Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus


O SENHOR NÃO HABITA EM CASA FEITA PELAS MÃOS DOS HOMENS, MAS NA CASA QUE ELE FEZ PARA SUA MORADA QUE É DENTRO DE NÓS.

quinta-feira, 8 de maio de 2014

O ENCOBERTO E O ESCONDIDO

"Portanto, não os temais; porque nada há encoberto que não haja de revelar-se, nem oculto que não haja de saber-se."  (Mateus 10 : 26)

"Porque nada há encoberto que não haja de ser manifesto; e nada se faz para ficar oculto, mas para ser descoberto."  (Marcos 4 : 22)

Para o Senhor há um tempo determinado para todas as coisas. Nada é aquém ou além deste versado tempo bíblico.

A palavra divina nos diz que os olhos do Senhor são como chamas de fogo que percorrem a terra esquadrinhando corações e entendendo até as imaginações dos pensamentos.

Entre o tempo de nascer e o de morrer existe determinado pelo Senhor o tempo de viver. E neste tempo, o chamado tempo de viver para o Senhor, foi-me dado a escolha do viver para o Senhor Jesus Cristo através de sua palavra ou morrer sem Ele ao negá-la.

Teria que fazer uma só escolha e um só caminho; a do caminho largo ou a do estreito. Não poderia ficar entre os dois extremos em uma faixa intermediária chamada o caminho do meio. Não optando pelo caminho quente (fervente, vida) ou o do frio (gêlo, morte), mas o da mornidão.

"Não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor;"  (Romanos 12 : 11)

Não estamos falando de experiências de vidas  alheias, mas sim da nossa própria vida.

Recebemos do Senhor sonhos admoestativos não só nossos, mas também de outrens.

Quem coloca a mão no arado não pode olhar para trás; porque, o justo viverá da fé, e se ele recuar a minha alma não tem prazer nele.

Quantas vezes não queremos no dito popular empurrar com a barriga uma raíz de amargura, se a palavra do Senhor nos diz que antes de deixar a tua oferta sobre o altar, vai ter com o teu irmão e te conserta com ele, e depois deposita a tua oferta no altar.

UMA HISTÓRIA REAL

Em certo dia viajávamos a trabalho, onde discorríamos sobre um estudo bíblico, quando o Senhor se fez presente ao dizer em alto e bom som: "NÃO USEM O MEU ALTAR SEM CONSERTO", pois falávamos sobre o versículo bíblico supra-citado. A confirmação veio como um trovão em nossos ouvidos, abalando os nossos corações.

Como posso amar a Deus a quem não vejo, se não amo o meu irmão (ã) a qual vejo?

Do que adianta a inverdade de dizer que amo a meu irmão se na verdade o persigo, detesto e falo mal dele?

Estou perdendo o meu tempo e o Senhor o Dele comigo se quero empurrar para debaixo do tapete uma história amarga mal resolvida. De maneira nenhuma poderei usar o altar que é santo "SE" desprezo a "A" ou a "B".

Ou busco DE TODO O CORAÇÃO a PAZ com TODOS e SANTIFICAÇÃO, sem a qual ninguém verá o Senhor ou despeço-me da vida espiritual com Cristo, para entrar na vida infernal com o outro?

Por certo, há dois caminhos e uma só escolha!

O ENCOBERTO E O ESCONDIDO
Da mesmíssima forma, se temos alguma coisa escondida a qual queremos encobrir dos nossos ente-queridos; daqueles que nos cercam ou do pastor, mas do Senhor nós não escondemos.

Se algo está escondido ou encoberto no meu coração e não trouxer para luz, certamente ficarei sem o Senhor Jesus Cristo.

Todo aquele que se arrepende, confessa e deixa, alcança misericórdia.

Portanto, é tempo de conserto com Deus e com o próximo. Porquanto, do que adianta "eu" ganhar o mundo inteiro e as falsas benesses que a vida sem conserto pode me oferecer se vou perder a minha alma?Pois é o caminho que sigo, nas coisas que escolho, que determinarei o meu fim.


TRÊS CAMINHOS SEM VOLTA

O conselho dos ímpios (negam a palavra de Deus); o caminho dos pecadores e a roda dos escarnecedores.


"BEM-AVENTURADO o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores."
(Salmos 1:1)

PORQUE:

O que eu era tem que fazer parte de um passado distante; tem que haver a transformação da velha para uma nova criatura.

Posso fazer todas obras da fé que existe, mas, se não tiver amor de nada me adiantará. 

Porquanto, é pelo amor que entrego a minha vida ao Senhor Jesus Cristo e ele a aperfeiçoará (Filipenses 1:6) até o dia da sua vida na lavagem da água pela palavra (Efésios 5:26).

CONCLUSÃO:
O encoberto e o escondido irão testemunhar contra nós no dia decisivo da decisão do se fico neste mundo vivo ou morto, e ou do se vou com o Senhor Jesus Cristo, "SE" não houver a regeneração do que estava encoberto ou escondido.

Posso ter as obras, mas não verei a Deus, pois sem a regeneração não há transformação tão necessária para a santificação e glorificação.

"Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo," (Tito 3:5)


sábado, 3 de maio de 2014

PORQUE ELE VIVE POSSO CRER NO AMANHÃ

Assistindo aos Gideões Missionários da Última Hora de 2014, quanto em tal momento louvava ao Senhor uma cantora com o hino "Porque Ele vive posso crer no amanhã" em que algo aconteceu:

O Espírito Santo e a unção Dele proveniente, inebriou-nos a alma com a lembrança de que há um Senhor cuja promessa excede a compreensão humana.

Não tem lógica (hino cantado após) pela ótica humana as coisas que ELE faz, pois opera aonde nenhuma ciência ou a filosofia humana pode operar.

Ele opera na faixa do impossível para as possibilidades humanas; aonde o cativo do vício e o desenganado pela medicina já estão com o veredito de morte certa, Ele vai recupera, cura e transforma.

Não há limites para um Senhor que é ilimitado; não há barreiras que o possam impedir de agir, pois operando ELE quem impedirá?

Ele levanta o caído e abate o soberbo; trás de Lo-Debar o esquecido e leva ao esquecimento o medalhão.

Ele abre a porta que está lacrada (fechada) e lacra aquela que quer fechar. Nada pode impedir as suas promessas, pois não é homem para que minta e nem filho do homem para que se arrependa.

A sua glória a ninguém a dá; porque, ELE é o Senhor e este é o seu nome. No entanto, deixa para nós a alegria da sua operação.

PORQUE ELE VIVE POSSO CRER NO AMANHÃ
Sem esta promessa do seu agir, porque está vivo, não teríamos esperança nenhuma.

Sem a sua ressurreição ficaríamos reféns da vontade humana; das suas influencias e da sua injustiça.

Porque Ele vive posso crer que se o choro pode durar uma noite, no entanto, a alegria virá pela manhã. Muito embora a noite seja longa, posso crer que um dia uma nova aurora irá brilhar em nossas vidas.

Porque Ele vive posso crer na salvação de almas e na existência de vida de eternidade em eternidade com o Seu Filho amado em celeste pátria, no milênio e nos tempos que nunca terão fim.

Porque ELE VIVE E REINA PARA TODO O SEMPRE posso crer que o JUSTO VIVERÁ DA FÉ. 

sexta-feira, 2 de maio de 2014

TUDO É UMA QUESTÃO DE ESCOLHA

Ser ou não ser ou o que irei escolher?

Se a escolha for boa, boa será a resposta; mas se acaso for má, má será a proposta. Dependendo daquilo que me proponho, ganharei ou perderei esta aposta.

A vida é feita de escolhas; nas escolhas está o nosso futuro; porquanto, nos é deixado, com zelo e muito cuidado, escolher o caminho seguro.

Nas esquinas desta vida, há momentos de decisão, se vou para a direita ou sigo na contramão.

Haverá sempre dois caminhos, num deles a nossa opção; se sigo levando a vida, do jeito que me é querida ou a doo e a nego na troca por salvação.

UMA HISTÓRIA
O homem passa boa parte da sua vida a estragando e a outra tentando consertar. Muitos só procuram o conserto quando esta já está nos meados do seu fim.

Só a dor faz nós refletirmos sobre os tempos até então vividos. Só quando os nossos recursos estão a beira do colapso é que entendemos que tudo o que buscamos não fizeram nenhum sentido, pois os resultados são um produto muitas vezes de dor e de desilusão.

O caminho o qual tenho escolhido descreverá o meu destino.

A minha e tua história somos nós que a escrevemos. Tudo está nas nossas mãos pelo simples dote divino da livre escolha.

A vitória ou a derrota estão no campo das escolhas as quais fizemos.

São pelos nossos frutos que somos observados, conhecidos, seguidos ou execrados. Ainda é pelos seus frutos que se conhece a árvore.

Não pode uma árvore má produzir bons frutos e nenhuma árvore boa produzir maus frutos. Porquanto, de uma fonte não pode emanar duas águas.

Aquilo que plantamos é daquilo que vamos colher.

O que temos plantado é a lavoura que irá ser observada, provada, aprovada ou reprovada.

O VALE DA DECISÃO
Estamos na esquina de nossas vidas, pois a vinda Daquele que vive e reina eternamente se aproxima da sua consumação.

Muitas vezes é no VALE DA DOR que fizemos a escolha de viver para o Senhor Jesus Cristo, a qual  temos postergado em prol de uma vida espraiada nas benesses da carne. 

Há dois caminhos e uma só escolha. Não temos como servir a dois senhores; porquanto, NÃO HÁ CAMINHO DO MEIO.

Esta máxima determinada pelo Escriturado Bíblico exemplifica que somos frios (afastados de Deus) ou quentes (comungados com Deus), e jamais mornos, em uma fase intermediária a qual  é inexistente na concepção da vontade divina.

Há uma fundamental separação do próprio e do impróprio; do puro e do impuro; do precioso e do vil, e do santo para o profano. O que pertence a um reino não pertence ao outro.

Distingue-se um caminho do outro pela diferença estampada no semblante, na maneira de andar, falar e no agir.

Se sou misto (mestiço/samaritano), caracterizado entre dois extremos,  serei citado como morno ou porfiante pelo caminho do meio.

Há que se fazer uma escolha, e nela registrar a nossa história em um dos livros da vida eterna com o Senhor Jesus ou no sofrimento com o outro.

Está nas minhas e nas suas mãos fazermos escolha adequada, pois próximo está o vale da decisão (não a reservada para o povo israelita do profeta Joel).

O SENHOR JESUS CRISTO É A ESCOLHA CERTA
Se o escolho, tenho que negar a mim mesmo para que não viva mais eu, mas ELE viva em mim. Tenho que abandonar o mundo mesmo vivendo nele.

Tenho que reconhecer que sou peregrino nesta terra, a qual estou só de passagem com o devido fim de resgatar almas preciosas para o Reino de Deus.

Não olho para a direita e nem para esquerda, mas olhando firme para o alvo, o qual é o Senhor Jesus Cristo a escolha certa.

Não sigo o conselho dos ímpios e nem me assento na roda dos escarnecedores, mas antes tenho meu prazer na lei do Senhor a qual medito de dia e de noite.

Conquanto, estaremos como árvores plantadas a beira do ribeiro que provém do trono da graça de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo; dando o fruto no seu tempo para saciar a fome e a sede daquele que está a beira do abismo e espera de nós uma palavra de vida eterna com Cristo.

SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO?