quarta-feira, 23 de setembro de 2015

A RECEITA

No mesmo dia (sábado próximo passado) que veio-nos para que escrevêssemos o artigo postado no linck abaixo; quando na hora da oração na noite, por três vezes o mesmo assunto (EXALTAÇÃO) foi recitado pela Sua Excelência, o Amado companheiro:


Na primeira vez, como dissemos, no meio da oração disse-nos Salmo 75:6:

"Porque nem do oriente, nem do ocidente, nem do deserto vem a exaltação."  (Salmos 75 : 6)

Na segunda vez, na mesma oração disse-nos Isaías 3:16

"Diz ainda mais o SENHOR: Porquanto as filhas de Sião se exaltam, e andam com o pescoço erguido, lançando olhares impudentes; e quando andam, caminham afetadamente, fazendo um tilintar com os seus pés;"  (Isaías 3 : 16)

Logo após o término da primeira oração, comentamos o ocorrido com o servo do Senhor presente no local (JNO) de que não éramos dignos de recebermos tal mensagem, pois somos falhos, errantes, pó e cinza; na mesma hora ouvimos a terceira citação Bíblica em Lucas, com João Batista confirmando as palavras que recém disséramos:

"Respondeu João a todos, dizendo: Eu, na verdade, batizo-vos com água, mas eis que vem aquele que é mais poderoso do que eu, do qual não sou digno de desatar a correia das alparcas; esse vos batizará com o Espírito Santo e com fogo."  (Lucas 3 : 16)

Com o fato descrito acima, não restou mais dúvida alguma da procedência em tempo real das mensagens Bíblicas recebidas, bem como da incidência delas.

Na terceira e última vez, antes da segunda e última oração da noite, fora pedido que um componente TIRASSE UMA PALAVRA SIMPLESMENTE AO ABRIR DA BÍBLIA; e o que vimos para nossa surpresa foi a mesma admoestação sobre exaltação em Ezequiel 17, o qual assim termina no versículo 24:

"Assim saberão todas as árvores do campo que eu, o SENHOR, abati a árvore alta, elevei a árvore baixa, sequei a árvore verde, e fiz reverdecer a árvore seca; eu, o SENHOR, o disse, e o fiz."  (Ezequiel 17 : 24)

Simplesmente se colocássemos os versículos recitados em sequência não precisaria nem expormos comentário algum, pois eles por si mesmo se explicam; porque, abrangem toda a área da igreja do Senhor Jesus Cristo: do menor ao maior.


"Porque nem do oriente, nem do ocidente, nem do deserto vem a exaltação."  (Salmos 75 : 6)

De lugar algum vem a exaltação. 

"Diz ainda mais o SENHOR: Porquanto as filhas de Sião se exaltam, e andam com o pescoço erguido, lançando olhares impudentes; e quando andam, caminham afetadamente, fazendo um tilintar com os seus pés;"  (Isaías 3 : 16)

A vaidade desperta a sensualidade, e com ela a iniquidade.

"Assim saberão todas as árvores do campo que eu, o SENHOR, abati a árvore alta, elevei a árvore baixa, sequei a árvore verde, e fiz reverdecer a árvore seca; eu, o SENHOR, o disse, e o fiz."  (Ezequiel 17 : 24)

O juízo divino  nestes versículos é notório. 


A RECEITA

No entanto, quando já estávamos nos acostumando com  o sobrenatural do Senhor nos fatos supra citados, quando na madrugada de segunda-feira seguinte, fomos acordados por volta das 5:57 hs da manhã por um estranho som de um celular na cozinha; levantamos e fomos ver, e nada tinha.

Fomos fazer uma pequena oração, e deitamos novamente, quando em seguida ouvimos o que a seguir narraremos, pois anotamos na agenda para que não fosse nunca esquecido:


"A RECEITA"....... pausa.

"ENDURECEREI O MEU CORAÇÃO CONTRA OS EXALTADOS"......pausa.

"ESTÃO BURLANDO A MINHA PALAVRA; ESTÃO QUESTIONANDO A MINHA PALAVRA; ESTÃO ALTERANDO A MINHA PALAVRA".....pausa.

"ELA É O QUE É".....ponto final....silêncio absoluto.


No princípio não entendemos o porquê do título "A RECEITA", mas agora compreendemos que aquelas palavras eram pães da vida para quem tomá-las como receita para sua vida.

Entendemos que o Médico dos médicos e Senhor dos senhores estava AVIANDO UMA RECEITA DE VIDA E MORTE para todos nós os quais tomarmos por remédio para nossas vidas.

Não estamos preocupados SE VÃO ACREDITAR OU NÃO VÃO ACREDITAR NOS FATOS NARRADOS.

PORQUANTO, se estivermos querendo nos promover com este fato, "SEREMOS OS PRIMEIROS RÉUS DE JUÍZO POR EXALTAÇÃO" nesta questão.

No entanto, estamos fazendo a nossa parte ao divulgarmos aquilo que nos foi passado.

Acreditamos que o Senhor cumpre com a sua palavra quando delas FAZ O SEU EXCELSO USO.

Quem está se exaltando, pelo coração duro do Senhor contra esta manifestação maligna, este será humilhado. Que o Senhor não estará dando respostas em muitas petições daqueles que não derem ouvidos "ÀS SUAS PALAVRAS", onde nós também estamos inclusos.

O tempo irá dizer se foi só uma sandice, e ou se no cumprimento delas algo derradeiro e dolorido venha ocorrer.

PONTO FINAL.

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

OS LEVANTADOS DO SENHOR


O Senhor quando levanta homens e mulheres na sua obra, os levanta para serem destemidos dos açoites, das contradições e das perseguições.

Ele não levanta conformados, apáticos e coniventes com o erro; mas servos que ouvem a sua voz e pregam a verdade, mesmo que tenham que cortar na própria carne.

Nem os acomodados por causa dos cargos; pois não são os cargos que fazem os homens, mas os homens e mulheres que fazem os cargos.

O principal cargo é fazer a vontade de Deus. Quem o faz já está no maior cargo que se pode almejar que se chama fidelidade a Deus.

Porquanto, só aquele que se for achado fiel ganhará a coroa da vida após ter combatido o bom combate, terminado a carreira, mas que teve guardado a fé.

Quem é fiel não escuta dissoluções, modernismos e invenções, pois ele não está ligado ao aliciante, mas a aquele que o alistou para a guerra.

Quem é que disse que neste mundo não teríamos aflições; que só seriam rosas, e que não teríamos espinhos?

Ainda mais, se quisermos vivermos piamente sofreremos perseguições.

Quem é do Senhor não vende a sua vinha mesmo na maior proposta de Jezabel ou nas insanidades de Acabe.

A herança que ele ganhou do Seu Pai é para a vida toda.

Quantos de nós não estamos nos vendendo por cargos, oferecimentos, regalias e oportunidades?

Tudo tem um tempo determinado por Deus, pois é na humildade que o Grande Senhor dos Exércitos, Rei de reis e Senhor dos senhores levanta e ninguém derruba, a não ser que o levantado caia na sua própria concupiscência.


O exaltado cairá, e não há ninguém que possa segurar a sua derrota

Ainda é tempo de ouvir a voz do Senhor e cumprir o Seu chamado.

Assim nos veio, assim o escrevemos.

Não somos perfeitos, mas errantes; no entanto, Aquele que começou em nós a boa obra, a aperfeiçoará até a vinda do Seu Filho Amado.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

A REBELDE - A OVELHA QUE O PASTOR NÃO FOI ATRÁS

Figura ilustrativa - Ao seu autor sejam dados
todos os créditos.
O Sumo Pastor, amado Senhor e Salvador Jesus Cristo, deu a sua preciosa vida pelas suas ovelhas. Todas que o seguiram não andaram em trevas, mas vinham e veem para a luz, porque a luz resplandece no meio das trevas.

As "Suas" ovelhas ouvem a sua voz e Dele são conhecidas; elas não seguem o estranho, pois ele não entra pela porta (palavra), mas antes por ser ladrão e salteador arromba o redil e entranha-se no meio delas.

Quando meditamos Ezequiel 34:4 notamos ali quase que todas às espécies de ovelhas que deveriam serem atendidas pelo seu pastor:

A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; (...).

No Salmo 23 temos a ovelha obediente, satisfeita, protegida e recompensada por ter um bom pastor.

No entanto, na parábola do filho pródigo notamos um tipo de uma ovelha a qual o Sumo Pastor não foi atrás.

Ela não satisfeita com a casa do Pai, e os afazeres pertinentes a ela, pediu a sua herança, e pro mundo GASTAR se foi.

O Pai entristecido, não opôs-se ao rebelde-ado, mas olhava ao longe na espera do filho querido

Hoje, quantas ovelhas não satisfeitas com os afazeres  da casa do Pai, não estão se rebelando contra Ele, e indo pro mundo dentro da casa Dele?

Estas ovelhas chamadas de rebeldes, insurgem-se contra a palavra; dizem que tem pensamento próprio, e ainda lutam para fazerem discípulos dentro da casa Dele.

O estrago do Filho pródigo foi para si mesmo, mas o estrago da ovelha rebelde dentro da casa do Senhor é muito maior.

No entanto, o filho pródigo indo pro mundo , e lá gastando a sua herança, na miséria deu-se conta que a verdadeira felicidade estava na casa do Pai, o qual ele acho-se indigno Dele, querendo não ser chamado de filho, mas de servo QUANDO RETORNASSE.

Assim somos nós que muitas vezes quando deixamos a casa paterna até prosperamos, e vamo-nos muito bem até que termine a nossa herança a qual recebemos ANTES DO TEMPO.

O Pai é justo até com um copo de água que damos a quem que seja; daquilo que plantamos é daquilo mesmo que vamos colher.

Quando nos rebelamos contra a vontade do PAPAI NÃO DEVERÍAMOS FICARMOS COMO FERMENTO ESTRAGANDO TODA A MASSA NA CASA PATERNA.

O filho pródigo teve e a hombridade de reconhecer que não estava satisfeito, e com os seus desejos mundanos, pediu a herança e partiu; ele com a experiência na tribulação provocada por aquele ato de rebeldia teve a humildade de reconhecer o seu erro, e conscientemente voltou.

O Pai extremamente gratificado fez uma festa no seu retorno; deu-lhe uma sandália NOVA PARA OS SEUS PÉS, para SER USADA EM UMA NOVA VEREDA PARA SEUS CAMINHOS.

DEU-LHE UM ANEL para uma nova aliança SEGUNDO A VONTADE DO PAI, pois a glória da segunda casa em humildade seria maior do que a da primeira casa.

É certo que que na sua volta encontrará irmãos que torcerão os narizes com aquele ato, mas O QUE IMPORTA É A VOLTA AO REDIL, pois todo aquele que CONFESSA, SE ARREPENDE E DEIXA, ALCANÇA MISERICÓRDIA.

Uma alma salva é mais importante QUE TODO O MUNDO PERDIDO.