sábado, 28 de junho de 2014

DEUS SÓ QUER O MEU CORAÇÃO?

Revendo lições bíblicas passadas (I João, página 7 - 2009), deparei-me com o auspicioso comentário do escritor da lição de então; o qual trás ao lume o jargão que mais se ouve nos dias de hoje: "DEUS SÓ QUER O MEU CORAÇÃO".

Por figura, a sede dos nossos sentimentos é o coração, e é nele que reside a nossa alma.

SE DEUS quer só o nosso coração, desprezados estão os nossos espíritos e corpos?

Portanto, se assim fosse, o espírito "não" volta a Deus que o deu, e nem o corpo voltará da sepultura para ser transformado na vinda do Senhor Jesus Cristo.

Não teremos que responder pela consciência do erro, e nem pelos arroubos da carne.

Porquanto, suprimir aquilo que é o nosso problema (carne) é mais fácil do que consertar e colocar-nos no caminho da santidade?

Há uma pretensa manobra do deus deste século de obscurecer a verdade para propagar a inverdade; conquanto, neste intento, o êxito desta empreitada está assegurado, com às almas no caminho do seu reino.

O COMENTÁRIO DA LIÇÃO BÍBLICA:
Ainda hoje há pessoas que se enganam com a FALSA PREMISSA de que Deus quer apenas o coração

Não só o apóstolo João, mas Paulo também lutou contra UMA FALSA DOUTRINA semelhante.

Ele nos adverte: O CORPO É O TEMPLO DO ESPÍRITO (I Coríntios 6.19; conforme I Coríntios 3.16), e SEREMOS JULGADOS por tudo aquilo que fizermos por meio do corpo, bem ou mal (II Coríntios 5.10).

A Bíblia nos adverte ainda que, para a vinda do Senhor, devemos manter irrepreensíveis, ESPÍRITO, ALMA E CORPO.

Comentário: Pr. Eliezer de lira e Silva

Consultor Teológico: Pr. Antônio Gilberto.


O ESTADO DA ALMA
A alma depende do espírito, porque o espírito é o guardião da alma e a alma é refém do espírito.

Explica-se:

A comunhão e a comunicação com Deus dá-se do Espírito Santo com o nosso espírito, onde a alma\coração recebe os benefícios que irão refletirem no corpo e nas suas atitudes (obras, frutos).

Se o espírito que em nós está não for o divino, a alma irá receber os malefícios os quais irão refletir no corpo e nas atitudes dele (obras, frutos).

Como pode então Deus querer só o meu e o teu coração se as entradas para ele (olhos e ouvidos) estão no corpo?

Não há dúvida nenhuma que é o nosso coração\alma que precisa ser transformado, pois é nele que estão os sentimentos e identidade. No entanto, isto só irá acontecer se o nosso espírito permitir tal benefício, o qual o corpo será o espelho.

VAMOS SER JULGADOS POR AQUILO QUE FIZERMOS ATRAVÉS DO CORPO

Certamente não é nós que julgamos, mas a palavra por si nos julga. Também está claro que estamos na dispensação da graça e que o Senhor Jesus Cristo é o nosso advogado junto ao Pai. No entanto, nunca devemos esquecer que um dia Ele virá como juíz e julgará a cada um de nós segundo às nossas obras QUE FIZERMOS ATRAVÉS DO NOSSO CORPO:

"Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal."  (II Coríntios 5 : 10)

"Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo."  (I Coríntios 3 : 17)


"Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado".(I Coríntios 9:27)

Quantos serão reprovados pelo mau uso do corpo?

CONCLUSÃO:
Dezenas de textos Bíblicos levam para o mesmo contexto: "Será assassinato ideológico dizer que Deus só quer o meu coração".

É irrevogável por expecificação divina que temos que sermos santos, porque Santo Ele é; e que esta santificação é de TODO O NOSSO ESPÍRITO, ALMA E CORPO (I Tes. 5.23); pois este último é o TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO (I Cor. 3.16,17; 6.19,20).

Ainda é tempo de nos concientizar que a premissa de que Deus "SÓ QUER" o meu e o teu coração é falsa.

Ainda é tempo de achegar-nos a Deus e Ele se achegará a nós.


segunda-feira, 16 de junho de 2014

A TEOLOGIA DA MAÇÃ

UMA HISTÓRIA VERÍDICA
Um determinado ministrante, em uma aula teológica, trouxe para um teste ao vivo com seus alunos, um experimento mudo, o qual compunha-se de duas maçãs bem distintas, colocadas encima de uma classe escolar, na vitrine dos olhos:

A primeira, era uma maçã simples, pequena, colocada em cima de um vasinho de barro.

A segunda, era uma maçã volumosa, lustrosa, colocada em cima de uma taça acrílica.

O ministrador nada dizia, apenas observava o comportamento de todos quantos se aproximavam para apreciar as frutas expostas.

A atração visual da volumosa e lustrosa maçã captava-lhes a atenção, despertando-lhes o desejo de saborear aquela suculenta fruta.

A maçã pequena e simples, encima do vaso de barro não sofrera sequer nenhuma mensão desejosa. Ela fora esquecida, como esquecidos são os humildes de coração.

A ficha custou a cair, pois era parcialmente aceito que o belo não atraia a atenção dos olhos daqueles que estavam no caminho do Senhor Jesus Cristo.

Ficou explicitamente claro que entre a fruta simples e a volumosa embelezada, a simples é a rejeitada.

Que o desejo é e foi despertado atrativamente pelo visual dos contornos do volume e na beleza da fruta exposta.

Que a propaganda é a alma de todo o négócio; pois o segredo está na beleza atrativa da embalagem vizualizada.

Mesmo que o seu interior seja amargo ao paladar, o que importa secularmente é a beleza exterior.

Aquele experimento os trouxe a realidade que falar é fácil, cumprir aquilo que queremos cumprir, e que o coração não nos deixa, é outra coisa bem diferente. É o mesmo que o que quero não faço e o que faço não quero, dito pelo apóstolo Paulo

As maçãs fora sorteadas e o exemplo ficou bem claro que enganoso é coração mais do que todas as coisas.

AS MAÇÃS DE AMOSTRA
Quando será que eu, (nós) até sem sabermos estamos sendo as maçãs de amostra?

Quando será que através da exposição corporal não estamos sendo a volumosa e lustrosa maçã do experimento da aula teológica?

Será que não estamos querendo ser o objeto para despertar desejo ao próximo (propagando) quando mostramos a túnica manchada pela carne (embalagem), com o brilho deste mundo?

O CULTO AO SENHOR PODERÁ ESTAR PERDENDO OS SEUS EFEITOS?
Quando adentramos a casa do Senhor para prestar-lhe o devido culto, estamos imbuídos especialmente para que ELE cresça e que eu diminua. Que é na humildade e na coletividade que se alcança o êxito de ser um cidadão (ã) do reino de Deus.

No momento que quero ser o que não devo, atraindo para mim (pela embalgem) os olhares indevidos, estou tirando o objetivo do culto que é olhar para o autor e consumador de minha fé, mas sendo a pedra de tropeço, atraindo a atenção de muitos, desviando-os do Senhor Jesus Cristo.

O TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO
Certamente que não fomos chamados para sermos escolhidos pelo Senhor, para sermos a figura da vez, mas sim para sermos o Templo do Espírito Santo ( I Corintios 3: 16-17; 6:19-20; II Coríntios 6: 14-20; I Pedro 2: 5; ...).

Qual seria a embalagem adequada, não só na igreja, mas em todos os lugares por onde anda daquele (a) que é o TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO?

Conquanto, cabe-nos lembrar-nos que  PARA SERMOS O TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO não foi com prata ou com ouro que nos comprou Jesus; mas com o seu sangue vertido lá na cruz. Nós que somos salvos vamos sem temer, sempre por seu sangue e o mal vencer.

Do que adianta não querer ser o Templo do Espírito Santo para ganhar o mundo inteiro, se com isso perder a minha alma?

O BRILHO DO MUNDO
O mundo sempre está com a sua moda certa para atrair as pessoas erradas (cristãos). O mundo sempre trará daquilo que lhe é próprio para desvirtuar através da vitrine dos olhos o crente no Senhor Jesus Cristo: 

1 João 2:16 Porque tudo o que há no mundoa concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. 


2:17 E o mundo passa, e a sua concupiscênciamas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre. 

OS INIMIGOS DE DEUS E OS AMIGOS DELE
A amizade com o mundo através de suas concupiscências trará inapelavelmente a inimizade contra Deus:


Tiago 4:4 Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.

O MUNDO TRÁS A CONTAMINAÇÃO E A SANTIDADE A PURIFICAÇÃO

ser santo, porque Santo ELE é, afunila a salvação, separando o santo do profano, o precioso do vil e aquele que é do que não é.

Infelizmente muitos serão os chamados, mas poucos os escolhidos, pois não há como servir a dois senhores.

Só a procura da santificação e da paz com todos é que nos encaminhará para a salvação; e com isso, a separação do mundo para sermos amigos do Senhor


quinta-feira, 12 de junho de 2014

A TERCEIRA VISÃO

JOÃO 3:5  Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.

O mundo literal tem o seu governo ou é governado no meio espiritual.

Nada acontece sem que Deus permita, pois deu ao seu Filho amado todo o poder nos céus e na terra, para que governe como o excelso Rei dos reis e Senhor dos senhores.

Há quem entregue a sua vida a Deus, e outros ao outro. Assim todas as coisas são definidas no mundo espiritual, com ou sem o Senhor Jesus Cristo.

Se eu não nascer da água e do Espírito, não posso entrar no reino de Deus; e isto é cabal. 

Poderemos até COMO IGREJA termos sido nascidos da água pelo batismo, mas muitas vezes não  somos purificados por ela, para nos santificar, com a lavagem da água pela palavra:

EFÉSIOS 5:26  "Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra,"

Porquanto, é a palavra da verdade que nos limpa e nos purifica, nos tornando novas criaturas, morrendo pro mundo e nascendo para o Senhor Jesus Cristo.

JOÃO 17:17  Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.

NO ENTANTO, se não nasço do Espírito, para ser guiado por ele, fazendo a Sua vontade, não adianta ter nascido da água (batismo), pois de maneira nenhuma entrarei no reino de Deus.

AS VISÕES
No mundo secular diz-se que primeiro é visão literal; que segundo é a visão do conhecimento e que terceiro é a visão espiritual, e ou seja que: "A terceira visão é a espiritual".

No reino divino a visão espiritual é a primeira, pois está baseada na fé no Senhor Jesus Cristo e nas suas promessas de vida eterna a todo aquele que Nele crê. Porquanto, "Está Escrito" que o justo viverá da fé, e se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele.

Conquanto, tudo é possível a aquele que crê.

"ORA, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem."  (Hebreus 11 : 1)

Para que a visão espiritual tenha os seus efeitos precisamos fechar os olhos literais para as coisas deste mundo. Quem não não fecha os olhos físicos para não ver o mal, de maneira nenhuma entrará no reino de Deus (Isaías 33:15).

Sem dúvida nenhuma que é através dos olhos físicos é que se dá asas aos mais variados tipos de pecados. Porquanto, as duas principais entradas para alma são os olhos e os ouvidos (é claro que podemos até incluir de uma certa maneira o nariz).

O cego de nascença de João (9) era inocente, pois além de crer em Deus, ele não via, e por isso não era contaminado pelas coisas deste mundo.

Quando se aguça, se fixa os olhos no mundo, passa-se a ser refém dele nos seus ditames, modas e afins. É nesta condição condição que contra-pomos o Salmo 1.

O deus DESTE SÉCULO ESTÁ CEGANDO O ENTENDIMENTO PARA ENCOBRIR A VISÃO ESPIRITUAL 

Se não quero ver o que é tão óbvio pelas Sagradas Escrituras, passo a ser um cego espiritual, querendo até guiar outros cegos para o abismo:

"E dizia-lhes uma parábola: Pode porventura o cego guiar o cego? Não cairão ambos na cova?"  (Lucas 6 : 39)

Ainda em João (9) no caso do cego de nascença, assim disse o Senhor Jesus Cristo a aqueles que não queriam vê-lo espiritualmente (fariseus):

"E disse-lhe Jesus: Eu vim a este mundo para juízo, a fim de que os que não vêem vejam, e os que vêem sejam cegos."  (João 9 : 39)

O deus deste século está cegando a nossa visão espiritual, nos tirando o entendimento através dos seus engôdos.

II CORÍNTIOS 4:2 pelo contrário, rejeitamos as coisas ocultas, que são vergonhosas, não andando com astúcia, nem adulterando a palavra de Deus; mas, pela manifestação da verdade, nós nos recomendamos à consciência de todos os homens diante de Deus.

3 Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, é naqueles que se perdem que está encoberto,

4 nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.

5 Pois não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus como Senhor; e a nós mesmos como vossos servos por amor de Jesus.


6 Porque Deus, que disse: Das trevas brilhará a luz, é quem brilhou em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus na face de Cristo.

de uma coisinha aqui e outra ali não faz mal algum, e o pouquinho de fermento vai levedando toda a massa, como as pequenas raposinhas estão comendo toda a vinha.

CONCLUSÃO:
Saulo quando teve um encontro com o Senhor Jesus Cristo na estrada para Damasco, ele viu uma grande luz, ouviu a voz do Senhor Jesus Cristo e ficou cego por três dias.

Nestes três dias ele orou ao Senhor e jejuou, até que Ananias fosse orar por ele a mando do Senhor Jesus Cristo, tirando-o da cegueira.

O mundo do judaísmo não fora mais visto por Saulo como seu meio de vida. Ele não era mais contraditor do Senhor Jesus Cristo, mas sim servo Dele.

Nós da mesmíssima maneira precisamos ter um encontro com o Senhor Jesus Cristo, para ver uma grande luz, ouvir a voz Dele e ficarmos cegos para o mundo, para nos tornar servos do Senhor.

Precisamos orar e jejuar ao Senhor para ter esse encontro com Ele; e pela grande luz da Sua palavra sairmos da cegueira espiritual; nascendo do Espírito e com isso sermos guiado por Ele para adentrarmos no reino de Deus pelas portas da Sua palavra.

"Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito."  (João 15 : 7)


E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. (Romanos 12:2)


sexta-feira, 6 de junho de 2014

FAMÍLIA - A INSTITUIÇÃO DIVINA NA BERLINDA DE SUA EXISTÊNCIA

Gerações e gerações se passaram; espécimes que dantes viviam nas pradarias da vida, hoje só são vistas nas gravuras da história, e na memória dos abnegados saudosistas destas.

Quem não lembra da última ararinha azul voando solo até não ser mais vista? - As que ainda restavam estavam em cativeiro em diversos outros países.

Desconhecemos se o projeto da repatriação, multiplicação e recolocação foi avante; porque, se foi, mostra-nos que enquanto há vida se tem a esperança de um novo alvorecer.

A depredação ambiental e a caça indevida é o gatilho que abate sem dó espécimes que já se extinguiram, e outras que estão na UTI de sua existência natural.

A FAMÍLIA
Do mesmo modo, o ambiente inóspito e hostil a qual vive a sociedade familiar é o meio que a levará um dia ao colapso existencial.

A mídia tendenciosa e imoral tem sido um dos grandes predadores destrutivos da maior sociedade  divina.

Certos programas, novelas, filmes e assemelhados, são os agentes nefastos e impercebíveis que abalam as estruturas que sustentam a união, comunhão e conservação dos elos familiares.

Os valores do amor conjugal; do amor fraternal, tem sido bombardeado por uma programação voltada para sensualidade, prostituição, traição e corrupção. O mal caráter é evidenciado, e o bom é descaracterizado.

Na separação incentivada do casal os filhos é que se dão mal; porquanto, há uma troca de parceiros, mais os filhos não podem trocar de pais.

Raramente há exemplos de filhos com pais trocados que não tenham problemas com estes, os levando a traumas que podem perdurar a vida toda ou até a extinção dela.

Quantos filhos pela satisfação dos pais não estão nas ruas, nas drogas e na prostiuição? - Quantos não estão sendo vitimados pelo desleixo, pela rejeição e pelo abandono?

Se não tiverem a mão divina a dirigir-lhes os tirando deste modelo degenerativo familiar, que tipo de sociedade e família poderão um dia constituir?

Vidas estão se tornando amantes de si mesmas em suas vaidades, e o próximo é o que paga a conta.

A TECNOLOGIA
Computadores, tablets, celulares e assemelhados são os grudes que colam nas mãos e ouvidos da infância, adolescência e juventude, os tirando da mesa e do convívio familiar.

AS REDES SOCIAIS
Aglutinam na telinha desde a mais tenra infância até terceira idade ao seu derredor, onde saber da vida do próximo é mais interessante do que a reunião e união familiar para uma boa conversa na tomada de diretrizes e na aparação de arestas.

AS LEIS
A luta para desvirtuar e descaracterizar a família está em trâmites e ventilações do ilegal para a legalização. O aborto, a pedofilia e os princípios de uma verdadeira família estão nas pranchetas das negociações politicas.

Há uma avalanche de condições indevidas para desmonte e extinção do maior projeto divino na terra: "A FAMÍLIA".

Quando vamos nos dar conta de que não há causa sem efeito, porque, uma coisa sempre levará a outra, e nos conscientizar que trilhamos o caminho do fim, não sabemos. No entanto, ainda é tempo de amenizar as perdas e voltarmos a razão, para ao menos postergar a extinção.

A PALAVRA DIVINA DOS ÚLTIMOS DIAS

I TIMÓTEO 3:1  SABE, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.

2  Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos,

3  Sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons,

4  Traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus,

5  Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te.

6  Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências;

7  Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.

8  E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé.

9  Não irão, porém, avante; porque a todos será manifesto o seu desvario, como também o foi o daqueles.

10  Tu, porém, tens seguido a minha doutrina, modo de viver, intenção, fé, longanimidade, amor, paciência,

11  Perseguições e aflições tais quais me aconteceram em Antioquia, em Icônio, e em Listra; quantas perseguições sofri, e o SENHOR de todas me livrou;

12  E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições.

13  Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados.

14  Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido,

15  E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus.

16  Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;

17  Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.


Quem sabe a ararinha azul da conscientização humana não será o estandarte de uma nova esperança de que o caos pode ainda ser controlado?


quinta-feira, 5 de junho de 2014

SAUDADES DE MAMÃE


Só quem perde reconhece e sente a dor da perda.

Muito embora os anos voem, a lembrança e a saudade nos remetem aos tempos áureos da existência de mamãe.

Quantas vezes a vi orando pelas madrugadas intercedendo pelos filhos tão carentes das bençãos e da proteção divina.

Quantas vezes a vimos preocupada com a nossa educação, trato e respeito com os mais velhos, bem como em estarmos na vontade de Deus.

Quantas vezes nos oferecia o pão das dificuldades da viuvez, no entanto, nos dizia nunca coloque as mãos naquilo que não é seu.

Sabemos que somos frutos dos joelhos de mamãe; como não houve oportunidade de prestar-lhe essa homenagem no blog quando em vida; deixamos o registro na história de uma mãe amorosa a sua maneira, prestativa e trabalhadeira.

Herdamos dela o amor pelas famílias as quais visitava com o seu caderninho de oração; evangelizava nas vilas dos presídios em Charqueadas RS, onde levava as lições bíblicas usadas da Escola Dominical para distribuir entre elas.

Mamãe, uma profeta do Altíssimo, não deixava de estar com os joelhos no chão; quando algo não soava bem e ela ia orando e chorando até que o Senhor por suas imensa misericórdia lhe revelava o indesejado.

Crescemos aprendendo com ela, mas muitas vezes não soubemos dar o devido valor para às suas sábias palavras; no entanto, nunca é tarde para se reconhecermos os nossos erros diante de Deus.

Hoje, resta-nos a saudade e a lembrança de uma mãe que se viva fosse nos alegraria a existência, mas, bem sabemos que ela descansa no Paraíso a espera do amado Senhor Jesus Cristo, no arrebatamento da igreja e na ressurreição dos mortos em Cristo para as Bodas com o Cordeiro.

Muito embora atrasada, nas lembranças de minha mãe, homenageio todas as demais mães pelo seu dia próximo passado.

Saudades de mamãe.