terça-feira, 18 de agosto de 2015

HOMEM DE DEUS, HÁ MORTE NA PANELA

Será que não se teria um assunto mais ameno em que todos ficassem contentes, os quais dariam inúmeros cliques; sem torção de narizes, murmurações ou rejeições e indiferenças?

Dai viriam os aplausos, os compartilhamentos, as aproximações e as amizades.

Até parece que só queremos escrever sobre temas chatos, indevidos e inoportunos!

Estes temas para esmagadora maioria não são dignos nem de serem visualizados nas suas chamadas, quando passam batidos na linha do tempo no facebook.

No entanto, NÃO escrevemos PORQUE QUEREMOS ASSIM ESCREVER; NEM PARA QUERER ATINGIR ALGUÉM EM CASA ALHEIA, e ou até mesmo angariar adeptos para dificultar governos ou atrasar ministérios.

Cada um responderá por si diante do Senhor se por uma desventura estivermos faltando com a verdade.

Aquilo que nos é proposto, daquilo escrevemos; porquanto o que a seguir virá, é certo que assim nos veio; É A VOCAÇÃO; É O CHAMADO.


A FOME DA PALAVRA DIVINA EM FALTA PODE NOS LEVAR A COMER COMIDA VENENOSA


Eis que vêm dias, diz o Senhor DEUS, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do SENHOR. Amós 8.*11

Havia naquele tempo fome em Gilgal e o profeta Eliseu mandou que se colocasse ao brilho (lume do fogo) a grande panela velha (colocando-a no fogo para ferver), em desuso (fora do fogo do Espírito) por não fazer-se alimento nela.


Não sejais vagarosos no cuidado; sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor; Romanos 12.*11

Uma panela em desuso precisa ser limpa pela poeira acumulada (impurezas), pois assim que se usa, se limpa e ela fica pronta para ser usada novamente.


Quem é injusto, seja injusto ainda; e quem é sujo, seja sujo ainda; e quem é justo, seja justificado ainda; e quem é santo (limpo), seja santificado ainda. Apocalipse 22.*11

OBSERVAÇÃO: Que mistério de Deus é os contextos deste tema estarem todos no versículo *11 dos seus respectivos Livros?

E ou seja: A fome de ouvir a Palavra de Deus (Amós 8.*11); fervoroso no Espírito (Romanos 12.*11) , e seja santificado ainda (Apocalipse 22.*11).

O capitulo VINTE E DOIS (22) de Apocalipse, é o DOBRO de onze (*11); e o o capitulo DOZE de Romanos é *11 +1= 3/1? -; Amós 8. *11= 3+8=11?

Quando deixamos os jejuns e as orações,tiramos a panela do fogo (fervor); e a panela fora do fogo fica sujeita as impurezas.


Panela para ir ao fogo (fervor), precisa ser limpa, vir pra luz, ter o brilho; ter a presença do amado Espírito Santo.

Aquela panela era uma panela grande (IGREJA), usada para fazer alimentação para um grande número de pessoas; e a muito que ela não era usada devido a existência da falta de alimentação (ensino).

O povo de Deus era e estava sendo alimentado com muito pouco alimento. Havia fome na terra, assim como há quando falta o ensino da genuína palavra do Senhor.

A palavra do Senhor e o seu correto ensino é o alimento que alimenta a alma, nos mantém vivos espiritualmente, e a ainda nos dá a devida sustância para perseverarmos até o fim, alcançando a vida eterna com o nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

II REIS 4:38  E, voltando Eliseu a Gilgal, havia fome naquela terra, e os filhos dos profetas estavam assentados na sua presença; e disse ao seu servo: Põe a panela grande ao lume, e faze um caldo de ervas para os filhos dos profetas.

Eliseu mandou que se juntasse umas ervas e que se fizesse um caldo para amenizar a fome. Um dos filhos dos profetas, SEM CONHECIMENTO, colheu ervas bravas, picou e colocou na panela e fez um caldo para os demais comerem.

II REIS 4:39  Então um deles saiu ao campo a apanhar ervas, e achou uma parra brava, e colheu dela enchendo a (*) sua capa de (#)colocíntidas; e veio, e as cortou na panela do caldo; porque não as conheciam.
*SUA CAPA: significa ministério; alguém escolhido e comissionado para tal coisa.
#Colocíntida ou colicíntida é o nome de um fruto venenoso nascido numa trepadeira que na cidade de Gilgal, em Israel, crescia em parra brava.
PARRA BRAVA: A planta era atraente, uma ou outra das duas espécies da ordem das aboboreiras, a coloquíntidas( Citrulus Colocyntis) planta rasteira, como pepino ou abóbora ovais. Cresce ao sul da Espanha, ao norte e ao sul da África, na Arábia, na Índia, na Palestina e também na planície marítima e no vale do Jordão, onde a encontrou o filho do profeta. 

QUANDO, não conhecemos a palavra do Senhor, e a picamos (o texto fora do contexto), tiramos a essência dela.

Em vez de bençãos para salvação, ela se torna em maldição para condenação; em vez de remédio para cura, ela se torna em veneno para nos levar a morte espiritual.

Porque aquilo É ATRAENTE (A planta era atraente), AOS OLHOS queremos trazermos para dentro da panela (igreja) para alimentarmos o povo, E OS ENVENENAMOS.

Os frutos do mundo estão enroscados nos emaranhados das parras bravas, os quais atraem os nossos olhos sem conhecimento do que é do Senhor e do que não é dele.


SACERDOTES SEM O DEVIDO CONHECIMENTO

A falta de conhecimento ( porque não as conheciam)  os levou inocentemente ao erro. Achando que estavam fazendo um bem, pois as coisas eram atrativas aos olhos (chamava a atenção), e estavam fazendo um grande e destrutivo mal.

Disse o Senhor pela boca do profeta Oséias que:

"O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos."  (Oséias 4 : 6)

Erramos por não conhecermos as Escrituras e nem o poder de Deus:

Sacerdotes sem conhecimento destroem povo do Senhor, porque MUITOS rejeitam o conhecimento do Senhor pela sua palavra. Por isso o Senhor os rejeitará para que não sejam mais sacerdotes.

O VENENO NA PANELA

Não há quem coma e se alimente condignamente sem que não venha a dor na alma pelo efeito do veneno.

Sem a presença da seiva que alimenta a alma, o Espírito desconsolado vai embora.

Os batismos  "sem Ele" não acontecem mais; as curas; as libertações e as verdadeiras conversões são só uma utopia de saudosa memória.

A barriga incha (soberba); o ventre se avoluma (ego, vaidade) e a carne vem pra fora (sensualidade) nos desfiles pra alimentar os olhos, despertar os desejos, e o Espírito já foi embora.

Do que adianta uma grande panela lustrosa se o alimento é venenoso, e a morte anunciada será a moradora nos tempos de então:


II REIS 4:40  Assim deram de comer para os homens. E sucedeu que, comendo eles daquele caldo, clamaram e disseram: Homem de Deus, há morte na panela. Não puderam comer.

A CURA

O Senhor sempre terá remanescentes por profetas, e com a verdadeira farinha provinda dos céus tirará o veneno da panela.

O ensino do caminho da cruz, e a sua mensagem que é o perdão; o verdadeiro amor a Deus e ao próximo pela obediência da Sua Palavra será alimentado.


A presença DO SENHOR voltará e as operações da SUA EXCELÊNCIA, O ESPÍRITO SANTO VOLTARÁ TAMBÉM.

O mal será tirado da panela como se tira um espinho da alma; e o perdão será o prato da vez, onde todos se alimentarão e serão felizes para todo o sempre com AQUELE que os alistou para a batalha.


II REIS 4:41  Porém ele disse: Trazei farinha. E deitou-a na panela, e disse: Dai de comer ao povo. E já não havia mal nenhum na panela.


Que o Senhor faça resplandecer os vossos rostos, e brilhe neles a luz do evangelho e lhes dê a paz.

Assim nos veio; assim o escrevemos. Amém.