segunda-feira, 13 de março de 2017

"TEOLOGIAS" QUE NÃO FECHAM: A FALSA TEOLOGIA DO AMOR A FAMILIA - VERBOS QUE NÃO SE CONJUGAM JUNTOS - PALAVRAS QUE NÃO SE ENCAIXAM - PRIMEIRA PARTE


TEOLOGIAS" QUE NÃO FECHAM - PRIMEIRA PARTE

A FALSA TEOLOGIA DO AMOR A FAMÍLIA!


Figura ilustrativa. Ao seu autor sejam dados os méritos.
INTRODUÇÃO:

OBSERVAÇÃO: Por tudo aquilo que lemos em livros, artigos em jornais do ramo, que ouvimos em pregações e artigos na grande mídia a nível mundial é que deram origem a este post.

Não estamos falando de uma situação local para gerar constrangimentos, mas algo que está sendo disseminado não só no Brasil, mas mundialmente.

A linguagem utilizada neste artigo é simples e direta segundo  a *Universal Palavra de Deus, já que por misericórdia divina este blog tem tido um bom alcance nas demais nações da terra a qual não imaginávamos nunca ter; e *por ela temos recebido retorno o qual nos incentiva a estudar e a escrever cada vez mais.

A área a qual fomos chamados, vocacionados e comissionados, é uma área de difícil acesso e convergência, já que entra em confronto com ideologias humanas, heresias, apologias e assemelhados.

Portanto, aceitamos, ouvimos e analisamos todo comentário com caráter de edificação do povo do Senhor. Juntando os nossos esforços, com os demais leitores, autores e colaboradores, os quais são fontes que uma vez provocadas, unidas formarão um grande rio de conhecimento das coisas que são a vontade do Senhor nosso Deus.

E Ele, por seu amado Filho Jesus Cristo é glorificado pela união de todos nós.

Sem mais, agradecemos a atenção de todos vós; pedindo oração a todos que no abrir da nossa boca saiam palavras de edificação segundo a Palavra de Deus:


AS ORIGENS

Meus amados amigos, por mais que queiramos sermos polidos, não incisivos, e nem contradizentes em conceitos alheios no mundo de então, não podemos nos calar quando às coisas se encaminham para a dissolução; onde a quebra da essência do Escriturado Bíblico levará a muitos a perder a salvação.

As filosofias humanistas, as quebras dos limites e os *afrouxamentos são uma realidade que não podemos de forma nenhuma contestar; porquanto, o que dantes era temerário fazer, hoje,  para acomodar familiares, os amigos e acompanhar às neo-evoluções franqueamos (afrouxamos, permitimos) tudo em nome de ganharmos almas, quando na verdade às distanciamos da Palavra e do Senhor Jesus Cristo.

E ainda por quebra de página perseguimos e entristecemos aqueles que estão se esforçando em viver piamente (II Timóteo 3.12)
Por esta causa a *lei se afrouxa, e a justiça nunca se manifesta; porque o ímpio cerca o justo, e a justiça se manifesta distorcida. Habacuque 1:4

Será que um POUQUINHO DE FERMENTO NÃO LEVEDA MAIS TODA A MASSA?

As novas sophia's com tendências gnósticas estão a cada dia que passa reeditando a velha Colossos, onde se sobressaia ensinos segundo o desejo dos homens em sua sabedoria, e não segundo ao Senhor Jesus Cristo, em quem estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência (Colossenses 2.3)

Portanto, meus amados, temos que nos cercar de TODO O CUIDADO, examinado tudo COMO OS BEREANOS faziam, retendo o bem (Atos 11.17), para não sermos uma presa fácil da boa didática do mundo contemporâneo, das facilidades e dos emocionalismos:
Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo; Colossenses 2:8
Meus amados, tem horas que PRECISAMOS sermos mais incisivos, mais firmes na Palavra do Senhor, pois a nossa comodidade e indiferença do tanto faz e do tanto fez provoca náuseas no Senhor Jesus Cristo (Apocalipse 3.16) com a nossa mornidão do caminho do meio, alheios encima do muro.

Todo aquele que está em Cristo Jesus, nova criatura é e tudo se fez novo! - Pronto...Ou é ou não é!

Se não houver renúncia de tudo aquilo que fazíamos, daquilo que éramos, estamos perdendo o nosso tempo, E O SENHOR NOSSO AMADO E BOM DEUS ESTARÁ PERDENDO O DELE com a nossa dureza de coração!



TEOLOGIAS QUE NÃO FECHAM


Na dispensa dos séculos encontram-se mumificadas ideologias (falsas teologias) que a seu tempo foram lançadas como ventos de doutrinas, modismos para chamar a atenção, atraindo milhares de almas ao seu engôdo; mas todas elas falharam como palavra da verdade; no entanto deram a uns poucos autores, riqueza e fama.


Quem não lembra da Teologia da Prosperidade, do Positivismo gerando o Determinismo, do Ufanismo gerando os Super Crentes; dos arroubos dos ditames que: "Deus só quer o meu coração" (alma), como se o espírito e o corpo não fizessem partes da vontade divina requerida de santificação de espírito, alma e corpo.(I Tessalonicenses 5.23)?

Vide fonte no Livro Cristianismo em Crise, e o seu comentário no post do link abaixo:



Meus amados leitores: Nada foge e nem pode fugir do contexto da batalha diária do ESPÍRITO X CARNE. (Romanos 8)

Se o Espírito Santo estiver como Senhor no meu espírito, a minha alma encaminha-se para salvação; pois a carne estará crucificada. (Romanos 12.1)

O contrário tem A CARNE como senhora da situação: ELA QUER LIBERDADE (II Pedro 2.19) para USUFRUIR DOS SEUS DELEITES, escarnecendo da verdade para andar segundo as suas PRÓPRIAS iniquidades  (II Pedro 3.3)

CONQUANTO: As HERESIAS DE PERDIÇÃO DE OCASIÃO aproveitando-se da "nossa fraqueza" de carne, que é sequiosa por seus deleites, os quais espraiam-se na vaidade (Porque, falando coisas mui arrogantes de vaidades, engodam com as concupiscências da carne, ...II Pedro 2.18), FISGAM com esta dissolução TODOS aqueles que estavam SE AFASTANDO DO ERRO.

Vejam bem a estratégia do inimigo de nossas almas é encobrir o erro (manifestação da carne) utilizando-se da Palavra de Deus em um texto fora do seu contexto, dissolvendo a Palavra, FALSIFICANDO A PALAVRA, criando a heresia para justificar o seu deleite.

Para tal propósito ele habilmente torce aquele texto e às demais Escrituras para a sua própria perdição, pois uma palavra é justificada por outra:

E tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor; como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada;
Falando disto, como em todas as suas epístolas, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e igualmente as outras Escrituras, para sua própria perdição.
Vós, portanto, amados, sabendo isto de antemão, guardai-vos de que, pelo engano dos homens abomináveis, sejais juntamente arrebatados, e descaiais da vossa firmeza;
2 Pedro 3:15-17

Os gritos de alertas ecoam nas Sagradas Escrituras afirmando que estes indoutos tem o objetivo de nos enganar fazendo de nós negócio (usufruir dividendos)

E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade.
por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.
2 Pedro 2:1-3

A IDEOLOGIA DO AMOR (FALSA TEOLOGIA)

Se amor fosse um bem estável, a humanidade estaria abastada na riqueza; a pobreza estaria erradicada de grande parte da terra, não haveria guerras, e a nossa nau estaria navegando em um mar de rosas!

Mas o amor infelizmente não é um estável, mas instável.

Cantamos o amor, falamos do amor, pregamos o amor, mas raramente vivemos o amor fraternal, (...).

Até podemos em grande parte dizermos que amamos ao Senhor nosso Deus, mas a balança da justiça nos deixa em falta no amor ao nosso irmão; porquanto, como poderemos amarmos ao Senhor nosso Deus O qual não vemos, se não amamos o nosso irmão que estamos vendo?

O peso da bandeja do desamor é maior, e a balança  desce pelas diferenças, subindo a bandeja da justiça divina.

Quem poderá ser salvo se não for por um ato de misericórdia divina?

PORQUE:  por se multiplicar a iniquidade o amor esfriará!

Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?  Romanos 7.24

AMOR - O ASSASSINATO DO TEXTO EM SEU CONTEXTO

O vinculo do amor nas coisas que são de Deus espraia-se nos dois maiores mandamentos bíblicos, nos quais se cumprem toda a lei e os profetas expressados pelo Senhor Jesus Cristo:

Mestre, qual é o grande mandamento na lei?
E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
Este é o primeiro e grande mandamento.
E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.
Mateus 22:36-40

Ora, meus amados amigos, é certo que o amor ao pecador é sem reservas; mas quanto às suas obras há uma uma abominável rejeição divina sobre elas.

Resumindo: O Senhor ama o pecador mas odeia o pecado.

Há uma distinta separação entre o pecador e o pecado;  o Senhor ama o pecador visando SER RESTAURADO pela ação do Evangelho, E O PECADO ELIMINADO. como fruto deste Evangelho restaurador (regeneração e transformação).

Quem ama admoesta e açoita o filho que ama para SER RESTAURADO:

Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho.
Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija?
Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhosHebreus 12:6-8

No último grito da "moda IDEOLÓGICA doutrinária de ocasião", NOS VÍNCULOS DO AMOR NÃO ESTÁ INCLUSO A CORREÇÃO.

Por se amar deixa-se fazer o que quer, POIS O MAIS IMPORTANTE É O AMOR, e o resto é só uma questão de tempo em que SIMPLESMENTE POR AMOR SEM QUE SE FALE NADA, E NEM SE CORRIJA, e ELE  por si só desfará todo mal.

A auto-defesa é que não se pode admoestar, pois isto seria UM ATO DE JULGAMENTO e não um ato de amor.

Não seria isto uma utopia; uma condição sem amparo algum nas Sagradas Escrituras?

Os filhos físicos ou da fé não são para serem corrigidos, pois o amor os corrige; e ou OS TEMOS QUE CORRIGI-LOS COM AMOR SEGUNDO A SUA PALAVRA?

Quem ama ao Senhor Jesus Cristo verdadeiramente é TODO AQUELE QUE GUARDA A SUA PALAVRA, e a correção dela como a vara que não dá fruto é cortada e lançada no fogo, e a que dá fruto é LIMPA (corrigida) para que dê mais fruto ainda de João 15:

Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor. João 15:10

Mas se amo os meus ente queridos MAIS do que a Palavra e a correção dela, não somos dignos Dele:

Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. Mateus 10:37

O Senhor Jesus Cristo  É A PRÓPRIA PALAVRA DA VIDA E DA VERDADE (I João 1.1); se O obedecemos, obedecemos a Palavra.


E o demais meus amados amigos, SE NÃO HOUVESSE A VARA DA CORREÇÃO no Salmo 23.1 :" O Senhor é o meu Pastor, NADA ME FALTARÁ", como poderia haver disciplina?
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; A TUA VARA E O TEU CAJADO  me consolam.  Salmos 23:4
A vara do conserto segundo a Palavra de Deus anda junto com o cajado, para o consolo quando transgredimos os seus mandamentos, pois através dela somos CORRIGIDOS e restaurados diante de Deus:

Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho. Hebreus 12.6


OUTRA MÁXIMA

Usada para compor o quadro de desencontro doutrinário de ocasião evidencia-se neste texto:

Mas, se alguém não tem cuidado dos seus, e principalmente dos da sua família, negou a fé, e é pior do que o infiel. 1 Timóteo 5:8
O cuidar dos seus, segundo as indoutas interpretações (sem admoestação e correção) para não o perdê-loé (a) ir POR AMOR aonde o seu ente querido vai, (b) ver o que ele vê, (c) fazer o que ele faz  independente da NEGAÇÃO DIVINA A ESTE RESPEITO.

Quem dentre nós habitará com as labaredas eternas?
O que anda em justiça, e o que fala com retidão; o que rejeita o ganho da opressão, o que sacode das suas mãos todo o presente; o que tapa os seus ouvidos para não ouvir falar de derramamento de sangue e fecha os seus olhos para não ver o mal.
Isaías 33:14,15

O contexto do Apóstolo Paulo dirigindo-se a Timóteo é EXATAMENTE AO CONTRÁRIO desta pobre e nefasta máxima, pois tem-se que admoestar com amor até o ancião se este estiver fora da Palavra:

NÃO repreendas asperamente (MAS COM AMOR) o ancião, mas admoesta-o como a pai; aos moços como a irmãos;
As mulheres idosas, como a mães, às moças, como a irmãs, em toda a pureza.
Honra as viúvas que verdadeiramente são viúvas.
Mas, se alguma viúva tiver filhos, ou netos, aprendam primeiro a exercer piedade para com a sua própria família, e a recompensar seus pais; porque isto é bom e agradável diante de Deus.
Ora, a que é verdadeiramente viúva e desamparada espera em Deus, e persevera de noite e de dia em rogos e orações;
Mas a que vive em deleites, vivendo está morta.
Manda, pois, estas coisas, para que elas sejam irrepreensíveis. 1 Timóteo 5:1-7

Se formos considerar as falsas prerrogativas ideológicas atestadas nestes modismos de ocasião, como estão pregando agora:  Podemos  (a) ir POR AMOR aonde o seu ente querido vai(b) ver o que ele vê(c) fazer o que ele faz, contrariando o Salmo 1.1-6; II Coríntios 6.14-18; (...).

Nesta premissa contraditória por AMOR AOS NOSSOS ENTE QUERIDOS PARA NÃO PERDÊ-LOS,  podemos nos assentar a roda dos escarnecedores; nos prender com jugo desigual com os infiéis; (...).

Os argumentos utilizados são baseados em "em meias verdades": Para ganharmos os pecadores temos que ir ao encontro deles para lhes pregar o Evangelho de Salvação (isto é uma verdade); no entanto, permanecermos no meio deles ouvindo o que eles ouvem, vendo o que eles veem, e fazendo o que eles fazem, é uma inverdade.

"Quem fez isso até hoje infelizmente veio a cair, a se perder".

Uma outra colocação da falsa Teologia do Amor é que o Senhor Jesus ia ao encontro dos perdidos, comia com eles, posava com eles (isto é uma verdade); NO ENTANTO, o Senhor Jesus Cristo não assentava-se a roda dos pecadores, MAS ELES que assentavam a volta DELE PARA OUVI-LO.

Não era o Senhor Jesus que aprendia com eles, mas eles que aprendiam com o Senhor Jesus; Não era o Senhor Jesus Cristo que os seguia, mas eles O seguiam depois que aprendiam Dele.

Há uma inverdade embarcada em uma condição verdadeira para "tentar justificar" o aporte do erro.

Todo aquele que vem para o Senhor Jesus, renuncia-se a si mesmo, toma a sua cruz (fica com as marcas dela) e o segue; todo aquele que vai para o mundo para ganhar os pecadores e se integra a ele, fica com as principais marcas do mundo, que são os frutos da carne.

As marcas dos frutos da carne são primeiro internas, e depois externadas; as coisas nascem no coração, as ações e as imagens marcadas através do corpo são a vitrine da alma, NA PASSARELA DO MUNDO.

O amor verdadeiro segundo a Palavra de Deus NÃO É CONVENCIONADO segundo as coisas do mundo, mas intimamente ligado a Vontade de Deus EM SANTIDADE.


A REAÇÃO DO POVO DE DEUS AOS FALSOS ENSINOS

Precisamos pedirmos ao Senhor nosso Deus através dos jejuns e das orações sabedoria para respondermos COM AMOR segundo a sua palavra, conforme a sua vontade:

Proponde, pois, em vossos corações não premeditar como haveis de responder;
Porque eu vos darei boca e sabedoria a que não poderão resistir nem contradizer todos quantos se vos opuserem. Lucas 21:14,15

Antes, rejeitamos as coisas que por vergonha se ocultam, não andando com astúcia nem falsificando a palavra de Deus; e assim nos recomendamos à consciência de todo o homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade.
Mas, se ainda o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto.
Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus.
2 Coríntios 4:2-4