sexta-feira, 31 de outubro de 2014

A SOBERANA, PERFEITA E AGRADÁVEL VONTADE DE DEUS


Quem não gostaria de no dia "D" ouvir esta estonteante e bendita frase proferida pelo Autor e Consumador de nossa fé?


"Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;"  (Mateus 25 : 34)

No entanto, ela pode ser apenas uma frívola  e frágil utopia; pois, não precisa ser nem um Expert em Teologia para vislumbrar o que está nos outdoors das avenidas da nossa vida cristã.

Tristemente o que mais vemos é "Deus só quer o meu coração"; o que é belo é para ser mostrado; um pouquinho só não faz mal, e dentre tantos outros ditames: "Esta palavra era para o tempo do epa"; do tempo em que se amarrava cachorro com linguiça.

Ser diferente em um mundo de iguais é muito difícil;  dá trabalho e arranja desafetos. O que a maioria faz é o que dita a moda, versa e arrebata.

Havia um tempo em que a pessoa de vida fácil era conhecida de longe; hoje nem notamos a sua presença. Já nos acostumamos com o crente no Senhor Jesus Cristo ser igual a aqueles que ainda não o são, mas podem um dia serem.

O que importa é ser belo, atrativo e estar na moda. Buscar a separação para a santificação nem pensar; porquanto, estarei na contra-mão do mundo de então.

Conquanto, ser conformado; estar na forma e de acordo com este mundo é a tônica redonda em contra partida aos quadrados dos tempos de outrora. Só que os antigos quadrados trancavam a evolução não cristã, e os redondos rolavam-na.

Com todos estes exemplos antigos, quem é mesmo que estará na boa, perfeita e agradável de Deus quando da sua vinda?

A PALAVRA DIVINA DIZ QUE SÃO ESTES:

"E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus."  (Romanos 12 : 2)

Estar na perfeita e agradável vontade "DE" alguém, significa estar em harmonia com aquilo que este alguém, pensa, age, inspira, escreve e usa como base de vida.

Se não mudo o jeito e modo de pensar, é porque trafego ainda na rua antiga das vitrines do ego. Conquanto, como poderei ter o meu entendimento renovado se o EU SOU AINDA ASSIM não é mudado?

PENSANDO ALTO
A conformação impede a transformação. Se sou conformado (com a forma do mundo) com este mundo, jamais serei transformado por Deus, pois sem a renovação do meu entendimento, jamais estarei de acordo com a perfeita e agradável vontade Dele.

Porquanto, as coisas velhas já passaram e tudo se fez novo; porque, para a transformação é necessário a mudança completa (conversão) de pensamento, atitudes e direção

Se não busco a transformação do que era dantes para o que serei através Dele, ainda vivo o eu antigo e Ele não vive em mim.

Conquanto, se ainda amo o mundo, porque ainda estou de acordo com ele, e o amor do Pai não está em mim.

O pensamento alto exprime a lógica que para toda ação há que ter-se uma reação.

Isto nos leva a pensar que tipo de evangelho estamos pregando, seguindo, enganando e sendo enganados?

AGRADANDO A DEUS
Se não mortificar os desejos da carne e a EXPOSIÇÃO DELA, como poderei estar agradando a Deus; porquanto, o que se aproxima Dele há de ser santo, pois Santo Ele é?

"ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional."  (Romanos 12 : 1)

Questão: O que estou eficazmente cultuando?

Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria;"  (Colossenses 3 : 5)

"Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus."  (Colossenses 3 : 3)

Se não crucificar a carne como poderei ser servo Dele, se a Ele na sua carne foi crucificado por mim, e com o seu Sangue remiu os meus pecados?

"E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências."  (Gálatas 5 : 24)

PORTANTO, ser ou não ser eis a questão?

CONCLUSÃO:
Se a palavra diz uma coisa e eu faço outra, logo estou contra ela.

No entanto é tempo de:

"Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade;"  (Colossenses 3 : 12)


quinta-feira, 30 de outubro de 2014

O AGENTE TRANSFORMADOR DE POTÊNCIA

Figura ilustrativa; todos os créditos sejam dados ao seu autor
Trabalhara por mais de vinte anos em uma concessionária estadual de energia elétrica; na área de Manutenção de Equipamentos em Subestações.

Dentre os principais, senão o principal equipamento destas SE's é o transformador.

Em cada manutenção efetuada neste equipamento chave, todo cuidado era pouco, pois dele dependia e depende a satisfação do usuário e consumidor final.

Lembro-me quando das revisões neste equipamento, um dos cuidados essenciais era com o comutador sob derivação carga (CDC), pois dele dependia a correção de tensão trifásica (três fases) para adequá-la as necessidades do seu cliente.

Os procedimentos para tal operação eram religiosamente seguidos, pois se algo de anormal ocorresse fora deles, o estrago seria imediato, se as suas proteções não evitassem antes este nefasto acontecimento.

Nas intempéries quando as proteções atuavam, uma das mais temidas era quando a do relé diferencial de desequilíbrio de corrente (87) atuava, pois algo diferente não programado, e nocivo a vida deste equipamento estava alarmadamente acontecendo.

Figura meramente ilustrativa.
Todos os créditos sejam dados ao autor
Outra das temidas era do relé de gás (63) que quando atuava significava houvera um provável problema de má conexão, com possibilidade de faiscamentos geradores de gases os quais estariam deixando este equipamento sujeito a falhas, explosões, e destruição

É de justo lembrar que se a tensão regulamentar na barra de operação era abaixo do permitido, o relé de subtensão (27) atuava (desligava) para proteger o equipamento e os seus consumidores.

Conquanto, se o oposto na tensão alta acontecesse, o relé de sobretensão (59) atuava com o mesmo objetivo de proteção supra-citado de desligar.

Enfim, o que queremos dizer com toda esta resumida história técnica, é que para todas as coisas existe uma razão, e um manual de conservação.

O EVANGELHO TRANSFORMADOR
As Boas Novas de Salvação, que é o Evangelho Transformador, nos é equiparadamente por figura demonstrado; nos aludindo que sem a desejada e adequada transformação, não há a satisfação do cliente consumador final (Deus Pai, através do Filho e do seu representante o Espírito Santo, sendo três poderes constituídos em um).

- Se houver uma diferença de operação, a proteção diferencial (87) em seus artigos referenciais (livros, capítulos e versículos) opera para bloquear o efeito indesejado de desequilíbrio.

"Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema (maldito)."  (Gálatas 1 : 8)

- Se houver uma má conexão (heresia), irá provocar um gás (agente herético destruidor) contaminador do óleo isolante (unção) levedando toda a massa.

"O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo."  (Gálatas 1 : 7)

Em vez de estarmos ajudando a TRANSFORMAR as pessoas pelo Evangelho do Senhor Jesus Cristo, estamos TRANSTORNANDO as pessoas pelo nosso não evangelho.  .

Da mesma forma se nós mesmos como igreja do Senhor estivermos tirando a tensão, diminuindo o seu efeito (27), e ou até mesmo acrescentado (59) além da palavra, seremos tirados do Livro da vida e da cidade Santa

PORQUE ASSIM ESTÁ ESCRITO: 18  Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro;

19  E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.

20  Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus. (Apocalipse 22)

CONCLUSÃO:
Sem transformação não há conversão de valores. Ficar do jeito que estava não há diferenciação. Porquanto, o que estava sendo transformado, se transtornou e voltou ao espojadouro da lama. 

Conquanto, que evangelho estamos pregando "SE" POR UM ACASO  ESTIVER FORA DA PALAVRA, E POR CONSEGUINTE NOS TORNAR MALDITOS?

"Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, com razão o sofrereis."  (II Coríntios 11 : 4)

Será que com a minha boca estou honrando ao Senhor, mas o meu coração está longe Dele, seguindo a preceitos de homens que da forma vã aprendi? (Isaías 29)

Como a Trindade Divina é una, a palavra nos diz que nós devemos ser um só nela (harmonia). 

Sem a nossa perfeita correção na transformação tri una (espírito, alma e corpo) não seremos transformados no Pai, Filho e Espírito Santo, para a vinda do consumador da fé (I Tes. 5:23). Conquanto, seremos desligados, bloqueados da barra de operação divina.

Modernizar, adequar o Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo às nossas vaidosas mazelas, está fora do manual do Santo Livro, e consecutivamente da vida eterna junto a ELE.

"Agora, pois, filhos, dai-me ouvidos, e não vos desvieis das palavras da minha boca."  (Provérbios 5 : 7)

domingo, 26 de outubro de 2014

SANTIDADE - A PALAVRA PROÍBIDA

Tem palavras que vão ficando esquecidas nos púlpitos da vida. 

Tem palavras que falar nelas é mesmo que assinar uma condenação de rejeição e de esquecimento. 

Tem palavras que adentram ao natural no subconsciente disto não me serve; do não quero ouvir, pois isto fere os meus conceitos de vida; e que já existe uma auto-defesa pré-disposta na ponta da língua para barrar tais mensagens e os seus mensageiros.

Tem palavras que são proibidas no meio da cristandade, pois até mesmo a simples menção destas é caso  de levar para a lista negra, e renegar o seu mensageiro ao ostracismo.

A palavra santidade é a palavra proibida mais indesejada aos ouvidos nos dias de hoje. É ela disparadamente a campeã da torção de narizes e de endurecimentos de corações.

É como ela não existisse ou como se fosse desnecessária no repertório bíblico.

Artigos, posts com ela de tema não dão ibope, clicks ou até mesmo comentários.

Enfim, quem fala nela é chamado de santarrão, de inoportuno, e de este não ser a pessoa adequada para dissertar sobre ela.

Há um julgamento ante-posto ao seu mensageiro como se este é que estivesse em questão, e não a contundência analítica de como está o processo da santidade em nossas vidas.

Porquanto, ela está sumida das bocas, dos altares e das vidas de uma considerável parte da cristandade.

O PROCESSO DA SANTIDADE
É um processo progressivo; um processo de se colocar nas mãos Daquele que começou em nós a boa obra e que irá aperfeiçoá-lo a cada dia que passa um pouco mais.

É um processo de purificação, de descontaminação e de separação das coisas que são mundo.

Se este processo de santificação não for progressivo, e ou ele está estacionado ou está em fase regressiva. Portanto, se estiver em fase regressiva é sinal que o processo de descontaminação está parado, e que o processo de re-contaminação é o que está em ação.

Isto equivale a dizer biblicamente que a pessoa depois de limpa voltou ao espojadouro da lama:

II PEDRO: 20  Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior do que o primeiro.

21  Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado;

22  Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama.

UMA QUESTÃO:
Quem é que quer falar sobre um assunto que gera tantos dissabores? - Poucos quererão colocar os seus ministérios ou a sua credibilidade na berlinda da opinião humana.

Só que tem um porém: "Sem santificação ninguém verá a Deus". Quem sabe e se cala, consente que almas sem o devido conhecimento estarão tomando o caminho da perdição, porque, não tem quem lhe ensine ou porque rejeitou este conhecimento:

"O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos."  (Oséias 4 : 6)

Quem a muito lhe é dado, muito lhe será cobrado. Ai de mim se não pregar a palavra de salvação assim como ela a é?

Se estiver me eximindo de pregar o caminho da salvação, e das suas nuances para que se alcance o êxito de alcançá-la, estarei de acordo com o juízo divino de Ezequiel 3.

SANTIDADE E O SEU CONHECIMENTO
Certa vez falou-me o Senhor em uma manhã de domingo, "ASSIM ME DISSE O SENHOR", sobre ela, a qual rendeu um post com os seus detalhes históricos no link abaixo:


É tempo de falar em santidade, pois é um estágio essencial para Vinda do Senhor Jesus Cristo, no arrebatamento da sua igreja.

Porquanto, santidade está inclusa nas DOUTRINAS DE SALVAÇÃO, as quais são JUSTIFICAÇÃO, REGENERAÇÃO, ADOÇÃO E SANTIFICAÇÃO PARA A GLORIFICAÇÃO.

Jamais seremos glorificados com Cristo sem a Santificação.

Paramos, e pensamos: Até quando iremos nos abster de falar (pregar) a santificação?

Porque: Ela precisa ser tirada do armário e tem que vir para o sol da justiça no conhecimento humano doa ou não.

Que o Senhor nos dê a palavra da sabedoria para que se chegue COM ELA as almas sem ferir os seus espíritos.

sábado, 25 de outubro de 2014

A GÊNESE DE UM CORPO DESCONHECIDO PERDIDO AO MEIO DA MULTIDÃO

figura apenas ilustrativa
Uma densa névoa encobre a silhueta de um corpo estranho em meio a noite do desconhecimento.

Não se sabe oportunamente quem o é; e nem da onde veio e nem para onde vai.

Há uma sombra mística envolvendo este "ser misterioso" que perambula solo em meio a multidão.

Uns dizem que é alguém que não se deve dar importância, outros o valorizam muito, mas na verdade poucos reconhecem a sua verdadeira identidade.

Porquanto, há um misto de realidade com a não realidade.

Há que se abrir uma "BO" (Boletim de Ocorrência) para que se INVESTIGUE a sua nacionalidade.

- A PERÍCIA diz que sem DNA não se pode definir a sua procedência, pois no Gênesis diz que ele é um, e outros atestam que ele é apenas um outro e que está até renegado.

- A PSICOLOGIA FORENSE (fôro privilegiado) diz que através da mente é que defini-se a sua procedência e o seu destino.

No entanto, todos concordam que VERAZMENTE será através do exame minucioso dos VESTÍGIOS é que formarão as bases sólidas, dando ao CORPO ESTRANHO a sua verdadeira identidade:

NO GÊNESIS
Diz que ele foi feito por Deus para ser a coroa da criação, e dominar os animais da terra. No entanto, perdeu a mordomia e a inocência pela desobediência.

- Perdeu também a justiça e precisava ser justificado (Romanos 5); perdeu a graça e precisava ser resgatado.

Muito embora tenha transgredido, não foi abandonado; queria se vestir bem pouco, e o resto ficava pelado, mas Deus os vestiu de túnicas para tapar as vergonhas, o que ERA e É do "Seu agrado" (do Gênesis 3:21 ao Apocalipse 3:18; 16:15).

Vestígios no Gênesis: Do pó da terra (barro, húmus) foi feito pela Trindade para viver na inocência e na humildade (sem culpa); para ser visitado por Deus, mas pela sua desobediência ficou sujeito ao pecado. Fora feito para ser imortal, mas até disso foi deserdado.

NA DISPENSAÇÃO NOÉTICA
Quase foi no todo afogado pelo dilúvio, tendo em vista a prática do mesmo motivo, que é o pecado. Se não fosse Noé e a sua família temer a Deus, ele seria dizimado.

Vestígios: Para a identidade que fora criado no Éden, na dispensação noética da mesma maneira ele continuou renegado.

NA FÉ DE ABRAÃO
O corpo estranho continuava sem fé no seu criador, e com com isso sem a cidadania dos céus. O Senhor então dentre as nações levanta Abrão para que dele nascesse um povo Seu separado através da fé. Muito embora este ato, o povo Seu continuava no pecado.

Vestígios: Nem tudo estava perdido, mas o que derrubava o corpo era o stigma do pecado.

NA LEI MOSAICA
O corpo estava no Egito, de lá precisava ser tirado; tinha que passar pelo deserto para ser limpo e com isso libertado, pois, para ter a identidade divina, o povo precisava ser separado.

Ele não conhecia limites, e precisava ser limitado; transgredia de toda a forma, porquanto, o pecado precisava ser conhecido; precisava ser enquadrado. Através de Moisés o Senhor deu a lei, delineando o pecado.

Vestígios: Não havia quem o resgatasse, e o corpo continuava pecando, e os animais assumindo e morrendo pelo seu pecado. Deus queria dele uma nova identidade, mas ele não podia vencer e dar conta do recado.

NA CRUZ DO CALVÁRIO
Veio o libertador: "O Senhor Jesus Cristo", para que fosse resgatado, mas ele teria que crer no seu Salvador amado (João 3:16); pois Deus lhe deu livre escolha para vencer ou ser derrotado.

Vestígios: Surge devidamente oportunizado por Deus o conhecimento do caminho da salvação tendo como contraste o caminho da perdição. O corpo do até então estranho (sem definição) agora tinha dois caminhos e uma só escolha; e ou continuava no pecado com a identidade de pecador ou vinha para o Senhor Jesus, com a fé no seu Salvador.

FOI COMPRADO POR BOM PREÇO
Vestígios:  Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus. (I Corintios 6:20)

ELE TEM DONO E NÃO PERTENCE MAIS A SI MESMO
Vestígios: glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus. (I Corintios 6:20)

ELE PRECISA SER NEGADO
Vestígios:  E chamando a si a multidão, com os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me. (Marcos 8:34)

ELE PRECISA SER SACRIFICADO VIVO
Vestígios:  ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. (Romanos 12:1)

O CORPO QUE É DE CRISTO AGORA ESTÁ CRUCIFICADO
Vestígios: "E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências."  (Gálatas 5 : 24)

POR ISSO PRECISA SER SUBJUGADO
Vestígios:"Antes subjugo o meu corpo, e o reduzo à servidão, para que, pregando aos outros, eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado."  (I Coríntios 9 : 27)

PARA SER MORTIFICADO
Vestígios: "Trazendo sempre por toda a parte a mortificação do Senhor Jesus no nosso corpo, para que a vida de Jesus se manifeste também nos nossos corpos;"  (II Coríntios 4 : 10)

NÃO PODE SER MEMBRO DE UMA MERETRIZ E NEM SER IGUAL AO PRODUTO DELA
Vestígios: "Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo, e fá-los-ei membros de uma meretriz? Não, por certo."  (I Coríntios 6 : 15)

"Fugi da prostituição. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo."  (I Coríntios 6 : 18)

NÃO PODE SER DESTRUÍDO POR NÓS (MUTILADO, MARCADO OU DROGADO)
Vestígios:  Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo. (I Corintios 3:17)

ELE É DIFERENTE DOS DEMAIS CORPOS DA TERRA
Vestígios: "Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve."  (Malaquias 3 : 18)

PORQUE: ELE É TEMPLO DO ESPIRITO SANTO
Vestígios:  Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? (I Corintios 6:19)

EM SENDO TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO, TEM QUE VESTIR-SE EM SANTIDADE
Vestígios: "Porque assim se adornavam também antigamente as santas mulheres que esperavam em Deus, e estavam sujeitas aos seus próprios maridos;"  (I Pedro 3 : 5)

SUAS FORMAS E SUAS VERGONHAS NÃO PODEM SEREM MOSTRADAS
Vestígios: "Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas."  (Apocalipse 3 : 18)

NÃO PODE MAIS ASSOCIAR-SE COM AS TREVAS
Vestígios: "E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse: Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo."  (II Coríntios 6 : 16)

TEM QUE SER SANTIFICADO PARA VIVER COM CRISTO
Vestígios: "Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver;"  (I Pedro 1 : 15)

PORQUANTO, POR TUDO E AFINAL É QUE SEREMOS JULGAMOS PELO QUE FIZERMOS ATRAVÉS DO CORPO

"Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal."  (II Coríntios 5 : 10)

SE O CORPO ANDAR SEGUNDO A CARNE JÁ ESTÁ CONDENADO
Vestígios: "PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito."  (Romanos 8 : 1)

CONCLUSÃO:
Após este pequeno resumo alusório de um corpo sem espírito e sem alma que vagava e vaga sem identidade nos subúrbios e nas ruelas da vida; onde há um triste constatação de UM ARTIGO que nasceu sem pé e sem cabeça:

- Que ele é UM PRODUTO FINAL (fruto) de um espírito e uma alma já corrompidas "se" não procurar a SANTIFICAÇÃO. Porquanto, SEMPRE O CORPO SERÁ O ESPELHO DA ALMA E DO ESPÍRITO.

- Que é a imagem refletida por fora o que na verdade ele é por dentro, pois a boca fala o que o coração está cheio, refletindo no corpo e nos seus atos O SEU EFEITO.

Tem-se por certo que as coisas não são de fora para dentro, mais sim de dentro para fora.

Conquanto, aquele que é santo se santifique mais ainda, pois "SE" o é santo por dentro TEM QUE SER SANTO POR FORA TAMBÉM. Até pode-se demonstrar que se é santo por fora e não o ser por dentro, mas um dia a casa cai, e o túmulo caiado desmorona, pois nada que é feito em oculto sem que não venha para a luz pela palavra.

Com quantos vestígios somáticos que dão ao corpo dos que são pertencentes ao Senhor Jesus Cristo UMA FORMA BEM DEFINIDA, não há como negar que o corpo presente (sem identidade cristã) "se" continuar assim como está, não será transformado, e por conseguinte não estará com ELE quando da sua vinda e no seu Reino.

Seria a igreja de Laodiceia, a igreja prostituída, em que o Senhor Jesus Cristo está do lado de fora dela e ao ponto de vomitar-lhe da sua boca?

Vestígios: "Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas." (Apocalipse 3 : 18)

"Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo, e fá-los-ei membros de uma meretriz? Não, por certo."  (I Coríntios 6 : 15)

Muitos podem até considerar este artigo como tolo e inconsequente, e ou até desprezá-lo e jogá-lo na lata do lixo chamada esquecimento; no entanto, a PALAVRA DO SENHOR NUNCA VOLTA VAZIA; ELA SEMPRE FAZ (e fará) AQUILO QUE LHE APRAZ.

Se seguirmos assassinando o texto em seu contexto, nada mais se há de fazer por um corpo (carne) que ganhou a guerra contra o ESPÍRITO.

Com isso a alma, que é passageira da agonia no aguardo da GUERRA DA CARNE X ESPÍRITO acompanhará o corpo (carne) se vencedora? - RUMO AO INFERNO.

Ainda é tempo da "teologia" do DEUS SÓ QUER O MEU CORAÇÃO se dar conta que o último processo após a JUSTIFICAÇÃO, REGENERAÇÃO E ADOÇÃO É A SANTIFICAÇÃO para a GLORIFICAÇÃO; Porque: "Sem a paz com todos e a SANTIFICAÇÃO, ninguém verá a Deus."

É tempo de gritar nos montes dos púlpitos e da grande mídia, mesmo que sejamos chamados de loucos, radicais ou levianos, QUE para estarmos com o Senhor Jesus Cristo, quando da sua vinda e no seu reino, tem de ser segundo a sua palavra, e que por esta palavra o corpo tem que BUSCAR  A SANTIFICAÇÃO nas mãos do Oleiro:

 VESTÍGIO GLOBAL: E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso SENHOR Jesus Cristo. (I Tessalonicenses 5:23)

Por mais que tenhamos uma boa vontade em desconhecer que um corpo que pertence ao Senhor Jesus Cristo, sendo com isso cristão, a relevância destes versículos citados são vestígios que jamais poderão serem segregados, desdeixados ou ignorados.

VEREDITO FINAL BÍBLICO:
O corpo que andava na penumbra da ignorância bíblica, e sem identidade, com este resumido artigo bíblico ele para muitos sai das trevas e vem para luz da palavra. 

Há uma diferença do corpo que serve a Deus daquele corpo que não o serve; ponto final.

QUE DEUS NA PESSOA DO AMADO SENHOR JESUS CRISTO DE NAZARÉ, SEJA ETERNAMENTE LOUVADO EM GLÓRIA, MAJESTADE E PODER.


quinta-feira, 23 de outubro de 2014

PÔNCIO PILATOS, PREFEITO DE JUDÁ

Pôncio Pilatos, prefeito de Judá - inscrição dedicatória Latina

Teatro romano, Caesarea


Pôncio Pilatos, prefeito de Judá
Inscrição dedicatória Latina
Teatro romano, Caesarea
Período romano, 26-36 CE
Pedra
H: 82 centímetros; L: 65 cm: W: 20 CE 
IAA 61-531

Pôncio Pilatos governou por 11 anos como o quinto prefeito romano, ou procurador, de Judéia. Seu nome entrou para a história por causa do relato do Novo Testamento sobre o julgamento de Jesus de Nazaré, que ele presidiu, condenando Jesus à morte por crucificação.


Tanto Flávio Josefo e Filo de Alexandria descreve Pilatos como um governante cruel e impopular. Ao contrário de seus antecessores, ele estava completamente insensível aos sentimentos religiosos da população local.

Em uma ocasião, Pilatos tentou trazer normas militares que carregam a semelhança do imperador em Jerusalém, Profundamente ofender os judeus.

Ele ainda confiscou fundos do Temple tesouraria, a fim de construir um aqueduto para Jerusalém e, em seguida, impiedosamente suprimiu o protesto que surgiu em resposta. No final, este procurador notório foi afastado do cargo por seu massacre dos samaritanos.

Apesar da familiaridade do nome Pôncio Pilatos, este achado arqueológico, um documento histórico único, é o artefato conhecido apenas gravá-la.

É um fragmento das inscrições dedicatórias de um prédio, provavelmente um templo, construído em homenagem ao imperador Tibério. O restante do texto lido:   

...]S TIBERIVM
PON ...] Tiv PILATVS
Praef ...] ECTVS IVDA [EA]

A inscrição foi descoberta em uso secundário em uma escadaria do teatro romano em Cesaréia, a cidade que serviu como Roma do centro administrativo no província de Judéia. Os procuradores foram baseados em Cesaréia e só visitou Jerusalém em ocasiões especiais, ou em tempos de agitação.

Do site:

terça-feira, 14 de outubro de 2014

OS OITENTA ANOS DO PASTOR JOSÉ DANIEL RODRIGUES DE SOUZA




Neste sábado, onze de outubro de 2014, em Alegrete RS, deu-se início aos festejos de aniversário de oitenta anos do Pastor Presidente da Assembléia de Deus nesta cidade José Daniel R. de Souza.

Uma Fraterna (encontro fraternal de pastores) foi o evento escolhido para dar enfase aos festejos; onde, cada pastor pode trazer as suas considerações, presentes, e ensejos auspiciosos pela sua prodigiosa data natalícia.

Os seus familiares: esposa, irmãos, filhos, genros, noras e netos tiveram participação ativa nesta solenidade.

Neste ínterim, um de seus irmãos, do alto de seus oitenta e nove anos de idade, trouxe uma palavra histórica familiar carregada de sentimentos, e ao mesmo tempo missionária, a qual contagiou-nos pela disposição, unção e desprendimento.

Além do congraçamento dos pastores, familiares e membros desta igreja, foi também servido um almoço, acompanhado de churrasco comemorativo a data especial.

DA SUA HISTÓRIA:
Nestes oitenta anos de vida, dos quais sessenta e oito deles servindo ao Senhor, é um marco na história da fé deste incansável e apaixonado pastor missionário.

Levar o evangelho do Senhor Jesus Cristo às almas que estão perdidas é o que mais ferve em seu coração.

Soma-se ainda ao seu extenso curriculum o título dado pela Câmara de Vereadores de "Cidadão Alegretense"; alusivo aos relevantes serviços prestados a comunidade local por meio da fé.

DAS COMEMORAÇÕES:

As comemorações culminaram no dia treze deste mês, a qual é a data  feliz do seu nascimento.

ANSEIOS FINAIS:
Aproveitando o ensejo, em nome dos partícipes do Núcleo da EETAD local, nomeados como: direção, mestres e alunos, deixam os seus sinceros votos de reconhecimento ao grande trabalho realizado pelo eminente pastor.

E ao mesmo tempo almejar-lhe muitos e muitos anos de vida, carregados de bençãos, virtude e saúde junto aos demais familiares.

Como meditação deixamos Rute 2:12


QUE: "O Senhor retribua o teu feito; e te seja concedido pleno galardão da parte do Senhor Deus de Israel, sob cujas asas te vieste abrigar".








terça-feira, 7 de outubro de 2014

QUEM É ESTE HOMEM QUE "ATÉ" O VENTO E O MAR LHE OBEDECEM?

Quem seria esta Extraordinária Criatura que até as forças da natureza lhe obedeciam?

Quem seria este "Ser" Excepcional que além das forças da natureza, as demais coisas também lhe obedeciam?

Pelo visto não havia e nem há limites para Aquele que lhe fora dado "toda" a autoridade nos céus e na terra.

Quando vemos a perplexidade dos discípulos do Senhor Jesus Cristo com aquele fato inédito em toda as suas vidas, pois eles haviam lutado toda a noite contra aquela tempestade atroz, e mesmo sendo homens adestrados na convivência com o mar, não tinham alcançado o êxito de vencê-la; conquanto, começamos a perguntar como eles: "Quem seria este Homem fenomenal que até o vento e o mar  lhe obedecem?"

Certamente aquele momento tempestuoso foi um dos marcos que levara um dos seus discípulos a se aprofundar no Escriturado Divino, a procurar a verdadeira identidade daquele Fabuloso Senhor em autoridade e poder.

Acreditamos que este discípulo a cada dia que passava com o seu mestre, mais e mais ele queria recostar-se no seu peito para ouvir às mais diversas revelações que só aos grandes amigos poderiam serem reveladas.

Que este discípulo especial junto com os demais fora testemunha ocular dos grandes milagres efetuados por Jesus, como a multiplicação por duas vezes dos pães e peixes na alimentação daquelas multidões; nas ressurreições de Lázaro morto há quatro dias, da filha de Jairo, e o filho da viúva de Naim; como tantos outros milagres.

Conquanto, estudara os escritos de Moisés até chegar aos profetas, para que pudesse entender que ele estava sendo partícipe de um tempo impar, determinado por Deus para a vinda do Seu amado Filho na terra.

Da mesma forma certificou-se no Rolo do livro do profeta Messiânico Isaías (9.6), que Aquele era o qual o Principado estaria sobre os Seus ombros; que era Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da Paz.

Corroborando ainda em Isaías que era aquele em que o Espírito do Senhor repousara sobre ele; o qual também era o Filho amado a quem lhe comprazia.

"O ESPÍRITO do Senhor DEUS está sobre mim; porque o SENHOR me ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;"(Isaías 61 : 1)

Portanto, o discípulo especial no momento da crucificação, ciente que Aquele era realmente o Messias de Israel, esteve ao pé da cruz do seu amado mestre, junto com sua mãe.

Da mesma forma, no momento da ressurreição, quando avisado por Maria Madalena, correu ao túmulo vazio, chegando antes de Pedro (João 20.4).

Conquanto, escreveria nos anais da história bíblica a mais teológica e esplendorosa descrição de "QUEM SERIA AQUELE HOMEM" QUE ATÉ O VENTO E O MAR LHE OBEDECIAM, DIZENDO QUE:

"No princípio era o Verbo, e o verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus".

"Que todas as coisas foram feitas por Ele, e sem Ele nada se fez".

"Que Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens".

"Que Nele estava a luz verdadeira, que ilumina todo homem".

"Que Ele estava no mundo, e o mundo foi feito por Ele, e o mundo não o conheceu".

"Que Ele veio para os seus, mas o seus não o receberam, mas a todos quanto o receberam deu-lhes o poder de serem chamados filhos de Deus".

Esta inestimável biografia Messiânica expressada pelo Apóstolo João, o discípulo a quem o Senhor Jesus Cristo amava, não encontra juntamente paralelos e paradoxos no Santo Livro.

Muito embora possamos encontrar as mais belas palavras, e termos tirados do fundo da alma, jamais teremos adjetivos sublimes que possam condizer na sua plenitude com as virtudes do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

No entanto, o Apóstolo amado foi o que mais apaixonadamente descreveu o amado mestre, que com estas prerrogativas coube a ele encerrar o Santo Livro:

Apocalipse 22:20  Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.

21  A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amém.

FIEL É O QUE PROMETEU, E TAMBÉM O FARÁ.

Porquanto, com fé esperamos o Homem que ATÉ o vento e o mar lhe obedecem.